} Galeriacores Cartoon Notícias: Fevereiro 2008

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Quadro de Paula Rego vendido na Sotheby`s por um preço recorde


Para ver a animação neste cartoon queira clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation just click on this cartoon and wait a few seconds. Açores, Arte, Azores, gay, albums, fotos, cartoons, arte,

O quadro Baying (Uivando, em português) da pintora Paula Rego atingiu novo recorde de venda em Londres, na Sotheby"s, uma das mais importantes leiloeiras do mundo. "O quadro foi vendido por 740.599 euros, o que é um novo recorde mundial para a artista", afirmou um porta-voz da Sotheby"s à Lusa.


A tela, datada de 1994, foi inicialmente avaliada entre 464 mil e 663 mil euros, mas o departamento de arte contemporânea da Sotheby"s já previa que o valor fosse ultrapassado. "É uma obra muito central e importante e provavelmente o maior ícone da série Mulher-Cão", disse Francis Outred, director e responsável pelas vendas do departamento.


Baying representa uma mulher ajoelhada no chão, uivando. Segundo Outred, foi a primeira tela pintada a pastel de Rego que apareceu em leilão, o que justifica o "grande interesse" que suscitou a potenciais compradores. O anterior recorde em leilão de Paula Rego registou-se há apenas três semanas, quando The Lesson (A Lição) foi vendida pela rival Christie"s por 596,881 euros.


Fonte da notícia: PUBLICO.PT

Etiquetas: , , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Príncipe Henry está no Afeganistão há 2 meses

Para ver a animação neste cartoon queira clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation just click on this cartoon and wait a few seconds. Azores, Açores, viagens, passeios, natureza, telemóvel, música dos Açores

O príncipe Henry, filho mais novo de Carlos de Inglaterra e Diana de Gales, encontra-se no Afeganistão a combater os talibãs, informou hoje o ministério da Defesa do Reino Unido.

O príncipe, de 23 anos, pertencente ao regimento Household Cavalry, esteve em segredo nos últimos dois meses na província de Helmand, local onde se encontra a grande maioria das tropas britânicas, considerado um dos mais perigosos do pais asiático.
A notícia tornou-se do conhecimento público após um site da Internet norte- americano quebrar o embargo que pesava sobre esta informação, indicou hoje o alto comando militar num comunicado.

Henry, terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, já manifestou o seu desejo de combater no Iraque, ainda que o Ministério da Defesa já tenha tomado a decisão de não enviá-lo por razões de segurança.

«O que os últimos dois meses mostraram é que é perfeitamente possível que sejam atribuídas ao príncipe Henry as mesmas funções que a qualquer outro oficial da sua condição e experiência», disse o alto responsável militar, que apelidou de «exemplar» a conduta do príncipe nas operações em que participou.

Assinalou que o filho mais novo do príncipe Carlos esteve «completamente envolvido» nas operações e que «correu os mesmos riscos que qualquer outro» do seu batalhão.

«Assim como todos da sua geração que servem hoje no Exército, ele (Henry) é motivo de orgulho para a nação», acrescentou o alto comando militar.

Disse ainda que, enquanto durou o embargo da difusão da informação negociado com os media, «o risco era gerível», mas que, uma vez divulgada a notícia, os comandos militares britânicos pedirão assessoria aos comandantes que se encontram no terreno para saber se Henry pode continuar a servir no Afeganistão.

Neste contexto, o alto comando militar pediu aos media para se absterem de informar sobre as movimentações do príncipe no Afeganistão.

Mostrou-se igualmente «muito decepcionado» com a violação do embargo em páginas da Internet estrangeiras que difundiram a notícia, o que contrasta, disse, com a atitude «muito responsável» dos media britânicos e de um pequeno número de meios de comunicação estrangeiros com os quais se havia chegado a um acordo sobre a história.

«Depois de um grande período de discussões entre o Ministério da Defesa e os editores de meios regionais, nacionais e internacionais, os editores adoptaram a atitude louvável de não fazer a cobertura», disse o alto comando militar, que agradeceu esta atitude.

A informação foi difundida pelo site norte-americano «Drudge Report», segundo a agência de notícias britânica PA.


Fonte da notícia: Diário Digital

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Droga: 50 milhões de euros a arder


Para ver a animação neste cartoon queira clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation on this cartoon just click on it and wait a few seconds.
Azores, Açores, viagens, passeios baratos, férias, natureza, mistérios, curiosidades

Quase 12 toneladas de estupefacientes foram destruídas num dos fornos da Valorsul. Ao todo, droga daria para mais de 25 milhões de doses .
cocaína vem da América do Sul, a heroína do Afeganistão, o haxixe de Marrocos, as substâncias sintéticas do centro da Europa, a liamba é produzida em todo o lado. Mas quase 12 toneladas destas drogas, com um valor estimado de 50 milhões de euros, terminaram a arder a 900 graus centígrados num dos fornos da empresa Valorsul, em São João da Talha.

A chegada dos dois camiões carregados com os estupefacientes às instalações da empresa de tratamento de resíduos estava prevista para as 9h30, mas acaba por acontecer apenas cerca de uma hora depois, sob escolta de vários agentes da Polícia Judiciária (PJ).

A cancela da Valorsul detém a marcha da coluna de veículos, por momentos. Dos seis veículos ligeiros descaracterizados saem 14 agentes armados, três deles com metralhadoras. Objectivo: manter seguras dentro dos pesados, 11,7 toneladas de droga, distribuídas por 373 pesados sacos.

«Estão aqui 14,5 quilos de heroína, 96 quilos de liamba, 197 quilos de cocaína, 11,4 toneladas de haxixe, mais 94 mil comprimidos de droga sintética variada, dos quais 92 mil de ecstasy», explicou aos jornalistas o inspector-chefe José Figueira, porta-voz do Departamento Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes (DCITE), João Figueira.

