} Galeriacores Cartoon Notícias: Dezembro 2007

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Guerra de audiências na TV? Ganha a Internet...


A noite da passagem de ano é marcada nas televisões por programação especial, mas a guerra das audiências vem de longe e quem vence as audiências no réveillon é pouco importante, quando se olha para a mudança comportamental dos portugueses.


Quem o diz é o crítico de televisão, Eduardo Cintra Torres, que à pergunta quem vai vencer a guerra das audiências na noite de passagem de ano, responde pronto: «O que interessa quem fica em segundo ou terceiro? Já se sabe que a SIC desceu e a RTP subiu. E as consequências estão à vista. O director de programas do canal que subiu mudou-se para o que desceu. E Francisco Penim foi afastado».


Para o crítico de televisão, todos perdem. «A televisão generalista tem perdido telespectadores que vão fazer outras coisas, como navegar na Internet, por exemplo». Aliás, para Cintra Torres, o grande vencedor é mesmo a Internet, que tem granjeado mais utilizadores. «Saber quem fica em primeiro, segundo ou terceiro lugar, é pouco relevante. Entre o segundo e o terceiro não há diferença na receita publicitária».


Ao PortugalDiário, Cintra Torres diz que «o interessante é, neste final de ano, pensar de forma global e não estritamente no pódio das televisões generalistas, que digladiam uma vitória de Pirro».


Os programas da última noite


Os programas de referência dos canais têm sempre lugar de destaque na última noite do ano. A TVI tem na estrela Júlia Pinheiro e no «Casamento de Sonho» a esperança de conquistar os telespectadores. Enquanto a SIC luta com bela Bárbara Guimarães e a «Família Superstar».


Apesar de as mulheres serem quase sempre favoritas nesta guerra de audiências, há quatro rapazes que podem fazer a diferença e dar vantagem à RTP1. «Diz que é uma espécie de Réveillon», com o Gato Fedorento, é a aposta da televisão estatal.


Questionado sobre os programas de fim-de-ano das diversas televisões, na perspectiva das audiências, Cintra Torres considera que «Diz que é uma espécie de Réveillon» tem mais hipóteses de alcançar um bom share, mas ressalva que os «espectadores disponíveis para ver televisão na noite de passagem de ano poderão não ser o target habitual dos programas do Gato Fedorento. «Os jovens são os que menos passam a meia-noite em casa», aponta Cinta Torres.


Para nos explicarem as suas escolhas para a «passagem de ano», o PortugalDiário tentou contactar as várias estações nacionais, mas não foi possível obter um comentário em tempo útil.


Francisco Penim, ainda director de programação da estação de televisão de Carnaxide, «não vai estar nos próximos dias», soubemos através do Gabinete de Comunicação da SIC.


Na televisão estatal, RTP, também ninguém atendeu o telefone no Gabinete das Relações Públicas.


Programação para a passagem de ano


RTP - «Diz que é uma espécie de Réveillon», com os gatos fedorentos começa às 22 horas
SIC - A final da «Familia Superstar», com Bárbara Guimarães, começa às 21:30
TVI - A final do «Casamento de sonho», com Júlia Pinheiro, começa às 22:15
RTP 2 - Exibe o filme «As Pontes De Madison County» a partir das 22:40
SIC notícias - Apresenta o documentário «Ainda Há Pastores?» a partir das 22:30
MTV - Vai apresentar o melhor da música e dos filmes de 2007 a partir das 22h
Porto Canal - As previsões para 2008 e um especial fim de ano começam às 22.30


Veja os filmes e programas dos três canais generalistas durante o dia de passagem de ano


Os números


As audiências do ano, até esta quinta-feira, dia 27 de Dezembro, revelam que a TVI teve no total do dia 34,3 por cento, seguida da RTP1 com 29,8. A uma décima, com 29,7, está a SIC. Por fim, a RTP2 com 6,2 por cento.

Fonte da notícia: Portugal Diário





Etiquetas: , , , , ,

domingo, 30 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


A nova lei do tabaco

A partir de terça-feira a vida dos fumadores portugueses vai mudar com a entrada em vigor da nova lei do tabaco, que genericamente proíbe o fumo em todos os espaços destinados a utilização colectiva.


O nervosismo aumenta, a dificuldade de concentração dispara e a cabeça parece conseguir apenas pensar numa única coisa: tragar o fumo do tabaco. Com a chegada do novo ano, o gesto tão simples como acender um cigarro torna-se tarefa mais difícil, devido às proibições resultantes da entrada em vigor da nova lei. Centros comerciais, recintos de espectáculos, espaços de restauração, hotéis, transportes públicos...

A lista de diferentes locais que se querem livres de fumo é longa e para quem não apagar o cigarro fica o aviso: as multas podem ir dos 50 aos 750 euros.

Um incentivo para abandonar o vício, que se torna um desafio que poucos conseguem vencer, a julgar pelos números. Segundo um estudo publicado na revista ‘New Scientist’, 85 por cento dos que pararam voltou a cair no vício e apenas três por cento conseguiu, de facto, levar avante a vontade de deixar de fumar.

Uma situação que a Ciência já consegue explicar. É que a sensação de prazer provocada pelo tabaco é comum a todas as substâncias capazes de criar dependência, sejam elas sedativas, estimulantes ou relaxantes. Ou seja, de acordo com os especialistas, os cigarros não são muito diferentes de outras drogas, tendo com elas em comum a capacidade de estimular a libertação no cérebro de dopamina, substância química que nos faz sentir bem.

Dizem vários estudos que todas as substâncias viciantes, desde o tabaco à heroína, passando pela cocaína, álcool, marijuana ou anfetaminas, activam os mesmos circuitos cerebrais. No caso da nicotina, prevalente nos cigarros, potencia também a libertação de dopamina, provocando a sensação de bem-estar e, mais do que isso, um reforço da conduta que desencadeou o estímulo. O que significa que o consumo prolongado dos cigarros faz com que o cérebro deixe de produzir a quantidade de dopamina natural, levando o fumador a precisar de mais para se sentir bem.

MISTURA LETAL

“A protecção dos cidadãos da exposição involuntária ao fumo do tabaco” é o que se pretende com a nova lei, datada de 14 de Agosto. Ao mesmo tempo, lê-se na legislação, querem-se mais “medidas de redução da procura”.

Para além da nova lei, não faltam motivos para deixar de fumar. Basta olhar com atenção para a lista de ingredientes que compõem um cigarro, uma mistura potencialmente letal que conta, entre os seus mais de quatro mil compostos, com acroleína, uma substância usada para desinfectar águas residuais; peróxido de nitrogénio, usado em alguns tipos de motores; ácido cianídrico, usado para a limpeza de metais (era usado nas câmaras da morte nazis); amoníaco, utilizado na indústria pesada. A estes juntam-se ainda outros, cancerígenos, capazes de provocar um sem número de problemas de saúde sentidos por muitos fumadores.

UM MAL EM FORMA DE CIGARROS

É responsável por 90 por cento dos cancros de pulmão nos homens e 75 por cento nas mulheres, aumentando também em 25 a 30 por cento o risco de desenvolvimento de qualquer outro tipo de tumor maligno. Mais ainda, o tabaco mata mais, segundo a Organização Mundial de Saúde, do que a sida, as drogas legais e ilegais, os acidentes de viação, os assassinatos e os suicídios todos juntos.

ACÇÃO DO FUMO

No fumo do tabaco podem ser encontradas mais de quatro mil compostos químicos, 60 dos quais cancerígenos. Entre eles contam-se a acetona, presente nos solventes, o arsénio, ingrediente de muitos insecticidas ou a nicotina.

1. A nicotina é um dos componentes do tabaco e é a responsável pela maioria dos efeitos que os cigarros produzem no organismo e ainda pela dependência física. É absorvida pela boca, nariz e faringe, mucosas que estão em contacto com o fumo, e chega aos pulmões.

2. O coração bombeia o sangue carregado de oxigénio e nicotina e leva-o para o resto do organismo. São apenas necessários sete segundos para chegar ao cérebro, onde actua.

3. A nicotina provoca um aumento da libertação de dopamina (um neurotransmissor) no cérebro de forma quase imediata e, logo, um estímulo do circuito do prazer. O que significa que produz uma sensação de satisfação, prazer e recompensa. O seu consumo repetido faz com que se liberte mais e mais dopamina, levando os fumadores a ficarem viciados na sensação de prazer.

4. Devido à nicotina, as artérias e as veias comprimem-se, elevando a pressão sanguínea.

5. O aumento de dióxido de carbono e monóxido de carbono no sangue produzem uma acção irritante sobre as vias respiratórias, elevando a frequência respiratória.

AO DEIXAR DE FUMAR

– Em 20 minutos normaliza-se o pulso e a pressão arterial

– Em 48 horas reduz-se o risco de ataque cardíaco

– Entre um a 9 meses desaparece a fadiga

– Após um ano desce para metade o risco de cancro

ESPAÇOS PÚBLICOS LIVRES DE FUMO

Todos os espaços públicos fechados vão passar a ser livres de fumo. Entre eles contam-se os locais de trabalho, centros comerciais, recintos de diversão, hotéis, restaurantes, bares e cafés, aeroportos, elevadores, transportes públicos, entre outros.