25 milhões de doses

Contas feitas, segundo a tabela da PJ, esta droga, que daria para algo como 25 milhões de doses, valeria nas ruas cerca de 50 milhões de euros. O que faz parecer quase irrisórios os cerca de dois mil euros que as autoridades pagaram pela sua destruição à Valorsul.

José Figueira explica que este tipo de operações é um procedimento legal, que tem uma «regularidade mensal». «Esta droga resulta de duas situações», diz o inspector da PJ, especificando que maior parte provem de apreensões efectuadas pelas várias forças de segurança (PJ, PSP, GNR, Direcção Geral das Alfândegas. SEF, Autoridades Marítima e Serviços Prisionais) e outra de pequenas amostras que acompanham os processos judiciais.

«Uma gota no oceano»

Os veículos seguem então para um pavilhão, que cobre um fosso enorme. Lá dentro, lixo. Muito lixo, que espera para ser recolhido por uma espécie de mão metálica gigantesca, que alimenta continuamente a voragem dos fornos. Por hora, são incinerados «28 mil toneladas» em cada um, explica Ana Loureiro, directora de comunicação da Valorsul, desvalorizando a quantidade de droga trazida pela PJ.

«Isto é uma gota no oceano dos resíduos». E a visão que se segue - um contentor amarelo cheio de sacos de droga suspenso sobre a enorme vala - avaliza a declaração.

«A droga vai ser incluída directamente dentro do forno». Esta é a única diferença no tratamento que é dado à carga trazida pelas autoridades, já que não fica à espera no reservatório comum.

Sem perigo para a saúde

Durante a visita guiada às instalações com o PortugalDiário, a responsável mostra uma pequena janela. Abre-se a reduzida escotilha e solta-se um clarão. Do outro lado, 900ºC. Tudo fica reduzido a cinzas. «Produz-se energia suficiente para uma cidade de mais de 150 mil habitantes».

Dois lanços de escadas metálicas acima, entra-se no centro de controlo. Monitores pendurados do tecto exibem informações do que se passa dentro forno e à sua entrada. Alguns técnicos inspeccionam o fluxo dos dados. Um processo que se realiza continuamente.

Do lado de fora, ergue-se uma chaminé com várias dezenas de metros. Exala fumo, mas não se vê. «As partículas são todas filtradas», revela Ana Loureiro, garantindo que a queima da droga não representa qualquer perigo para a saúde, porque os resíduos da queima são todos tratados, tanto os pesados, como os gases.

Enquanto isso, dentro do enorme pavilhão, os trabalhadores acabam de carregar mais uma vez o caixote metálico amarelo. «Pode subir», diz um deles. E a carga ergue-se até desaparecer dentro da boca do forno. No final, 363 sacos de droga terão sido reduzidos a cinzas.
Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Petróleo da Venezuela para Portugal a troca de leite

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar nesta imagem e aguardar uns segundos. To view the animation on this cartoon please click on it and wait a few seconds.

A Venezuela poderá vender a Portugal petróleo, que Lisboa pagará com bens e serviços, nomeadamente leite, revelou à agência Lusa o ministro de Energia e Petróleo da Venezuela, Rafael Ramírez.

A troca deverá ser incluída num acordo de cooperação de cooperação económica e energética a assinar durante a visita à Venezuela do primeiro-ministro português, José Sócrates.

Caracas está à espera que Lisboa confirme a data da visita de José Sócrates para poder materializar o acordo de cooperação entre ambos governos, revelou o ministro Rafael Ramírez.
«Preparamos os rascunhos dos documentos que vão ser assinados (...) estamos à espera que os Ministérios (dos Negócios Estrangeiros) de Portugal e da Venezuela, confirmem a data exacta da visita do primeiro-ministro português José Sócrates», disse.

Rafael Ramírez falava à Agência Lusa, à margem de um almoço de trabalho com o secretário de Estado português do Comércio, Fernando Serrasqueiro, que terminará, hoje (quarta-feira) uma visita de quatro dias a Caracas, para ultimar detalhes relacionados com um acordo de cooperação económica e energética que os dois governos prevêem assinar.

«Preparámos os rascunhos dos documentos que poderão ser assinados durante a visita do primeiro-ministro português. É um acordo de cooperação económica e energética que implica distintos memorandos nas áreas do gás, petróleos e construção naval», disse.

Segundo o ministro venezuelano, nos últimos dias, «houve reuniões muito importantes» entre representantes das autoridades de Caracas e Lisboa, que permitem asseverar que «a Venezuela vai fornecer petróleo e Portugal vai-nos fornecer bens e serviços, em particular alimentos», nomeadamente leite.

«As duas equipas formadas entre Portugal e a Venezuela estão a preparar a visita do primeiro-ministro José Sócrates, analisando também a formação de empresas mistas (capital privado e público)», sublinhou.

Segundo Rafael Ramírez, durante as últimas reuniões, estiveram também sobre a mesa temas como as energias alternativas, gás e a participação da GALP Energia na exploração de projectos na Faixa Petrolífera de Orinoco.

Por outro lado, precisou que o abastecimento energético de Venezuela a Portugal rondará, «numa etapa inicial» os 500 milhões de dólares (333 milhões de euros) montante que a Venezuela receberá «em alimentos, produtos portugueses e serviços».

Segundo Rafael Ramírez, Caracas está também à espera que Portugal indique qual a melhor localidade venezuelana para realizar, durante a visita de José Sócrates a Caracas, uma feira comercial portuguesa e várias actividades culturais.

A visita, disse «será um sucesso. Vamos recebê-lo com muito calor e entusiasmo».
Segundo fontes não oficiais, a visita de José Sócrates a Caracas poderá ocorrer entre 15 e 20 de Abril de 2008.




Fonte da notícia: Diário Digital / Lusa

Etiquetas: , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


O dólar americano continua em queda

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation on this cartoon just click on it and wait a few seconds.
Azores, Açores, viajar, viagens, visitar, férias, ilhas, natureza, passeio

A moeda única europeia está imparável, tendo atingindo um novo recorde face ao dólar, superando pela segunda vez a barreira dos 1,51 dólares, uma vez que os investidores se estão a afastar-se do dólar, depois do presidente da Reserva Federal (Fed) dos EUA, Ben Bernanke, ter sinalizado que está disposto a baixar novamente as taxas de juro para suportar o crescimento da economia.
Às 19h01 o euro era transaccionado nos mercados cambiais a 1,5111 dólares, depois de ter variado entre os 1,4972 e os 1,5143 dólares durante o dia, constituindo este último número o valor mais elevado de sempre face à 'nota verde'.
Os especialistas notam que o mercado está a reagir ao discurso de hoje por parte de Ben Bernanke perante o Congresso dos Estados Unidos da América de que irá actuar atempadamente para garantir que os riscos negativos sobre o crescimento económico não se concretizam, sinalizando, deste modo, mais cortes das taxas de juro norte-americanas - que se encontram nos valores mais baixos dos últimos três anos.
O mercado espera uma descida de 0,5 pontos percentuais, na próxima reunião da Fed, com o preço do dinheiro a baixar para os 2,5%.
"Estamos a entrar numa nova época de fraqueza do dólar (...) a Reserva Federal está a enviar aos mercados sinais muito claros de que precisam de apoiar o crescimento", disse à Bloomberg um analista.
Numa nota de análise hoje emitida pelo Bank of America, e citada pela agência Bloomberg, os mercados são avisados que o dólar vai cair para novos mínimos de sempre face às divisas dos seus principais parceiros comerciais "dentro de semanas", devido à descida das taxas de juro por parte da Fed para evitar uma recessão nos EUA.

Fonte da notícia: Diário Económico

Etiquetas: , , ,

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Comissão Europeia aplica multa recorde à Microsoft

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation on this cartoon just click on it and wait a few seconds.
Cursos profissionais, Azores, Açores, trabalhe em casa, viagens, férias, visite os Açores , emprego, segredos para fazer dinheiro, grandes lucros, emprego, descubra o seu potencial.
O gigante norte-americano da informática é penalizado por ter cobrado “preços excessivos” pela informação disponibilizada a concorrentes que tencionavam produzir componentes compatíveis com o sistema operativo Windows.

A Microsoft terá de pagar uma multa de 899 milhões de euros por práticas contrárias à livre concorrência. Bruxelas considera que a empresa norte-americana cobrou “preços excessivos” pela cedência de informação sobre o seus produtos.

Esta sanção vem juntar-se a uma primeira multa de 497 milhões de euros aplicada em Março de 2004, quando o Executivo comunitário decidiu, pela primeira vez, penalizar a Microsoft por abuso de posição dominante (95 por cento) do mercado de sistemas operativos, através do Windows.

Bruxelas justifica a nova sanção com o argumento de que a empresa norte-americana insistiu em desafiar as instruções que lhe foram dadas em 2004 pelo braço executivo da União Europeia. Nos últimos anos, a Microsoft desdobrou-se em garantias de que estaria a fazer todos os esforços para ir ao encontro das exigências da Comissão Europeia. Sem resultados concretos, como frisou esta quarta-feira a comissária europeia da Concorrência.

“Falar é barato, desrespeitar as regras é caro”, afirmou Neelie Kroes. “Não queremos conversa e promessas. Queremos cumprimento”.

A comissária precisou que esta última sanção visa penalizar o comportamento evidenciado pela Microsoft entre Março de 2004 e Outubro do ano passado. A multa não tem qualquer relação com duas novas investigações formais abertas em Janeiro pela Comissão Europeia.

As novas investigações têm também por base alegações de abuso de posição dominante, mas os produtos em causa são diferentes.

Bruxelas quer encerrar “capítulo negro”

“Espero que a decisão de hoje encerre um capítulo negro no registo da Microsoft de incumprimento da decisão tomada pela Comissão em Março de 2007”, declarou a comissária Neelie Kroes.

Kroes considerou o montante da sanção proporcional à amplitude das práticas da empresa norte-americana. “Podíamos ter ido aos 1,5 mil milhões de euros”, sublinhou.

A Microsoft anunciara, na semana passada, a publicação de documentação e protocolos de produtos por forma a permitir uma maior compatibilidade com as ferramentas de empresas rivais. No âmbito dos novos “princípios de interoperabilidade”, foram abertas mais de 30 mil páginas de documentação sobre o sistema operativo Windows.

Para a comissária europeia da Concorrência, o currículo da Microsoft dita uma postura de prudência.

“Um comunicado de imprensa, como aquele que a Microsoft emitiu na semana passada sobre os princípios de interoperabilidade, não equivalem necessariamente a uma mudança das práticas de negócio”, disse Neelie Kroes, acrescentando que o gigante norte-americano já prometera mudanças em pelo menos quatro ocasiões diferentes.

Fonte da notícia: RTP

Etiquetas: , , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Preço do pão vai aumentar em cerca de 50 por cento

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation on this cartoon just click on it and wait a few seconds.
Açores, Azores, viagens para os Açores, barato, cursos profissionais, trabalho fácil, ganhar dinheiro, crie sua própria empresa, ganhar fortunas, trabalho, emprego, ficar rico. Faça uma viagem para os Açores, viajar, férias da páscoa
O preço do pão vai ter que aumentar cerca de 50 por cento. O alerta é da Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares que justifica o aumento como a única forma para que as empresas de panificação não fechem as portas.

O custo crescente da matéria-prima e a diminuição das vendas são as justificações dadas pelo presidente da Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares para o aumento anunciado do preço do pão de cerca de 50 por cento.

Carlos Alberto Santos afirmou que o preço de uma carcaça de 40 gramas, que custa actualmente entre 10 a 12 cêntimos, terá de aumentar para os 15 cêntimos e este aumento, segundo o líder da Associação, servirá apenas "para cumprir as obrigações" das empresas.