OS POLÍCIAS DA FISCALIZAÇÃO

‘Unidos contra o tabaco’ é o novo lema na Índia, país onde o aumento do consumo levou o governo a adoptar medidas mais severas. Para penalizar os que insistirem em acender um cigarro nos locais públicos, onde é proibido, criou uma espécie de polícia da fiscalização. Dos condutores de autocarros aos revisores dos comboios, serão muitos aqueles dotados de capacidade para castigar os prevaricadores. Por cá, vai caber à Agência de Segurança Alimentar e Económica e à Direcção-Geral do Consumidor a fiscalização, mas o ministro da Saúde acredita que, graças ao civismo nacional, a legislação será cumprida.

EPIDEMIA CEIFA MILHÕES DE VIDAS

O consumo de tabaco atingiu proporções de uma epidemia, não havendo outro produto tão perigoso ou capaz de matar tanta gente. O alerta é deixado pela Organização Mundial de Saúde, comprovados pelos números. Contas feitas, os cigarros matam metade dos que mantêm o vício ao longo de toda a vida. Destes, 50 por cento perde a vida ainda na meia-idade, entre os 35 e os 69 anos. Mas há mais. Os dados revelam que no século passado morreram 0,1 mil milhões de pessoas devido ao consumo do tabaco. Estima-se que, no decorrer deste século, o número de mortos venha a ser dez vezes superior.

VÍTIMA MORTAL DOS CIGARROS

Foi, durante anos, um dos ícones da publicidade mundial. Montado a cavalo e trajado a rigor, o cowboy bem-parecido, baptizado de ‘Marlboro Man’, nem sempre teve a mesma imagem, mas o apelo ao cigarro da marca que lhe deu o nome manteve-se, durante décadas, tornando- -se um verdadeiro símbolo do Mundo masculino. Mas nem a fama ou o reconhecimento livraram o homem da Marlboro de sofrer os efeitos nocivos dos cigarros pelos quais deu a cara. Primeiro foi David McLean, em 1995, vítima de cancro nos pulmões com apenas 51 anos. Depois dele, Wayne McLaren, outro rosto da mesma campanha, com destino idêntico, o que levou as organizações de luta contra o tabagismo a adoptarem a imagem do cowboy como forma de alerta contra os malefícios dos cigarros. O Marlboro Man era definitivamente enterrado.

NOTAS

RISCO MORTAL

Richard Doll, cientista que associou o tabaco ao risco de cancro, diz que, “para quem não fuma, uma hora por dia com um fumador pressupõe um risco cem vezes maior de cancro do pulmão, do que viver 20 anos num edifício com arsénio”.

CRIANÇAS INDEFESAS

As crianças são as que mais riscos correm pela exposição ao fumo do tabaco. Entre outros, podem sofrer de otites, pneumonias, atrasos cognitivos, agravamento da bronquiolite e asma.

VÍCIO AOS DEZ ANOS

Cerca de mil milhões de homens fumam em todo o Mundo, revelam dados da Organização Mundial de Saúde. A grande maioria dos viciados no tabaco começa a fumar antes da idade adulta (um quarto antes dos 10 anos).

FUMO PASSIVO

As primeiras evidências conclusivas do perigo que representa o fumo passivo foram apresentadas por um estudo japonês, em 1981. O trabalho dava conta dos malefícios dos cigarros para as mulheres japonesas casadas com fumadores.

Fonte da notícia: Correio da Manhã





Etiquetas: , , , , ,

sábado, 29 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


40 mil jovens entram em 2008 a rezar



Cristãos de toda a Europa preparam-se para viver uma passagem de ano diferente, ao estilo de Taizé


40 mil jovens que vão participar no Encontro Europeu de Jovens em Genebra, promovido pela comunidade ecuménica de Taizé entre 28 de Dezembro e 1 de Janeiro próximos


Dezenas de milhares de jovens que virão de toda a Europa e também dos outros continentes vão receber uma carta do irmão Alois, o sucessor do irmão Roger. Intitulada «Carta de Cochabamba», escrita na Bolívia durante um recente encontro de jovens latino-americanos animado pela Comunidade de Taizé, este texto vai inspirar a reflexão dos jovens reunidos até ao dia 1 de Janeiro em toda a região à volta de Genebra.


Há quatro perguntas no final da carta do irmão Alois. Estas perguntas estarão no centro dos tempos de partilha que terão lugar todas as manhãs nos 160 pontos de acolhimento. Elas serão retomadas de distintas formas durante os 25 encontros de reflexão que terão lugar nas tardes dos dias 29 e 31, na Palexpo. São estas as perguntas:


- Em situações de conflito, saberemos escutar o outro?
- Saberemos procurar uma repartição mais justa dos bens?
- Seremos próximos daqueles que são mais pobres do que nós?
- Seremos capazes de chegar ao ponto de perdoar?


Para participar no Encontro de Genebra, que está a ser preparado em colaboração com as igrejas católicas e protestantes, 30.000 jovens farão a viagem a partir de outros países. Eles serão alojados nas casas de milhares de famílias de toda a região, de Bellegarde a Yverdon-les-Bains, de Genebra a Montreux.


Serão também publicados para o Encontro Europeu de Genebra dois outros textos do irmão Alois, que serão traduzidos em 26 línguas e entregues a cada um dos participantes. Um deles é um apelo à reconciliação dos cristãos. O irmão Alois escreve: «Em Cristo pertencemos uns aos outros. Quando os cristãos estão separados, a mensagem do Evangelho torna-se inaudível.»


No segundo texto, intitulado «Carta a quem gostaria de seguir Cristo», o irmão Alois continua: «Deus chama-te à liberdade. Não faz de ti um ser passivo. Pelo seu Espírito Santo, Deus habita em ti, mas não se substitui a ti. Pelo contrário, ele desperta energias insuspeitas.»


O irmão Alois vai falar todas as noites, durante as orações comunitárias na Palexpo.


A oração comunitária de domingo 30 de Dezembro, que reunirá dezenas de milhares de jovens, será transmitida em directo em Eurovisão pela TSR 2 das 19:00 horas às 20:10 horas.

Dando continuidade aos Encontros de Zagreb, Milão, Lisboa, Hamburgo, Paris ou Budapeste, o Encontro de Genebra será uma nova etapa da «Peregrinação de Confiança através da Terra», lançada pelo irmão Roger há mais de 25 anos.

Fonte da notícia: Agência Ecclesia





Etiquetas: , , , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Estação de Santa Maria da Agência Espacial Europeia em funcionamento a partir de Janeiro



A estação de rastreio de satélites que a Agência Espacial Europeia (ESA) instalou na ilha de Santa Maria é inaugurada em Janeiro, estando já formalmente registada a designação do consórcio luso-espanhol que pretende promover a produção, nos Açores, de sistemas de alta tecnologia.

A informação foi avançada pelo secretário regional da Habitação e Equipamentos, para quem o alargamento aos Açores da rede da estações da ESA e o registo do nome do consórcio AZORES SPACE, que agrupa a empresas portuguesa EDISOF e a Engenharia Aeroespacial de Espanha (INSA), constituem passos significativos para a implantação na Região de um “hipercluster da economia do mar e do espaço biogeográfico”.

Alegando que os Açores têm uma “posição central privilegiada que urge desenvolver”, José Contente realçou um outro projecto que a EDISOFT tem em desenvolvimento em Santa Maria, no domínio da observação e monitorização de dados sobre o Oceano Atlântico.

A empresa açoriana SEGMA, do Grupo da eléctrica regional, EDA, deverá também integrar a AZORES SPACE, indicou o governante considerando que a sua constituição desafia a Universidade dos Açores e Instituto de Inovação, INOVA, a assumirem novas responsabilidades na formação de quadros nessa área de ponta.


Fonte da notícia: GaCS





Etiquetas: , , ,

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Operação ANO NOVO

A «Operação Ano Novo» da GNR começou às 00:00 de hoje, com dois mil militares nas estradas diariamente até às 24:00 de 2 de Janeiro, em colaboração com a Protecção Civil e os Bombeiros.


«Os meios envolvidos nesta operação serão sensivelmente os mesmos utilizados durante a Operação Natal», disse à agência Lusa uma fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).


A «Operação Ano Novo» empenha diariamente cerca de 2.200 militares, o que corresponde a cerca de 1000 patrulhas, que utilizam 850 viaturas, 800 alcoolímetros e 40 radares, adiantou a mesma fonte.


No entanto, segundo a GNR, em termos operacionais, as preocupações «serão ligeiramente diferentes», uma vez que estarão agora mais «dirigidas às principais vias de acesso aos locais de diversão nocturna, especialmente no Sul» do país.


«A nossa principal preocupação será controlar os excessos de velocidade nessas vias de acesso e, na noite da passagem de ano, a fiscalização incidirá principalmente na condução sob o efeito de álcool«, explicou a fonte.


A »Operação Ano Novo« envolve elementos da Brigada de Trânsito e das Brigadas Territoriais, apoiados pela Brigada Fiscal e pelos Regimentos de Cavalaria e Infantaria daquela força de segurança.


A acção de fiscalização rodoviária contará também com a colaboração da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e corporações de Bombeiros.


A ANPC, em colaboração com os corpos de Bombeiros, reforça o dispositivo humano e material, de forma a aumentar a capacidade de resposta dos meios combinados (terrestres e aéreos) de socorro, com um total de 966 bombeiros, apoiados por 252 veículos, integrados em brigadas de resposta imediata, que estarão posicionadas em locais estratégicos.