Segundo Carlos Alberto Santos desde o final de 2006 e até agora o preço das matérias-primas, nomeadamente as farinhas, aumentou entre 120 a 140 por cento e lembrou ainda que "na panificação 50 por cento dos custos são matéria-prima" e que "o preço dos cereais aumenta de 15 em 15 dias" o que leva a que as empresas “sejam obrigadas a corrigir os preços dos seus produtos para não fecharem as portas".

Outra das justificações para este aumento tem a ver com a diminuição das vendas já que, segundo o presidente da Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares, houve nos últimos anos “uma quebra de 30 a 40 por cento na venda do pão o que se justifica com o aumento do custo de vida”.

Na opinião deste dirigente associativo é necessário travar, a nível internacional, a produção de biocombustíveis através dos cereais e neste processo Carlos Alberto Santos considera que o Ministério da Agricultura tem de "pôr mãos à obra" e cultivar de trigo e milho os terrenos que não estão cultivados.

Fonte da notícia: RTP

Etiquetas: , , ,

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Portugueses desperdiçam energia que daria para iluminar 714 mil lares

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar nesta imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.
dinheiro, emprego, trabalhar em casa, dinheiro fácil, trabalhar no computador, dinheiro, ficar rico


O sector residencial em Portugal desperdiça cerca de 10% da energia que consome. Este valor corresponde a 1.857 GWh, que seriam suficientes para, por exemplo, iluminar 714 mil lares portugueses.

O primeiro índice nacional que mede a eficiência energética no sector doméstico, desenvolvido pela UnionFenosa e hoje divulgado, indica que Portugal atinge um valor de 6 pontos num máximo de 10.

"Com a adopção de melhores hábitos seria evitada a emissão de 700 mil toneladas de CO2, tanto como podem absorver 7 milhões de árvores", acredita a UF. Isto seria equivalente a poupar 178 milhões de euros.

Os portugueses já têm como pontos fortes alguns hábitos como não colocar comida quente no frigorifico ou desligar o aquecimento quando não há ninguém em casa, usando ainda, de forma eficiente, as máquinas de lavar roupa e loiça.

Pelo contrário, a iluminação de baixo consumo tem ainda uma utilização reduzida, havendo também dificuldade na interpretação e controlo da factura energética.

"Os lares com maior capacidade socioeconómica apresentam melhores resultados no estudo, sobretudo devido à aquisição de equipamentos mais eficientes", revelou esta manhã o administrador com o pelouro comercial Carlos Lopez Navaza.

Os portugueses com menos de 35 anos e sem filhos são quem faz uma gestão mais eficiente da energia. Em contrapartida, as donas de casa com mais de 50 anos são as que mais desperdiçam.
Para a elaboração do índice, apoiado pela ERSE, no âmbito do PPCE – Plano de Promoção de Eficiência no Consumo de Energia Eléctrica, foram realizadas 1.800 entrevistas telefónicas, nos 18 distritos de Portugal continental, dizendo a UF que há um grau de confiança de 95%.

A ERSE, segundo Isabel Apolinário, responsável do regulador por este projecto, considera que a Fenosa tem "tido um papel exemplar na eficiência energética tanto em Portugal como em Espanha".

Fonte da notícia: Jornal de Negócios

Etiquetas: ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


A nova «Arca de Noé» com Durão Barroso

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.
trabalho, emprego, trabalhe em casa, no computador, fazer dinheiro, ganhar dinheiro,

Não tem animais, mas tem sementes de todo o planeta. Um tesouro para futuras gerações

Chama-se Banco Global de Sementes de Svalbard e fica numa pequena ilha do arquipélago norueguês, no Árctico. No interior de uma montanha nasceu uma nova «Arca de Noé», que sem animais, carrega um tesouro de sementes para futuras gerações.

São mais de 250 mil amostras, oriundas de todo o planeta Terra, guardadas num cofre gelado, a 120 metros de profundidade, que começou a ser construído em Março de 2007, avançam as agência internacionais.

A «Arca de Noé» ou «Cofre do juízo final», como também é chamado, é inaugurado esta terça-feira e deverá contar com a presença de Durão Barroso, segundo avança o Diário de Notícias.

Cary Fowler, do Global Crop Diversity Trust e mentor do projecto afirmou ao DN que «o banco universal de sementes preservará a biodiversidade das espécies e variedades agrícolas, o que permitirá restabelecer a agricultura no futuro, se houver uma catástrofe global, como uma guerra nuclear ou um desastre climático».

Acima de tudo o «cofre será um arquivo de segurança». Cary Fowler lembra que desapareceram algumas espécies nos últimos anos como, por exemplo, nas Filipinas. «Em Setembro de 2006 ficaram com o seu banco de sementes quase todo destruído quando o país foi atingido por um tufão».

Em todo o mundo existem actualmente cerca de mil bancos de sementes, mas nenhum à escala global como este, que terá uma amostra de cada variedade e de cada espécie agrícola existente no mundo.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Universidade ensina a cultivar marijuana

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.

Algo de invulgar se passa numa universidade em que um professor leva para a sala de aula cinco plantas de marijuana e nenhum aluno pisca um olho aos colegas. Mas é assim na Universidade de Oaksterdam, cujo nome é um misto de «Oakland», onde fica este estabelecimento de ensino superior norte-americano, e «Amesterdão» (Amsterdam, em inglês), capital da Holanda, onde o consumo de marijuana está legalizado.

Na Universidade de Oaksterdam os alunos são preparados para trabalhar na indústria médica à base de marijuana que tem prosperado na Califórnia. Por 135 euros de propina mais o preço de dois manuais obrigatórios, os estudantes aprendem como cultivar e cozinhar marijuana e são instruídos sobre os aspectos legais de um negócio que, aos olhos do governo federal, é ilegal.

«A minha ideia é tentar profissionalizar esta indústria levando-a a sério, tal como sucede com a da cerveja ou com as destilarias», afirmou Richard Lee, de 45 anos, que fundou a escola no último Outono e já teve 60 estudantes a completarem o curso, cuja carga lectiva é distribuída por apenas dois dias, ao fim-de-semana.

Um dos inscritos, Jeff Sanders, de 52 anos, revelou que compra marijuana para fins terapêuticos desde 2003 mas quer fazer uma pequena plantação no Vale de São Joaquim, centro da Califórnia, para não ter de viajar até São Francisco sempre que necessita de se medicar.

Também Patrick O'Shaughnessy, de 37 anos, declarou à agência Associated Press que fuma marijuana com regularidade para tratar as suas enxaquecas crónicas, a depressão e a ansiedade.

A Califórnia foi o primeiro de doze estados norte-americanos que legalizaram o uso de marijuana para fins terapêuticos contra a posição do governo federal e, apesar das rusgas aos estabelecimentos que vendem a droga, estes têm proliferado, rondando actualmente os 300 a 400.




Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , ,

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Arábia Saudita vai construír maior torre do mundo

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.
criar emprego, crie sua própria empresa, emprego em casa, trabalhe em casa, computador, ganhe muito dinheiro, faça muito dinheiro. Emprego a partir de casa, no computador. Açores, Azores, ilhas dos Açores, Portugal, transportes e viagens, empregos em casa e no pc

Vai ser construída na Arábia Saudita uma torre com 1 quilómetro e 600 metros de altura e vai custar 10 mil milhões de dólares.

Uma empresa do multimilionário saudita príncipe Al-Waleed bin Talal planeia lançar um concurso internacional para a construção da torre mais alta de mundo, noticiou este domingo a edição online do diário «Saudi Gazette».

A torre, com 1.600 metros de altura, será construída na cidade Jeddah, no oeste do reino wahabita e próxima de Meca, com um custo estimado de 10.000 milhões de dólares (aproximadamente 6.750 milhões de euros). O concurso será anunciado antes de Julho pela empresa "Kingdom Holding Co.", adiantou a mesma fonte.

Curiosamente, esta informação surge um mês depois de os Emiratos Árabes Unidos (EAU) terem revelado que a «Burj (torre) Dubai» é presentemente o edifício mais alto do mundo, com 598 metros de altura.

Esta torre ainda está a ser erigida pela empresa «Emaar», no quadro de um gigantesco projecto com um custo global calculado em 20.000 milhões de dólares (aproximadamente 13.500 milhões de euros).

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Raúl Castro é o novo presidente de Cuba

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.
ganhar dinheiro, fazer dinheiro, trabalhar em casa, emprego em casa, computador, Açores, Azores, ilhas portuguesas, viagens
Raúl Castro foi eleito pelo Parlamento cubano como sucessor de El Comandante. No seu primeiro discurso, como presidente cubano, prometeu «consultá-lo» nas «decisões mais importantes» e disse que «Fidel é insubstituível»

O Parlamento cubano escolheu este domingo o sucessor de Fidel Castro, de 81 anos, que governou Cuba durante quase meio século. O general Raúl Castro, de 76 anos, foi nomeado presidente de Cuba, sucedendo no cargo ao seu irmão Fidel, noticiam as agências internacionais, citadas pela Lusa.

Raul Castro foi eleito pela nova Assembleia para um mandato de cinco anos, anunciou o presidente do parlamento, Ricardo Alarcon. O presidente do parlamento leu em directo, através da televisão, a lista dos 31 membros do Conselho de Estado, anunciando também que a vice-presidência será ocupada por José Ramon Machado, outra figura história da «velha guarda».


No seu primeiro discurso, como novo presidente de Cuba, Raúl castro anunciou que «assumia a responsabilidade» da sucessão confiada pelo irmão Fidel, mas que continuaria a «consultá-lo» nas «decisões mais importantes».

«Assumo a responsabilidade que me foi confiada com a convicção de que (...) o Comandante em Chefe da Revolução Cubana é único, Fidel é Fidel, como bem o sabemos, Fidel é insubstituível», afirmou.

«Só o Partido Comubnista pode ser o digno herdeiro da confiança que o seu líder nele depositou», acrescentou Raul Castro.

Raúl avança com reformas

Raúl Castro encabeçava a única lista ao Conselho de Estado, principal autoridade do país, apresentada perante a Assembleia Nacional, com 614 deputados.

Esta será a primeira transição na liderança cubana desde Janeiro de 1959, quando os irmãos Castro derrubaram o ditador Fulgencio Batista.

Fidel, de 81 anos de idade, afasta-se da presidência devido a problemas de saúde, depois de 49 anos e 55 dias no poder.

Paralelamente, foi reeleito, por um período de cinco anos, o presidente da Assembleia Nacional, Ricardo Alarcón.

Cinco dias depois

A sessão histórica ocorre cinco dias depois da renúncia de Fidel e a expectativa já era a de que o seu irmão, Raúl, fosse nomeado para o cargo, ocupado por ele interinamente desde Julho de 2006, quando o líder cubano foi submetido a uma cirurgia intestinal.

Reformas

Antes de ser «escolhido», Raúl Castro prometeu que vai implementar grandes reformas económicas e estruturais.

Enquanto presidente interino, Raúl esforçou-se para realizar uma transição política suave, mantendo o Exército leal ao regime e fortalecendo o poder do Partido Comunista com a introdução de reformas e a demissão de autoridades corruptas.

Mas o irmão de Fidel tem ainda a vantagem do apoio económico do presidente venezuelano, Hugo Chávez, através de milhões de barris de petróleo a baixo preço.




Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: ,

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Contos de fadas: a desgraça do nosso tempo

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click this cartoon and wait a few seconds.
Nota Pessoal
Encontrei este artigo no jornal de Angra "A União" da autoria de João César das Neves. Embora se trate de um artigo que tenha sido publicado em 2007, a verdade é que o seu conteúdo, verdadeiramente esclarecedor e informativo, narra-nos uma verdade nua e crua dos nossos tempos modernos em que eu, aliás, me inspirei a fazer este cartoon e, porque gostei muito de o ler, tomo a liberdade de o publicar aqui também neste blog.


Este tempo sofre muitas desgraças, na guerra, ambiente, saúde, etc. Mas a maior de todas é acreditar nos contos de fadas. Essas lendas infantis são muito antigas e sucessivas gerações as narraram, mas todas sempre souberam que se tratava de fantasia. Este é a primeira época que realmente acredita nelas, criando terríveis efeitos sociais.

Os contos de fadas têm muitas personagens fictícias, mas as mais incríveis são... o príncipe e a princesa. São incríveis, porque aquilo que fazem no conto é sempre casar e viver felizes para sempre. Ora toda a gente que está casada sabe que não se consegue viver feliz para sempre. Esse desejo é, aliás, o maior obstáculo à construção da verdadeira felicidade. Os casais bem sucedidos, aqueles que se amam para sempre, não são sempre felizes. Vivem no meio de alegria e comunhão, mas também de ocasionais dúvidas e zangas, bastantes sofrimentos e desilusões. Amam-se sempre, mas muitas vezes com alguma infelicidade. Neste mundo nenhum ser humano consegue ser feliz para sempre, sobretudo a dois.

Dizer isto hoje é a suprema heresia, pois, com fé inabalável na televisão, este tempo acredita piamente nesse aspecto central dos contos de fadas. Os jovens hoje, livres de fazer o que quiserem, sentem direito a felicidade principesca. Passado o fogo inicial, perante o menor problema, obstáculo, desentendimento, concluem que se enganaram. Se não conseguem ser sempre felizes, então este não é o prometido parceiro encantado. Desfazem a união partindo esperançados para outra.

Os tempos antigos sabiam tudo sobre namoro, amor, paixão. Mas também sabiam que casamento era mais que contos de fadas. Casamento era família, futuro, estatuto, estabilidade. Construir um amor a dois, estabelecer uma casa, assegurar uma herança, perpetuar e educar uma prole dá muito trabalho. São coisas demasiado importantes para serem deixadas a fantasias. Havia muitos casais felizes, mas muitos mais casais sólidos. Nesses tempos um casamento não era um contrato que as partes podiam denunciar. Era um casamento.

A solução antiga estava longe de ser perfeita, gerando infidelidades, frustrações, recriminações. Mas evitava o descalabro actual. Porque a nossa crença nos contos de fadas criou um caos social de primeira grandeza. E, pateticamente, não reduziu as infidelidades, frustrações e recriminações. Só as tornou banais. Procuramos escondê-lo para podermos manter a fé nos sonhos, mas essa fé trouxe a desarticulação da família, com consequências sociais devastadoras.

A família é a célula-base da sociedade. Antigamente nunca se dizia isto, porque se vivia isto. Os princípios só são enunciados ao deixarem de ser respeitados. Quando a finalidade central deixou de ser a família para ser o conto de fadas, surgiu a desgraça do século. Chamamos "novos tipos de famílias" aos estilhaços resultantes dessa desgraça. O casamento passou a ser uma relação mais fluída que o vínculo laboral. Os casais habituaram-se a desligar a sua vida real do momentâneo sonho idílico. As crianças passaram a viver órfãs com pais vivos ou, pior, com demasiados pais.

O mais terrível é que a fé nos contos de fadas, além de minar os fundamentos da sociedade ocidental, não trouxe mais felicidade. Trouxe vidas decepadas, estraçalhadas, remendadas. Adultos desenganados, cínicos, apáticos, ou viciados, tacanhos, corruptos. Idosos desamparados, solitários, tristes. Nem a evidência da explosão da depressão, droga, crime e suicídio, apesar da prosperidade, nos fazem perceber que há algo de muito errado na nossa opção.

Há mais liberdade, mas não se vêem hoje mais pessoas felizes, mesmo que seja só por algum tempo. Há mais embriaguez, sofisticação, reinvindicações, mas não mais felicidade. Antes, sem poder escolher, muitos aprendiam a ser felizes com o que tinham. Hoje, sonhando com o impossível, tantos sacrificam a felicidade realizável por sonhos enganadores. Não espanta que o tempo que acredita nos contos de fadas tenha sido aquele que criou um novo tipo de novela: o filme de terror.





Fonte da notícia: A União

Etiquetas: ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Não haverá mudanças em Cuba, garante Fidel

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.

Trabalhar no computador, trabalhar em casa, ganhar dinheiro, milionário, montar empresa, Açores, PC, Computador, emprego, dinheiro
Fidel Castro assegurou esta quinta-feira, no primeiro artigo publicado após ter anunciado que renunciava à presidência, que a sua saída do cargo não será uma «mudança de regime», como espera o presidente dos Estados Unidos.

No primeiro artigo publicado nas «Reflexões do companheiro Fidel», rubrica que tinha o nome de «Reflexões do Comandante-Chefe», Castro abordou a reacção do seu «adversário» norte-americano: na terça-feira, Bush disse esperar que esta decisão de Fidel Castro significasse o início de uma «transição democrática» e do «caminho para a liberdade» em Cuba. Para o líder cubano, o que Bush queria realmente dizer era esperar que o país estivesse no «caminho da anexação».

Recorde-se que na terça-feira, uma mensagem publicada por Fidel jornal oficial do Partido Comunista Cubano, o Granma, dava conta que Castro não aceitará o cargo do Presidente do Conselho de Estado, para o que foi eleito desde 1976.

Reagindo às declarações de Bush e de todos os candidatos às presidenciais norte-americanas, Fidel reiterou que os cubanos não regressarão «jamais ao passado», antes do triunfo da Revolução que destronou Fulgêncio Batista, em 1959.