Este dispositivo inclui dois helicópteros da ANPC com equipas médicas e equipas de recuperadores/salvadores dos bombeiros e estão preparados para missões de busca, salvamento, resgate e evacuação aéro-médica.


Durante a »Operação Natal 2007«, que decorreu entre 21 e 25 de Dezembro, a GNR registou na sua área de jurisdição um total de quinze mortos, menos três do que em igual período do ano passado.


Por sua vez, a Polícia de Segurança Pública (PSP) contabilizou na sua área de actuação, durante os cinco dias da sua operação de Natal, apenas um morto, quando no mesmo período de 2006 registou duas vítimas mortais em consequência de acidentes rodoviários.


O Ministério da Administração Interna, que tutela a GNR, a PSP e a ANPC, decidiu este ano integrar as operações de Natal e Ano Novo numa campanha mais vasta de prevenção e combate à sinistralidade rodoviária, a decorrer desde 25 de Novembro e prolongando-se até 07 de Janeiro de 2008.

Fonte da notícia: Diário Digital Lusa



Etiquetas: , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Benazir Buttho morre em atentado suicida

Paquistão, 27 Dez (Lusa) - A líder da oposição paquistanesa, Benazir Bhutto, morreu hoje de ferimentos sofridos num atentado suicida, revelou fonte partidária.


«Às 06:16 ( 13:16 em Lisboa) ela expirou,», disse Wasif Ali Khan, membro do partido de Bhutto que estava no hospital de Rawalpindi.


Uma fonte militar, que falou na condição de manter o anonimato por não estar autorizado a comentar o assunto, confirmou que Bhutto morrera.


Os seus apoiantes no hospital começaram aos gritos «Musharraf, cão» referindo-se ao Presiente paquistanês.


Alguns apoiantes partiraam vidraças na principal porta de entrada do hospital, enquanto outros lavados em lágrimas não escondiam o desespero.


Um homem com uma bandeira do Partido dos Povos do Paquistão amarrada à cabeça batia violentamente no peito.


O senador Babar Awan, advogado de Bhutto, disse, que «os médicos confirmaram que ela tinha sido martirizada».


Pelo menos 20 outras pessoas morreram na explosão que ocorreu à esquerda do local onde Bhutto se encontrava no comício quando s edirigia a milhares de apoiantes.


Bhutto cumpriu dois mandatos como primeira-ministra do Paquistão entre 1988 e 1996 e tinha regressado a 18 de Outubro ao Paquistão após oito anos de exílio.


O seu comício de boas vindas em Carachi foi alvo de um atentado suciida que matou dez pessoas e feriu 140, tendo escapado à justa nessa ocasião.

Fonte da notícia: SAPO Notícias



Etiquetas: , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Cuidado com as bebidas na passagem de ano

Donos de bares alertam para substâncias que facilitam roubos e violações


Donos de bares da zona histórica do Porto aconselharam esta quinta-feira os seus clientes a redobrarem a atenção para o fenómeno do «drink spiking», que consiste na adição de substâncias psicotrópicas em bebidas para facilitar roubos ou violações, noticia a Lusa.


Em comunicado, a Associação de Bares da Zona Histórica do Porto (ABZHP) enumera um conjunto de «mandamentos» que devem ser seguidos pelos frequentadores dos estabelecimentos nocturnos na passagem de ano, altura «propícia a algumas euforias e excessos», que «poderão ter consequências nefastas».


Não abandonar o copo em circunstância alguma e não aceitar oferta de bebidas por estranhos, sem verificar quem as serviu, são dois dos «mandamentos» enunciados.


Entre outras recomendações, a ABZHP aconselha também a ter cuidado com os «shots», que «devem ser misturados à frente do cliente e nunca compostos em garrafas sem qualquer tipo de identificação».


Em caso de indisposição, após a ingestão de uma bebida, a ABZHP aconselha a que «não se hesite em chamar uma pessoa de confiança ou um responsável do bar/discoteca» e em recorrer aos hospitais.


As substâncias usadas no «drink spiking» são geralmente inodoras, incolores e insípidas, pelo que as vítimas não as detectam. Entre os dopantes mais utilizados para o efeito contam-se os sedativos, a droga sintética «ecstasy», o LSD, os antidepressivos e os relaxantes musculares.


A um conjunto de 13 mandamentos directamente relacionados com o «drink spiking», a ABZHP acrescenta um outro alusivo ao consumo de tabaco. «Evite fumar em espaços proibidos, evite gerar conflitos com os fumadores passivos, evite usar todo e qualquer subterfúgio dentro das áreas proibidas e, já agora, aproveite para deixar de fumar», aconselha a associação.

Fonte da notícia: Portugal Diário



Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Gigantesca base de dados digital para controlar toda a população

O olho que vê tudo

The all seeing eye


O FBI (Federal Bureau of Investigation, polícia federal norte-americana) pretende gastar 1.000 milhões de dólares na criação de uma gigantesca base de dados digital com informação que possibilite a identificação de pessoas baseada em dados físicos como a íris, cicatrizes ou o formato da cara. Se esta ideia avançar, o Governo passará a dispor de uma capacidade sem precedentes para identificar cidadãos nacionais e, também, os estrangeiros que passem pelas suas fronteiras. Mas os críticos consideram que o projecto é, apenas, mais um passo no modelo de sociedade do Big Brother, em que a vigilância é constante e o corpo humano acabará por converter-se efectivamente numa espécie de documento nacional de identidade.

Nos escritórios do FBI já estão a ser compiladas imagens digitais de caras e de impressões digitais, mas em Janeiro a polícia federal vai concessionar esse trabalho por dez anos a uma empresa, para que expanda a quantidade e o tipo de informação armazenada, de acordo com o "The Washington Post".

Nas instalações da Divisão de Informação Judicial e Criminal, equivalentes a dois estádios de futebol, são comparadas 100 mil vezes por dia cerca de 55 milhões de fichas informáticas. A ideia é que, no futuro, um polícia norte-americano num qualquer aeroporto possa pedir a palma de uma mão de um passageiro e, de imediato, saber se está ou não diante de um criminoso cadastrado.

A ciência e a tecnologia que medem os traços humanos com o propósito de identificar os cidadãos chama-se biometria. A íris, a retina, a voz e a cara, além das clássicas impressões digitais, são algumas das características avaliadas. O sistema proposto pelo FBI, denominado de Identificação de Nova Geração, quer juntar os novos tipos de informação biométrica aos dados que actualmente já compila, como, por exemplo, anexando uma imagem da íris do olho, com a palma da mão ou a forma do lóbulo da orelha.

Esta base de dados - a que terão acesso cerca de 900 mil polícias e funcionários de segurança - incluirá os detalhes de cada indivíduo que solicite um visto para entrar nos Estados Unidos, o que possibilitará ao Departamento de Segurança Interna contrastar a informação de todas as entradas no país com as bases de dados de presumíveis criminosos ou terroristas.

Neste momento, investigadores de uma universidade da Virgínia estão a desenvolver uma tecnologia para o FBI que permitirá captar imagens da íris de uma pessoa a quatro metros de distância, ou os traços da cara a 180 metros.

Várias organizações de defesa dos direitos civis opõem-se a este plano. "Supõe possibilitar a sociedade da vigilância permanente", afirma Barry Steinhardt, da União Americana dos Direitos Civis.

"A biométrica é para sempre. Se alguém te rouba a íris" - por exemplo, usando uma lente de contacto - "não podes pedir um olho novo", ilustra Paul Saffo, um analista de Sillicon Valley, meca da investigação em alta tecnologia. Saffo faz eco da preocupação existente perante a hipótese do corpo se converter num "ADN" indelével face a uma tecnologia que ainda não está madura nem dá 100% de garantias de exactidão.

A este alerta o FBI contrapõe com as práticas existentes em países como o Reino Unido, Canadá, Austrália ou Nova Zelândia. Mas, recorda o Washington Posto, o Governo da Alemanha, por exemplo, ordenou um primeiro estudo científico em grande escala para avaliar como funcionaria o reconhecimento facial automático numa multidão e concluiu que não era, ainda, suficientemente efectivo para permitir o seu uso pela Polícia.

J.Edgar Hoover, ex-director da polícia federal norte-americana (FBI), quis prender cerca de 12 mil norte-americanos suspeitos de serem "desleais" para com o país, segundo o "New York Times". De acordo com um documento agora tornado público, Hoover enviou o seu plano para a Casa Branca, a 7 de Julho de 1950, menos de duas semanas depois do início da Guerra das Coreias. Contudo, não há provas que indiquem que o presidente Harry S. Truman, ou qualquer dos seus sucessores, tenham aprovado ponto algum do plano de detenção de norte-americanos em prisões militares e federais. Hoover queria que Truman declarasse a detenção em massa, por a considerar necessária para "proteger o país contra a traição, espionagem e sabotagem", revelou, ontem, a página digital do "New York Times". O plano pretendia que o FBI apreendesse todos os indivíduos potencialmente perigosos, cujos nomes constassem de uma lista que Hoover tinha vindo a compilar ao longo dos anos. "O índice contém actualmente cerca de 12 mil indivíduos, dos quais aproximadamente 97% são cidadãos dos EUA", escreveu Hoover no documento.