O líder cubano escreveu ainda que contava publicar um reflexão só na próxima semana, mas não podia «guardar silêncio durante tanto tempo» depois de ter ouvido as declarações de George W. Bush e dos candidatos norte-americanos: «É preciso disparar ideologicamente contra eles, de forma rápida», sublinha. No próximo domingo, a nova Assembleia Nacional eleita no final de Janeiro deve escolher o novo Conselho de Estado e o Presidente do país: tudo indica que será o irmão de Fidel, Raul, que já governa o país nos últimos 19 meses, desde que a doença afastou Castro da governação.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , , , ,

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Cerca de 43 mil licenciados trabalham em áreas de baixa ou sem qualificação

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.


Pelo menos 43 mil licenciados desempenhavam em 2007 trabalhos de baixa qualificação ou não qualificados, como limpezas ou construção civil, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). Sem emprego nas suas áreas, dizem-se "dispostos a tudo" para sobreviver.
De acordo com números estimados pelo INE com base no inquérito ao emprego, no ano passado 7200 pessoas com formação académica superior estavam empregadas em trabalhos não qualificados. Vendedores por telefone ou em trabalhos ao domicílio, pessoal de limpeza, lavadeiras e engomadores de roupa, empregadas domésticas ou estafetas são alguns dos exemplos constantes da lista de trabalhos não qualificados, segundo a classificação nacional de profissões.
A estes, somam-se mais de 35.800 licenciados em trabalhos de baixa qualificação, que o INE integra em categorias como "operadores de máquinas e trabalhadores de montagem", "operários, artífices e trabalhadores similares" ou "pessoal dos serviços e vendedores". Seguranças, metalúrgicos, mecânicos, motoristas ou empregados de loja são algumas das profissões.
No total são pelo menos 43 mil os diplomados nestas situações, mais cinco mil do que em 2006. No entanto, o verdadeiro número de pessoas com excesso de formação para o trabalho que desempenham pode ser muito superior, uma vez que aquele conjunto não abrange os 46 mil licenciados que integram o "pessoal administrativo e similares", uma categoria que inclui empregados de recepção, telefonistas ou cobradores de portagem, por exemplo, além de funções mais qualificadas como escriturários ou gestores de conta bancária.
"Estão a aumentar os casos de não correspondência entre as habilitações e o tipo de trabalho, por um lado devido ao aumento do desemprego e, por outro, devido à falta de articulação entre as universidades e o mercado de trabalho. A formação nem sempre corresponde às necessidades do mercado", disse à Lusa Marinus Pires de Lima, investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e especialista em Sociologia do Trabalho.
Apesar do número de diplomados por ano ter quase duplicado entre 1997/98 e 2005/06, quando atingiu os 71.828, Portugal continua a ser o segundo país da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) com a menor percentagem de pessoas com formação académica superior, apenas à frente de Itália.
De acordo com a OCDE, só 13 por cento dos portugueses entre os 25 e os 64 anos têm um diploma do ensino universitário ou politécnico, o que corresponde a metade da média dos países-membros da organização (26 por cento).

Fonte da notícia: PUBLICO.PT

Etiquetas: , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Animais selvagens na origem de doenças passadas ao Homem

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click this cartoon and wait a few seconds.

As doenças infecciosas que se têm manifestado nas últimas seis décadas entre os seres humanos têm tido, na sua maioria, origem em animais, sobretudo os selvagens. Cientistas norte-americanos e britânicos estudaram esses surtos, a sua localização original e expansão através das regiões do mundo. E traçaram um mapa da ocupação destas ameaças, a que não estão imunes os países desenvolvidos.
As zoonoses (doenças com origem em animais) têm sido as doenças infecciosas emergentes com maior impacto entre as 335 analisadas por um grupo de cientistas e que terão surgido entre 1940 e 2004. Entre elas contam-se o HIV- sida e a SARS (síndroma respiratória aguda), bem como a febre de Ébola. Elas são o exemplo da origem maioritária das doenças emergentes infecciosas os animais selvagens, sobretudo mamíferos.
Os investigadores do Earth Intitute da Universidade de Columbia e da Zoological Society de Londres chamam a atenção para o que observaram o mapa que sinaliza as doenças infecciosas ganha tonalidades mais carregadas em zonas da África sub-sariana, da Índia e da China, numa cintura muito próxima das zonas equatoriais. É aí que ainda restam algumas bolsas naturais, com grande biodiversidade. No entanto, cada vez mais essas zonas estão rodeadas por populações. Os contactos crescentes favorecerão contágios por via acidental, resultantes da caça. A criação de gado nestas condições é outro factor a favorecer o espalhar destas doenças transmissíveis dos animais para o homem.
Os países europeus e das Américas do Norte e do Sul não estão imunes ao espalhar destas doenças. A sida é exemplo disso. Tal como a tuberculose. Mas a condição das nações desenvolvidas também lhes acarreta "desvantagens". Agentes patogénicos que antes podiam ser controlados estão a criar variantes resistentes aos medicamentos. A tuberculose é um desses exemplos.
Ao longo de décadas muitas doenças foram combatidas com antibióticos, mas estes estão a mostrar-se ineficazes face a esses velhos inimigos. Por outro lado, emergem problemas com variantes muito mortíferas da bactéria e. coli. Esta, tal como aconteceu recentemente nos EUA, pode disseminar-se, com grande rapidez e alcance, a partir de unidades de tratamento e embalagens de produtos alimentares, como vegetais crus.
Na interpretação dos autores do estudo, publicado na "Nature", os meios de combate à expansão das doenças contagiosas estão incorrectamente localizados, pouco contemplando os países em desenvolvimento.


Fonte da notícia: Jornal de Notícias

Etiquetas: , , ,

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Maria de Medeiros foi nomeada Artista da UNESCO para a Paz

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.