Fonte da notícia: Jornal de Notícias



Etiquetas: , , , ,

sábado, 22 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Mensagem de Natal do presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César


É Natal. Saúdo todos os Açorianos – os que vivem nas nossas ilhas, como os que estão noutros lugares; os que aqui nasceram ou os que são açorianos por opção e com o coração. Somos tantos, em tantas terras. Tantos que sentem o orgulho de ser açoriano. Tantos, mas como uma única família.

O Natal é a festa que nos convoca exactamente para a valorização do sentido de família e para a reunião solidária. Para a valorização da família que somos todos nós, independentemente dos graus de parentesco.

Evocando o nascimento de Jesus celebramos também a capacidade, que todos temos, de renascer: a capacidade de começar de novo, de fazer melhor, de fazer diferente, de cumprir a promessa de Ano Novo.

É bom que estejamos mais propensos para a percepção da realidade que nos envolve, ou, pelo menos, dos desejos e das aspirações dos que nos são mais próximos. É bom que, pelo menos por alguns dias ou semanas, estejamos mais sensíveis ao sofrimento e à alegria dos outros.

É tudo isso, afinal, o que acontece de mais extraordinário no mistério do Natal – o apelo à transformação da indiferença na preocupação; da interrupção da insensatez pela reflexão; da força que ganha a fraternidade perante o egoísmo.

Mas é preciso mais, e por mais tempo.

É preciso dar mais força ao sentido de comunhão do Natal, na perspectiva da esperança do Ano Novo.

É uma hipocrisia sermos humanistas ou caridosos apenas uma vez por ano e para limparmos a nossa consciência. Por isso, todos temos que contribuir mais activamente para a felicidade colectiva; todos temos que ampliar os espaços de generosidade dos nossos corações; todos temos que, com mais persistência e com mais energia, viver a promoção do Bem – no sentido do que é bom, do que é justo, do que é lícito e do que é do interesse de todos.

O nosso mundo precisa de nós para haver uma sociedade mais justa e os Açores precisam da ajuda de todos. Para vivermos em progresso não basta o bom governo, mas são também necessários bons cidadãos, ou seja, gente empenhada no bem comum.

Todos sabemos que ainda há muito para fazer – possivelmente, sempre haverá – nas nossas ilhas, a favor do desenvolvimento, da tranquilidade e do bem-estar das pessoas e das famílias.

Entre nós, porém, felizmente, não se morre de fome nem abandonado na doença; não se vive no medo da guerra ou na insegurança do terrorismo ou da grande criminalidade, como acontece numa parte cada vez mais significativa do planeta, onde, igualmente, milhões de pessoas vivem o desespero da fuga, à procura de refúgio, de caridade, da lei ou simplesmente de possibilidade de vida. Nesses países e regiões, afinal tão perto de nós, crianças e jovens crescem dentro, ou na consciência, dessas infelicidades, que são vistas por eles como inevitáveis e como civilizacionais.

Nos Açores, não vivemos com esses pesadelos, mas devemos sempre ter a ambição de construir uma sociedade melhor, convocando para isso os nossos mais atentos cuidados.

Precisamos de ainda mais investimentos, e de ainda mais empresas, para que haja mais empregos para os nossos jovens e melhores remunerações.

Precisamos de continuar a cuidar dos nossos recursos naturais e paisagísticos, para usufruirmos melhor as nossas ilhas e atrairmos mais visitantes e com eles mais riqueza.

Precisamos de dar mais passos na melhoria dos transportes, proporcionando uma maior mobilidade dentro e para fora ou com destino à nossa Região.

Precisamos de tudo continuar a fazer para manter os cuidados de saúde gratuitos nos hospitais e centros de saúde, de modo a garantir o acesso dos que mais precisam.

Precisamos de prosseguir a obra maravilhosa que temos feito de apoio à infância, aos idosos, aos carenciados de habitação e às famílias com problemas graves, para que todos se sintam mais seguros e confiantes no futuro.

Com a colaboração de todos, eu sei que, no novo ano que se aproxima, vamos continuar a conseguir fazer esse caminho de valorização, de progresso e de bons resultados – melhorando o que é preciso melhorar; corrigindo o que é preciso corrigir. Tudo farei, como Presidente dos Açores, para que isso aconteça.

A todas as Açorianas e Açorianos – e, de forma muito expressiva, aos nossos concidadãos residentes nos Estados Unidos da América, no Canadá, nas Bermudas, no continente português, ou em outras partes do Mundo – bem como aos imigrantes que estão a residir nas nossas ilhas, e que aqui trabalham e nos ajudam integrando-se na comunidade, desejo, em meu nome pessoal e no da minha família, e em nome do Governo, um Feliz Natal e muita saúde e prosperidades em 2008.

Bom Natal.

Fonte da notícia: GaCS

Etiquetas: , , , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Primeiros bebés de 2008 serão «turistas»

Região de Turismo do Algarve vai premiar os primeiros 250 pequeninos nascidos em Portugal


Os primeiros 250 bebés que nasçam em 2008 em Portugal Continental vão ser baptizados pela Região de Turismo do Algarve de «bebés turistas 2008» e ganham um "kit" com presentes e um passaporte para viajar até ao Algarve com a família.


A nova acção de marketing da Região de Turismo do Algarve (RTA) tem o objectivo de impulsionar o turismo em família, lê-se num comunicado enviado à comunicação social.


A iniciativa pioneira consiste em oferecer um "kit" de viagem aos primeiros bebés do ano, que será entregue nas principais maternidades com um «passaporte, um saco, uma bolsa térmica, uma bolsa de documentos, uma manta em tecido polar, um álbum de fotografias, uma moldura».
A RTA vai também oferecer uma máquina fotográfica reutilizável para captar os pormenores da primeira visita dos bebés à região algarvia.


«Esta é uma forma simpática de darmos as boas-vindas às crianças nascidas no primeiro dia de 2008 e (...) posicionarmos o Algarve como destino turístico familiar», explicou o presidente da RTA, António Pina.


O presidente da RTA vai deslocar-se até à Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, na manhã do dia 1 de Janeiro para oferecer um "kit" ao menino ou à menina que ali tiver nascido na madrugada do primeiro dia de 2008.


Esta iniciativa promocional do Algarve está orçada em cerca de dez mil euros e prevê a distribuição de 250 kits «Bebé Turista» do Algarve, a dividir por dez hospitais e maternidades do país.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Liberdade encapotada


Os grandes títulos da imprensa norte-americana deram eco, este ano, à vida das celebridades, às presidenciais de 2008 e à guerra do Iraque mas ignoraram as principais crises humanitárias, como as da Somália e do Sri Lanka, escreve a Lusa.


De acordo com a organização não governamental Médicos Sem Fronteiras, os meios de comunicação social dos EUA não noticiaram a violência, o drama dos refugiados e as doenças na República Centro-Africana, Somália e Sri Lanka.


Os conflitos humanos na Birmânia, Zimbabué, República Democrática do Congo, Colômbia e na Chechénia e as vítimas da tuberculose e da má nutrição infantil foram também «esquecidos» pelos media norte-americanos.


«Com certeza que muitos órgãos de comunicação social noticiam o que se passa nas zonas de conflito em todo o mundo», afirmou Nicolas de Torrente, director-executivo da delegação dos Estados Unidos da Médicos Sem Fronteiras.


«Mas milhões de pessoas presas na armadilha da guerra, obrigadas a deixarem as suas casas e privadas de cuidados médicos básicos não têm a mesma atenção», sustentou em comunicado.


Desde 1998, ano em que a organização não governamental se insurgiu contra a fraca cobertura noticiosa da imprensa norte-americana sobre a fome no Sudão, que a Médicos Sem Fronteiras revela a sua apreciação sobre a informação nos EUA.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , ,

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Vladimir Putin eleito personalidade do ano 2007

O presidente russo, Vladimir Putin, foi designado personalidade do ano 2007 pela Time, anunciou ontem a revista norte-americana. Putin "impôs a estabilidade a um país que raramente a conheceu e conduziu a Rússia à mesa dos poderosos deste Mundo", explicou a revista para justificar a escolha.

Num artigo com o título "escolher a ordem antes da liberdade", a revista lembrou que "ser a personalidade do ano da Time não é, nem nunca foi uma honra". "Não é um apoio, não é um concurso de popularidade", sublinhou a revista que pretende, com estas escolhas, designar as pessoas que desempenharam um papel preponderante na cena internacional.

"Putin não é um escuteiro. Não é um democrata, de acordo com os critérios do Ocidente. Não é um modelo da liberdade de expressão", acrescentou.

Este reconhecimento é atribuído ao chefe de Estado russo por ter remodelado um país que tinha "desaparecido do nosso mapa mental", sublinhou um dos chefes de redacção Richard Stengel."Com o sacrifício de princípios e valores que uma nação livre estima, Putin realizou, enquanto dirigente, uma proeza extraordinária, impôs a estabilidade a uma nação que raramente a conheceu e conduziu a Rússia à mesa dos poderosos deste Mundo", acrescentou Stengel.

"Por estas razões, Vladimir Putin é o homem do ano 2007 da Time", concluiu.ProvocaçõesA Time recorre habitualmente à provocação quando escolhe a "pessoa do ano". Entre os anteriores "eleitos" contam-se Adolf Hitler, Joseph Estaline, ou o presidente norte-americano George W. Bush em 2004, um ano depois da invasão do Iraque.O antigo dirigente iraniano, o ayatollah Khomeini, foi escolhido em 1979, ano do fim do regime do Xá da Pérsia.

Rudolph Giuliani, então presidente da câmara de Nova Iorque, foi o nome escolhido em 2001, algumas semanas depois dos atentados contra as torres gémeas, mas alguns elementos da redacção tinha sugerido o líder da rede terrorista al-Qaeda, Osama bin Laden.

Fonte da notícia: Jornal de Notícias

Etiquetas: , , , ,

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Mortalidade na estrada volta a subir em Portugal

Entre o início do ano e domingo passado, morreram 823 pessoas nas estradas portuguesas - mais 19 (quase 2,4%) do que entre 1 de Janeiro e 16 de Dezembro de 2006.

Segundo a informação (provisória) da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a subida ocorreu em metade dos distritos (ver quadro). Mas foram reportadas menos 1455 vítimas totais do que em 2006, menos 372 feridos graves e menos 1102 feridos leves.

Não há uma tendência para o aumento contínua de vítimas mortais ao longo do ano, conclui-se da leitura dos relatórios mensais. Janeiro (mais oito), Março (mais 22), Junho (mais quatro) e Setembro (mais onze) respondem pela subida de 2,3% no número de óbitos acumulados (623) em 30 Setembro (último relatório disponível), em relação a igual mês de 2005 (609).

Outros indicadores dos primeiros nove meses seguiram uma trajectória inversa. Diminuiu em 1,8% o número de acidentes com vítimas; em 11% os sinistros com mortos e/ou feridos graves; em 2,5% o total de vítimas; em 12,9% o número de feridos graves e em 1,8% o de feridos leves. O que não impediu que o índice de gravidade (o número de mortos por 100 acidentes com vítimas), subisse de 2,3 para 2,4.

A última estatística surge duas semanas após de o ministro da Administração Interna, Rui Pereira, ter apresentado "a maior operação algum dia realizada em Portugal" na quadra do Natal reforço de grupos e destacamentos da GNR; "efectivo valorizado" da BT de 2100 militares e 750 viaturas"; dispositivo "flexível" da PSP até 3320 elementos; empenho dos comandos, serviços de monitorização e dois helicópteros da Autoridade de Protecção Civil; 142 brigadas de resposta rápida com 994 homens e 284 viaturas de corpos de bombeiros; emergência médica com 281 viaturas e dois helicópteros.

Progressos em 20 anosPortugal regista progressos nas duas últimas duas décadas. A média das variações anuais observadas desde 1987 foi de menos 0,3% acidentes, menos 4,8% mortos e menos 0,6 % feridos, enquanto o consumo de combustível oscilou mais 4,5%.

Nos últimos seis anos, o número de mortos baixou 51%. Em 1995, Portugal comandava mortalidade rodoviária na Europa 271 óbitos por milhão de habitantes, contra a média europeia (a 25 países) de 132, ou seja, mais 105% do que esta. Em 2006, tinha descido para 91 mortos por milhão de habitantes, apenas 6% acima da média europeia de 86 óbitos, passando à 13.ª posição.

Segundo o relatório da ANSR relativo a 2006, no último ano foram registados 850 mortos, menos de metade do que em 1998, numa curva descendente seguida pelos feridos graves 3483 no ano passado, contra 8177 em 1998.

Os resultados permitiram ao Governo antecipar para 2009 o objectivo da União Europeia, de reduzir em 50% o número de mortos e feridos graves até 2010, em comparação com a média 1998-2000. Como ela foi de 1748 mortos e 7597 feridos e os valores "pretendidos" para o ano de 2009 são de 874 óbitos e 3799 feridos graves, esses objectivos já terão sido alcançados.

É o que se passa com os peões. O objectivo de reduzir as vítimas mortais (137 em 2006) já está ultrapassado, esperando-se para 2009 apenas mais um. Menos optimista é o caso dos mortos e feridos graves dentro das localidades entre 2007 e 2009 têm que diminuir quase 27%, pois os 393 registados em 2006 estão longe dos 287 "pretendidos" para 2009.

Fonte da notícia: Jornal de Notícias

Etiquetas: , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


ONU alerta para crise alimentar a nível mundial

Organismo diz que se está perante um problema «imprevisível»


O último relatório de Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) lançou um alerta preocupante no seu último relatório: o mundo vai enfrentar uma crise devido à falta e ao aumento de preço dos alimentos nos próximos anos. O estudo Perspectivas Alimentares, citado pelo jornal espanhol El País, refere que as reservas estão a descer rapidamente ao contrário dos preços, que têm atingido níveis históricos.


De acordo com a FAO, a conjugação destes dois factores pode criar nos próximos anos uma crise «imprevisível e preocupante». O estudo da organização aponta que as reservas de cereais caíram 11 por cento, para o nível mais baixo desde 1980. Já os preços dos alimentos subiram 40 por cento, um progresso muito acentuado, relativamente aos 9 por cento de aumento de há um ano.


«Temos que fazer frente à fome mundial que se aproxima», disse o director do programa mundial de alimentos da ONU, Josette Sheeran, dando conta que o problema «pode prejudicar os mais necessitados durante décadas».


Pobres são o grupo de maior risco


Os dados indicam que os países mais frágeis são os que terão mais dificuldades em enfrentar os problemas previstos no estudo da FAO. No último ano, os alimentos que importaram subiram de preço 25 por cento.


Os países em vias de desenvolvimento também serão afectados de forma especial num cenário de crise.


Além do aumento excessivo do preço dos alimentos e da descida das reservas de comida há ainda outros dados a ter e conta e que podem contribuir para o acentuar do problema como as alterações climáticas, que têm provocado um maior número de secas e inundações, e ainda o aumento do preço do petróleo e da procura de biocombustíveis.

A FAO já apelou a que se tomem medidas urgentes para evitar uma crise mundial. Entre elas defende a venda a preços reduzidos de sementes e fertilizantes aos agricultores dos países pobres, de forma a aumentar a produção de alimentos básicos.

Fonte da notícia: PORTUGAL DIÁRIO

Etiquetas: , , , ,

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


José Sócrates aumenta salário mínimo para 426 euros

O primeiro-ministro, José Sócrates anunciou esta segunda-feira que o valor do salário mínimo nacional (SMN) para 2008 vai ser de 426 euros, ou seja mais 23 euros do que em 2007.


«É a maior actualização do salário mínimo da última década», disse José Sócrates.


Os números confirmam a expectativa, uma vez que para 2009 já estava estabelecido um acordo tripartido, conseguido em sede de Concertação Social em 2006, nos 450 euros.


Para 2011, recorde-se que o SMN acordado é de 500 euros.

Fonte da notícia: PORTUGAL DIÁRIO


Salário Mínimo nos Açores vai ser de 447,3 euros a partir de Janeiro


O Salário Mínimo Nacional sobe nos Açores, a partir de Janeiro, para 447,3 euros, um valor 24,15 euros acima do actualmente em vigor na Região.

Na Região, o SMN vai ser, a partir de Janeiro, superior em 21,3 euros ao praticado no Continente.

O Salário Mínimo Nacional tem nos Açores um valor superior ao aplicado no Continente na sequência de uma decisão do Parlamento destinada a compensar os trabalhadores da Região pelos chamados “custos da insularidade”.



Fonte da Notícia GaCS/AP


Etiquetas: , , ,

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Poder de compra dos portugueses cai e contraria tendência europeia

Portugal está atrás de países como Espanha, Grécia, Chipre e Eslovénia e a par com República Checa e Malta. O poder de compra dos portugueses, quando comparado com o dos parceiros europeus, voltou a cair em 2006.

De acordo com dados do Eurostat, o instituto de estatística da União Europeia, o poder de compra nacional caiu de 76% da média europeia para 75%.


Uma das principais conclusões do estudo é que o poder de compra continua a registar grandes disparidades no espaço europeu, oscilando entre um mínimo de 37% da média e um máximo de 280%.


O Produto Interno Bruto (PIB) per capita, medido em paridades de poder de compra, foi mais elevado no Luxemburgo, onde atingiu mais de 2,5 vezes a média. No caso da Irlanda, ficou 50% acima da média, na Holanda, Áustria, Dinamarca, Suécia e Bélgica, entre 20 e 30% acima. O Reino Unido, a Finlândia, a Alemanha e a França registaram números entre 10 e 20% acima da média europeia. Em linha com a média comunitária ficaram a Espanha, a Itália e a Grécia.


Com um poder de compra cerca de 10% inferior à média ficaram Chipre e Eslovénia, sendo que a República Checa, Malta e Portugal ficaram entre 20 e 25% abaixo da média. Pior, só mesmo a Estónia, a Hungria e a Eslováquia (35% abaixo da media), a Lituânia, a Letónia e a Polónia (40% a 50% abaixo da média) e finalmente a Roménia e a Bulgária (cerca de 60% abaixo).

Fonte da notícia: AGÊNCIA FINANCEIRA

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 16 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Vídeovigilância ilegal

Imagens de bares e da rua disponíveis na Internet

Há inúmeras câmaras de vídeovigilância ilegais em funcionamento. Portugal tem mais de sete mil estabelecimentos privados e públicos com vídeovigilância. Só nos últimos seis anos, segundo noticia o Expresso, as autorizações cresceram mais de três mil por cento.