Maria de Medeiros foi ontem nomeada Artista da UNESCO para a Paz, tornando-se na primeira portuguesa a assumir este papel. A escolha "foi uma surpresa total" para a actriz, quando lhe foi comunicada, há já alguns meses. Mas recebeu-a "com muita honra e orgulho", e, apesar de ter chegado a questionar-se se estaria "à altura da responsabilidade", Maria de Medeiros diz-se "empenhada em contribuir para a paz" através do seu trabalho artístico.
A nomeação de Maria de Medeiros, diz um comunicado do ministério português dos Negócios Estrangeiros citado pela Lusa, quer tirar partido da "visibilidade, carisma, qualidade artística, polivalência, sensibilidade e empenho nas grandes causas do mundo contemporâneo" demonstrados pela realizador de Os Capitães de Abril. E o director-geral da UNESCO, Koichiro Matsuura, também segundo a Lusa, disse-se "seguro de que Maria de Medeiros valorizará e dignificará os altos valores" da organização, na "promoção da criatividade, das artes vivas, das indústrias culturais e da educação artística".
O próprio Koichiro Matsuura vai empossar a actriz como embaixadora artística da Paz numa cerimónia que vai realizar-se em Paris, no próximo dia 17 de Março. Nessa cerimónia, Maria de Medeiros fará um concerto com o seu trio, que terá como base o disco que lançou em 2006, A Little More Blue, em qua canta temas de Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil.
Ainda que esteja determinada em cumprir o melhor possível o seu novo cargo, Maria de Medeiros espera que ele "não venha interferir muito" com a sua carreira, que ultimamente tem vindo a dividir entre a música e o cinema. Neste domínio, está a ultimar uma segunda estação da série de televisão do canal Arte, intitulada Venus e Apolo. E acabou também recentemente em Paris, onde reside, a rodagem de um filme com Catherine Deneuve e outros intérpretes de primeiro plano, Mes Stars et Moi.
Os próximos projectos da actriz serão trabalhar com o realizador brasileiro Luís Vilaça, no filme O Contador de Histórias, e também numa produção australiana, de que não quer ainda avançar pormenores. E cinema português? "Não tenho recebido propostas. Também sei que as coisas estão um pouco difíceis por aí", responde.


Fonte da notícia: PUBLICO.PT

Etiquetas: , , ,

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Vitorino Nemésio: o pai da açorianidade


Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a few seconds.

Faz hoje anos que morreu Vitorino Nemésio

Escritor faleceu a 20 de Fevereiro de 1978


O homem que dizia que “o silêncio é Pedra de Deus” deixou para a posteridade escritos inigualáveis que ultrapassaram fronteiras. Já passaram três décadas (20 de Fevereiro de 1978) após a morte de Vitorino Nemésio. Nascido em 1901, na Ilha Terceira, Vitorino Nemésio divulgou como ninguém a açorianidade. Era um terceirense assumido, com a música e a festa à flor da pele.

Mar, mar absoluto, sem clima de excessos de frio ou então de calor. Paisagens com um fascínio extra, e por enquanto, tranquilidade e repouso. Esta visão, podemos considerá-la lírica e poética, não exclui os pecados capitais do nosso tempo. Segundo afirma António Valdemar, “a distância, a fatalidade geográfica, a vida quotidiana de quem permanece no meio do Atlântico, já não têm a dimensão social e cultural que se fez sentir durante séculos”. Ali, naquele arquipélago, não existe ilha, e dentro daqueles terrenos banhados pelo azul marinho, não há cidade, vila ou freguesia que não tenham atractivos próprios. O “nosso vizinho” é o mar, uma espécie de longa auto-estrada. Todo o açoriano ama o mar. Ele e o seu ondular são uma espécie de confidente.

A Terceira em terceiro

A Ilha Terceira, descoberta depois de S. Miguel e Santa Maria, (nomes de índole cristã) e inicialmente chamada Ilha de Jesus Cristo, tomou o nome actual por ter sido a terceira a ser descoberta. Por volta de 1450 um flamengo, Jácome de Bruges, começou a povoar este pedaço de terra plantado no meio do Oceano Atlântico e sabe-se também que, devido à sua situação privilegiada, a Terceira era, então, ponto de escala das rotas portuguesas do referido oceano. Vasco da Gama, na sua viagem de regresso da Índia, mandou sepultar o seu irmão, Paulo da Gama, no Convento de S. Francisco.

No século seguinte, mais concretamente em 1534, a Angra foi a primeira localidade dos Açores a ser elevada a cidade, sendo mesmo escolhida pelo Papa Paulo III, para sede do Bispado. No final do XVI, durante o domínio dos Filipes em Portugal, a outrora chamada Ilha de Jesus Cristo foi um grande centro de resistência, apoiando a causa do Prior do Crato. Foi mesmo a última terra portuguesa a render-se à soberania espanhola.

Com a descoberta do Continente Americano, o seu papel estratégico intensificou-se. Das Índias vinham as especiarias e da América Latina vinham o Ouro e a Prata. A ilha era um autêntico porto de ajuda aos navegadores. No século XIX, na altura das lutas liberais, a Terceira teve um papel preponderante. Em 1829, uma tentativa de desembarque dos Absolutistas, na então Vila da Praia, foi frustada, razão porque esta recebeu o nome de Praia da Vitória.

Como afirma Francisco da Costa (in: A Alma dos Açores) “na Terceira, toda ela é frescura e recolhimento: delira de entusiasmo no inédito das touradas à corda, desprende-se a cantar os «olhos negros», recorda os tempos de outrora no aparato dos arruamentos, fica-se pensativa no topo do Monte Brasil, entra e sai na Sé envolta no seu manto e toda se enche de legendas históricas, de épocas que já passaram”. Sobre a casa Terceirense, Vitorino Nemésio diz no seu livro “Corsário das Ilhas”: “É difícil achar na Península Ibérica e mesmo em França, um tipo de habitat rural tão nobremente urbano, como o de certos pontos das Ilhas dos Açores e em especial da sub-