A corrida às câmaras faz com que actualmente seja possível a qualquer pessoa estar num bar e, sem saber, ter a imagem na Internet. É ilegal mas acontece.

Através de uma câmara que está instalada num bar da Praia da Luz é possível ver na Internet quem passa e quem se senta.

A maioria dos clientes parece não se importar muito com o facto de ter câmaras por perto.

Noutro site Internet é registada, por exemplo, a imagem de quem anda no Jardim de Santa Catarina, no Funchal, ou na marina. São imagens actualizadas de 15 em 15 minutos.

As filmagens da vídeovigilância devem manter-se em circuito fechado, guardadas durante um mês e depois apagadas. A instalação das câmaras serve apenas para segurar pessoas e bens, mas a lei não está a ser cumprida.

A Comissão Nacional de Protecção de Dados não pára de receber pedidos. Entre 2000 e 2006 as autorizações cresceram mais de três mil por cento.

O comércio lidera com mais de 1.300 câmaras autorizadas. A restauração e a hotelaria vêm em segundo lugar com mil câmaras de vigilância e os hipermercados ficam próximo, com mais de setecentas objectivas.

Elas estão em todo o lado: na farmácia, no Multibanco e até já nos táxis.

Agora vão passar também a vigiar quem utiliza espaços públicos de uso comum.

A instalação de câmaras na Ribeira do Porto dá o arranque. Portimão, Guimarães e Coimbra deverão seguir o exemplo da invicta.

Fonte da notícia: SIC ONLINE

Etiquetas: , , ,

sábado, 15 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Portugueses sentiriam mais falta da Internet do que da televisão

Estudo revela importância crescente da Internet e dos telemóveis em Portugal

Se algum dos meios de comunicação com que contactam diariamente desaparecesse, a maioria dos portugueses inquiridos num estudo de mercado sentiria mais falta da Internet e dos telemóveis do que da televisão, rádio ou jornais.

De acordo com o estudo A Day in the Life (um dia na vida), elaborado pela agência de meios Nova Expressão para a Columbus Media International e efectuado pela Netsonda, 98,1 por cento dos portugueses inquiridos sentiria falta da Internet (95,6 por cento sentiriam falta do telemóvel, 92,4 por cento da TV, 90,6 por cento da rádio e 86,8 por cento dos jornais). Os meios de comunicação menos importantes para o painel de 681 portugueses, todos utilizadores de Internet, são as consolas de jogos e os outdoors.

Confrontados com várias opções para descrever o confronto com o desaparecimento de meios de comunicação, que incluem também o cinema, as revistas e os leitores mp3, mais de metade dos inquiridos (53,6 por cento) não conseguiria mesmo imaginar a sua vida hoje sem a Internet. Só os telemóveis igualam a reacção mais extrema da gama de questões (que vai desde o “não conseguiria imaginar a minha vida sem” até ao “não me faria diferença nenhuma”), com 43,6 por cento dos inquiridos a assumir que não imagina viver sem telefone móvel.

O objectivo do estudo é saber mais sobre os hábitos de consumo de média dos portugueses, integrado num estudo mais alargado sobre o mesmo tema, que abrange os EUA, o Canadá, Reino Unido, Alemanha e Polónia e os Emirados Árabes Unidos. Os norte-americanos são, de longe, os que mais falta sentiriam dos meios de comunicação se fossem privados deles.

Nas conclusões gerais do estudo internacional da Columbus, Portugal destaca-se por ser o país cujos espectadores mais se queixam da violência excessiva na televisão (uma preocupação partilhada por 69 por cento dos inquiridos portugueses). De todo o painel, o Reino Unido é o país onde essa preocupação é menos significativa.

Os países que mais consomem televisão são Reino Unido e o EUA. Os seus espectadores passam em média, e respectivamente, 3,7 e 4,3 horas por dia frente ao televisor. Em Portugal, 71 por cento dos espectadores dizem que prestam tanta atenção à publicidade televisiva que passa nos canais temáticos do cabo quanto à dos canais generalistas. Mas 56 por cento dos portugueses ouvidos pela Netsonda admitem que tentam evitar ver anúncios na televisão, ao mesmo tempo que 57 por cento deles dizem prestar atenção à publicidade nos jornais.

Os principais destinos dos inquiridos portugueses que procuram entretenimento são a televisão e a Internet (76 e 58 por cento, respectivamente) e estes dois meios também lideram quando a busca é em torno de notícias (79 por cento TV e 56 por cento Internet). Os jornais servem como fonte de notícias para 55 por cento dos ouvidos.

A omnipresença da Internet na vida dos consumidores de média portugueses mantém-se de forma equilibrada durante toda a semana: 4h36 durante a semana, 4h04 ao fim-de-semana. A Internet serve sobretudo para usar o e-mail (98,2 por cento) e ler notícias (85,2 por cento).

Quanto à televisão, os inquiridos dedicam-lhe 2h43 diárias nos dias úteis e 3h46 diárias ao fim-de-semana. E passam 59m a ler jornais durante os dias úteis, dedicando ainda 48m às revistas, gastando 1h16 a ler jornais nos dias de fim-de-semana e 1h03 para as revistas ao sábado e domingo. Estes valores estão no mesmo nível dos despendidos pelos americanos, canadianos e britânicos na leitura de jornais diários. Quanto à Internet, os norte-americanos são os que mais horas passam na rede, gastando entre 5,3 horas e 6 horas diárias frente ao computador.

Fonte da notícia: PÚBLICO.PT

Etiquetas: , , , , , ,

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Al Gore criticou política ambiental dos EUA

Al Gore criticou política ambiental dos EUA

Al Gore foi hoje o centro das atenções em Bali, na Indonésia. O ex-vice-presidente norte-americano acusou os estados unidos de serem o principal obstáculo ao sucesso do encontro sobre alterações climáticas.

O recém prémio Nobel da paz foi directo. O facto de não ocupar cargos no país onde nasceu permite-lhe dispensar o tom politicamente correcto. Os progressos desejados por Gore e pela grande maioria dos participantes nesta cimeira passam pelas negociações nos próximos dois anos de um pacto sobre o aquecimento global que substitua o protocolo de Quioto.

Um documento que agora foi ratificado pela Austrália. Uma mudança de atitude também explicada por Al Gore.

As críticas à actual administração norte-americana chegaram esta quinta-feira também da União Europeia.

Os 27 acusam Washigton de inacção climática. Ameaçam ainda boicotar o encontro em que os Estados Unidos pretendem juntar as principais economias mundiais para se falar sobre o clima, se os norte-americanos recusarem as metas de Bali para a redução das emissões de gases poluentes.

Fonte da notícia: SIC Online

Etiquetas: , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Assinado no Mosteiro dos Jerónimos documento histórico para a União Europeia

Foi assinado o Tratado de Lisboa, numa cerimónia no Mosteiro dos Jerónimos. O presidente em exercício da UE, José Sócrates, manifestou-se confiante, acreditando que o documento permitirá "finalmente" à Europa vencer o seu impasse político e institucional e lançar-se num novo momento da aventura europeia.

Com o Tratado de Lisboa, segundo Sócrates, "a Europa vence, finalmente, o impasse político e institucional que limitou a sua capacidade de acção nos últimos anos".

No seu discurso, o primeiro-ministro português considerou ainda que o Tratado de Lisboa definirá "uma nova arquitectura institucional", através da introdução de um "novo presidente permanente do Conselho Europeu, do alto representante para a política externa e de defesa, uma nova composição da Comissão e o reforço da sua legitimidade democrática", e na adopção de um "novo sistema de ponderação de votos no Conselho".

"Quero que saibam que é uma honra para o meu País que seja justamente aqui, no mesmo local, que assinamos um novo Tratado para o futuro da Europa. E honra ainda maior que esse Tratado receba o nome de Lisboa, cidade onde os 27 Estados-membros selaram o seu acordo", frisou ainda o primeiro-ministro. "Uma Nova Europa"O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, considerou por seu lado que a assinatura do Tratado de Lisboa marca o "nascimento de uma nova Europa" alargada a 27 Estados e pronta a enfrentar os desafios da globalização. "É o momento de avançar.

A Europa deve enfrentar numerosos desafios, tanto internos como externos, e os nossos cidadãos querem resultados. A globalização é o denominador comum a todos esses desafios", disse Durão Barroso.

Legitimidade democrática da UEO novo Tratado Europeu, cuja redacção final foi dirigida pela actual presidência portuguesa da UE e aprovado na madrugada de 19 de Outubro último, em Lisboa, pelos líderes dos 27 Estados membros, vai substituir a fracassada Constituição Europeia, que foi inviabilizada, em 2005, pelos referendos negativos ao documento em França e na Holanda.

No preâmbulo do novo Tratado, sublinha-se, nomeadamente, que o documento tem por objectivo "completar o processo lançado pelo Tratado de Amesterdão e pelo Tratado de Nice [actualmente em vigor], no sentido de reforçar a eficiência e a legitimidade democrática da União, e bem assim a coerência da sua acção".

O compromisso político sobre "as grandes linhas" do texto da nova "Lei Fundamental" dos 27 foi alcançado na madrugada de 23 de Junho último, em Bruxelas, no final da presidência alemã da UE, quando os chefes de Estado e de Governo da União chegaram a acordo sobre o mandato a dar à presidência portuguesa da UE, em exercício até ao fim do ano, para a elaboração do documento final.

As alterações relativamente ao anterior projecto de Tratado Constitucional (ou Constituição Europeia) não são muitas e a maior parte tem um valor sobretudo simbólico, como o abandono da referência a um hino e à bandeira da União Europeia, e a denominação do responsável pela Política Externa Comum da UE, que deixa de se chamar "ministro dos Negócios Estrangeiros", passando a ser designado por "Alto Representante".


Tratado de Lisboa


Algumas das principais novidades do Tratado de Lisboa, face à abandonada Constituição Europeia e ao Tratado de Nice, em vigor


Um tratado em vez de uma constituição


A Constituição Europeia iria substituir todos os Tratados europeus existentes. O novo Tratado irá alterar os dois Tratados constitutivos actuais. Na prática, continuarão a vigorar esses dois Tratados - Tratado da União Europeia (Maastricht, de 1992) e Tratado da Comunidade Europeia (Roma, de 1957) -, aos quais o novo Tratado Reformador introduzirá alterações, uma delas o nome do segundo, que passa a designar-se Tratado sobre o Funcionamento da UE. Isto significa uma concessão dolorosa para muitos dos Estados membros que ratificaram a Constituição Europeia e que vêem perder-se a tentativa de constitucionalizar o sistema político europeu.


União, em vez de comunidade


Como a mudança no nome do segundo Tratado, a Comunidade Europeia desaparece de vez, sendo o seu espaço ocupado pela União Europeia, que passa a ser uma entidade única, que herda a personalidade jurídica da Comunidade. Isto significa o fim da complicada estrutura "em pilares", simplificando a acção da União no plano interno e externo. Finalmente, a UE passa a ser uma entidade única.


Maioria qualificada


O Tratado Reformador retoma o sistema de votação por "maioria qualificada" previsto na Constituição, o qual prevê que uma decisão será adoptada no Conselho de Ministros da UE, se tiver o apoio de 55% dos Estados-membros (ou seja 15) em representação de pelo menos 65% da população total da União. Além disso, qualquer minoria de bloqueio deverá incluir pelo menos quatro Estados-membros, em vez dos três actualmente. Mas para obter o apoio da Polónia, os 27 tiveram de fazer uma série de concessões a este país.

O novo sistema de votação entrará em vigor apenas em 2014, em vez de 2009, e, até 2017, um Estado-membro pode pedir a aplicação do antigo sistema complicado de votação instituído pelo Tratado de Nice, em 2000. Depois de 2009, uma decisão poderá ser reexaminada num "prazo razoável" a pedido de um grupo de Estados-membros que não tenham a minoria de bloqueio necessária para impedir a medida, mas que reúnam pelo menos 3/4 dessa minoria.


Inovações institucionais


A partir de 2009, haverá um presidente do Conselho Europeu eleito por dois anos e meio pelos seus membros, que são os chefes de Estado ou de Governo dos países da UE. Competir-lhe-á assegurar a coerência dos trabalhos do Conselho Europeu e funções de representação externa da UE, mas não terá funções executivas. As actuais presidências semestrais da UE serão modificadas de acordo com uma decisão a tomar pelo Conselho, o qual deverá prever equipas de três Estados-membros para um período de 18 meses, que assegurarão entre elas a presidência do Conselho Assuntos Gerais e dos Conselhos de Ministros sectoriais da UE (Economia e Finanças, Agricultura, Justiça e Assuntos Internos, Ambiente, entre outros). Já as reuniões do Conselho Relações Externas passam a ser presididas pelo Parlamento Europeu, sob proposta do Conselho Europeu. Isto reforçará a importância das eleições europeias, já que o Conselho Europeu terá de ter em conta os seus resultados para submeter ao PE o seu candidato à presidência da Comissão Europeia. Tal como agora, o PE deverá também aprovar a investidura da Comissão no seu todo e guarda o poder de votar uma moção de censura (por maioria de 2/3), o que implica a demissão do executivo comunitário.


Reforço dos parlamentos nacionais


A Holanda obteve o reforço dos poderes dos Parlamentos nacionais no processo decisório da União. Passam a poder pedir, em certas condições, à Comissão Europeia para voltar a examinar um proposta legislativa que estimem violar o princípio da subsidiariedade, segundo o qual a União só intervém quando os Estados membros sozinhos não estiverem em condições de enfrentar eficazmente o problema em questão, como previa a Constituição. Poderão também, se metade deles o desejar, submeter a questão a uma votação no Conselho e no PE, bastando que uma destas instituições se pronuncie a favor da objecção para pôr termo ao processo legislativo europeu.


Mais garantias para os Estados e mais flexibilidade


O novo Tratado prevê igualmente uma mais precisa definição das competências da UE, estabelecendo que tudo o que não é atribuído à União continua a ser da exclusiva competência dos Estados-membros.


Lusa


Fonte da notícia: SIC Online

Etiquetas: , , , , , ,

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Ex-agente da CIA denuncia torturas


A CIA chama-lhe métodos «alternativos» de interrogatório. A decisão de os aplicar veio da Casa Branca

Em declarações à cadeia televisiva CNN o antigo operacional da agência norte-americana John Kiriakou assegurou que as polémicas cassetes de vídeo, destruídas pela CIA, continham cenas chocantes com suspeitos a ser sujeitos à chamada técnica de «waterboarding» (em que os interrogados experimentam a sensação de afogamento). A ordem para que estes métodos fossem utilizados terá vindo «da Casa Branca».


Kiriakou admite que o procedimento, que terá sido aplicado entre outros suspeitos da Al Qaeda a Abu Zubayda, «salvou vidas». Mas manifestou o seu repúdio por uma técnica perante a qual recusa eufemismos e não hesita em qualificar de tortura.


A descrição que fez à CNN da forma como este procedimento é aplicado a pessoas suspeitas não deixa muitas dúvidas. Segundo Kiriakou, o indivíduo é preso a uma mesa com os pés ligeiramente levantados. Em seguida, um pedaço de celofane é-lhe pressionado contra a cara e é despejada água sobre a sua boca.


O celofane impede o afogamento do suspeito, mas a sensação é bem real, explicou o ex-agente, dizendo que é activada uma reacção fisiológica de tensão muscular imediata. «Faz-nos sentir sufocados», disse Kiriakou, confessando que ele próprio passou pela experiência, por breves segundos, durante o período de treino que fez na CIA. «É completamente desagradável», disse. Kiriakou disse ter interrogado Abu Zubayda, mas assegurou que não participou no seu «waterboarding». O ex-agente reconhece que foram recolhidas informações valiosas na luta anti-terrorista, frisando, no entanto, que se opõe a esta e outras técnicas «alternativas» de interrogatório.


«Decisão que veio da Casa Branca»


A utilização destes métodos terá sido aprovada pelo Departamento de Justiça e pelo Conselho de Segurança Nacional dos EUA em Junho de 2002, disse Kiriakou. «Foi uma decisão que veio da Casa Branca», afirmou.


O ex-agente explicou ainda que, apesar da autorização dada por superiores, muitos agentes se recusaram a aplicar este tipo de interrogatórios.


Kiriakou também se manifestou contra a destruição das gravações de interrogatórios, dizendo que nem ele nem os outros agentes sabiam que estavam a ser filmados, de forma particular quando aconteceu o de Zubayda.


Após a destruição destes vídeos, o Departamento de Justiça e a própria CIA anunciaram a abertura de um inquérito preliminar ao director da agência, Michale Hayden, antes de ser questionado por comités do congresso sobre o tema.


O director da CIA disse que as cassetes foram destruídas apenas depois de ter sido determinado que não tinham valor em termos de informações de inteligência e que não eram relevantes para a eventualidade de inquéritos legislativos ou judiciais. Porém, os líderes do congresso asseguram que não foram devidamente notificados desta decisão.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Saiba o que faz mexer os portugueses

Portugueses gostam de viajar pela Europa e reconstruir casas antigas de forma moderna


Morar numa casa antiga reconstruída, viajar pela Europa e experimentar e saber coisas diferentes, como comida japonesa ou línguas orientais e passar mais tempo online do que à frente da televisão, são algumas das novas tendências que fazem mexer a sociedade portuguesa, escreve a Lusa.


As conclusões são de um estudo, realizado pela Área de Planeamento e Estudos de Mercado (APEME) em parceria com a Produções Fictícias, apresentado esta terça-feira e realizado a partir de um inquérito junto de uma amostra de cidadãos representativa de um segmento de vanguarda, de pessoas que «iniciam tendências», na esfera privada, social e pública.


«Existe a necessidade das pessoas procurarem uma relação mais intensa com o tempo e com o tempo longo, nomeadamente um certo passado e uma das tendências fortes é a importância de morar numa casa antiga reconstruída. De certa maneira os portuguesesquerem morar numa casa antiga reconstruída para porem lá dentro a modernidade», explicou Carlos Liz, responsável pelo estudo pela parte da APEME.


Preocupações ambientais


De acordo com Carlos Liz, as preocupações ambientais estão também no centro das novas tendências, com os portugueses dispostos a investir em equipamentos para a casa «para que haja poupança energética suficiente».


Contudo, a vontade dos portugueses de preservarem o passado não interfere no seu modo de vida, que é cada vez mais cosmopolita e se traduz numa enorme vontade de «visitar muitas cidades europeias, mas em pouco tempo», ou de «aprender coisas novas», como sejam línguas orientais ou experimentar comidas de culturas diferentes.


«As pessoas estão disponíveis para investir em novas aprendizagens», sintetizou Carlos Liz.


Viajar no espaço, cultura e tempo


Assim, as tendências mais significativas identificadas pelo estudo perspectivam uma sociedade que quer sair de si mesma viajando no espaço, na cultura e no tempo.


Outra das áreas que está a verificar grandes mudanças é o consumo, com as pessoas a darem cada vez mais importância aos meios online.


Para Nuno Artur Silva, da Produções Fictícias, «as novas tendências demonstram que estamos mais europeus em certos aspectos e o estudo revela cidadãos muito mais cosmopolitas, por isso estamos definitivamente longe do Portugal salazarista e mesmo a seguir ao 25 de Abril».


Mais tempo na internet que frente à TV


O humorista salienta ainda que «a maior parte das pessoas está muito mais tempo online do que à frente do televisor» e há a «ideia de misturar e de ir buscar coisas diferentes e escolher só o que nos interessa».


«As novas gerações são definitivamente gerações do mundo até muito mais do que de Portugal e acho que isso é animador», concluiu Nuno Artur Silva.


No estudo foram questionadas online 100 personalidades da sociedade portuguesa, de ambos os sexos, com idades entre os 21 e os 53 anos, que trabalham em áreas que vão da encenação, à investigação científica, passando pelas artes, humor, publicidade e comunicação, ensino universitário, formação profissional, arquitectura e literatura.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Versos de Stº António

Apelo a Stº António

Ó meu rico Santo António

Meu santinho Milagreiro

Vê se levas o Zé Sócrates

P'ra junto do Sá Carneiro

..................................................

Se puderes faz um esforço

Porque o caminho é penoso

Aproveita a viagem

E leva o Durão Barroso

.................................................

Para que tudo corra bem

E porque a viagem entristece

Faz uma limpeza geral

E leva também o PS

....................................................

Para que não fiquem a rir-se

Os senhores do PSD

Mete-os no mesmo carro

Juntamente com os do PCP

................................................

Porque a viagem é cara

E é preciso cultivar as hortas

Para rentabilizar o percurso

Não deixes cá o Paulo Portas

.............................................................

Para ficar tudo limpo

E purificar bem a cousa

Arranja um cantinho

E leva o Jerónimo de Sousa

...........................................................

Como estamos em democracia

Embora não pareça às vezes

Aproveita o transporte

E leva também o Menezes

.......................................................

Se puderes faz esse jeito

Em Maio, mês da maçã

A temperatura está boa

Não te esqueças do Louçã

............................................................

Todos eles são matreiros

E vivem à base de golpes

Faz lá mais um favorzinho

E leva o Santana Lopes

............................................................

Isto chegou a tal ponto

E vão as coisas tão mal

Que só varrendo esta gente

Se salvará Portugal

...............................................

E para este não vir sozinho

Mais um ou dois não faz mal

Por também fazer falta

Traz o Marquês de Pombal!

Fim

Fonte da notícia: Estes versos engraçados, carregados de forte dispositivo de humor político, foram enviados para o meu email pelo Sr. Carl Barros, um amigo Terceirense residente na Califórnia. Agradeço profundamente este gesto simpático a este nosso amigo por os partilhar com todos nós através deste blog. Confesso que desconheço o seu autor.

Etiquetas: , ,

domingo, 9 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Pai de gémeos com 83 anos

Uma chinesa de 49 anos deu à luz gémeos, depois de os conceber, de forma natural, com o seu marido, um médico tradicional de 83 anos, noticia hoje o South China Morning Post, de Hong Kong.


O parto insólito ocorreu na quinta-feira e, embora os gémeos, um rapaz e uma rapariga, tenham nascido «um pouco débeis», encontram-se, tal como a mãe, de boa saúde, disse fonte hospitalar.


O pessoal do hospital de Shenzhen, próximo da região de Hong Kong, nomeou a mãe «ídolo do ano», não só por ter sido capaz de dar à luz com a sua idade como também por tê-lo feito sem recurso a cesariana, técnica de parto por que optam a maioria das chinesas.


O pai, feliz, retomou o seu trabalho de médico tradicional em Shenzhen.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: ,

sábado, 8 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


II Cimeira União Europeia - África

O primeiro-ministro, José Sócrates, abriu hoje a II Cimeira entre União Europeia e África, pedindo a todos os líderes "diálogo político frontal" e sublinhando que os direitos humanos são "património universal" e não apenas de um continente.


Na sua intervenção, o presidente em exercício da UE referiu-se especificamente ao drama humanitário no Darfur, à "grave situação" do Zimbabué e reiterou que a questão dos direitos humanos "será tema central" da II Cimeira entre União Europeia e África.


Numa resposta indirecta às corrente que entendem que os valores do Estado de Direito são princípios apenas aplicáveis no mundo ocidental, Sócrates frisou perante os líderes políticos africanos e europeus que "os direitos humanos não são património de nenhum continente".


"Os direitos humanos são um património universal, que nos compete preservar e defender. Por isso, os direitos humanos estarão no centro da nossa agenda", frisou o primeiro-ministro português.


Após a sua mensagem de boas vindas, o presidente em exercício da UE declarou que esta cimeira com África se faz "a pensar nas gerações futuras" dos dois continentes".


"Foi a partir de Lisboa que a Europa se deu a conhecer a África. É aqui hoje, de novo, em Lisboa, que nos reencontramos", disse, antes de se manifestar orgulhoso por Portugal "voltar a servir de ponte" entre os dois continentes.


Nas suas mensagens iniciais, Sócrates também fez questão de sublinhar que a relação política entre países africanos e da União Europeia é uma relação "de iguais".


"Não há culturas menores ou civilizações superiores. Mas também somos iguais na responsabilidade política", advertiu o presidente em exercício da UE.


Fonte da notícia: Notícias SAPO

Etiquetas: , , , ,

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


CIA destruiu gravações de interrogatórios

A Agência de Segurança americana CIA destruiu várias cassetes com gravações de interrogatórios em prisões americanas. A descoberta surge quando os estabelecimentos estão a ser investigados

Com a polémica dos voos secretos da CIA por desvelar, surge uma nova polémica relacionada com as prisões secretas dos Estados Unidos. Nas investigações que estão a ser feitas em muitos desses estabelecimentos já se descobriu que pelo menos duas gravações de interrogatórios a suspeitos de terrorismo foram destruídas.


A CIA confirma, mas defende-se dizendo que pretendia proteger a identidade dos agentes envolvidos e que as cassetes já não teriam qualquer relevância informativa. Diversos advogados em prol dos direitos e liberdades civis já se manifestaram em desagrado para com o sucedido – sobretudo porque a CIA negou desde o início a existência destas gravações – e dizem que parece que a agência está a esconder deliberadamente informação.


O caso é revelado pelo The New York Times, que precisa a data da destruição: as cassetes foram eliminadas em 2005, quando o Congresso iniciou uma investigação acerca do programa de detenções. O jornal americano diz que os oficiais temiam que as cassetes pusessem em causa a legalidades dos métodos da CIA.


O conteúdo das cassetes ainda é desconhecido, mas suspeita-se que mostrasse vários interrogatórios efectuados em 2002, incluindo o de Abu Zubaydah, um alto responsável da Al-Qaeda.


Fonte da notícia: SOL SAPO

Etiquetas: , , ,

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Médicos despem-se por dinheiro

Médicos posam quase nus nos seus consultórios para calendário


Os médicos do Instituto Pasquale, em Nápoles, Itália, tentam ajudar a organização a arrecadar verbas de forma insólita. Os médicos decidiram fazer um calendário sensual, onde aparecem praticamente sem roupa, escreve o portal Terra Notícias.


Apenas de cuecas, máscaras e acessórios, os médicos aparecem como se estivessem num dia normal de trabalho, a examinar pacientes, a fazer consultas e a preparar operações.


O dinheiro conseguido com a venda do calendário reverterá o próprio instituto Pascale, que se dedica à investigação sobre o cancro.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , ,

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Bush está feito ao bife

Afinal as afirmações do Senhor Bush em relação ao programa nuclear do Irão foram, para satisfação dos iranianos, uma grande mentira

O Irão suspendeu seu programa de armas nucleares há quatro anos. Esta afirmação dos serviços secretos dos EUA contesta o relatório de 2005 e as afirmações de Bush de algumas semanas atrás, escreve Christina Bergmann.


Há algumas semanas, o presidente norte-americano declarou que a terceira guerra mundial seria iminente, caso o Ocidente não se aliasse para impedir com todos os meios que o Irão prosseguisse seu programa de armas nucleares. E agora os próprios agentes secretos de George W. Bush afirmam que já há quatro anos Teerão não prossegue com seu programa nuclear para fins militares.


Isso permite uma série de conclusões. Primeiro: a era Bush e de seus falcões na Casa Branca está definitivamente encerrada. Em vista desta avaliação, os poucos correligionários que restaram ao presidente e que não abandonaram seu governo não conseguirão convencer ninguém sobre a necessidade, por exemplo, de um ataque militar.

Por outras palavras, Bush está feito ao bife...


Fonte da notícia: FolhaOnline.br

Etiquetas: , , , ,


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer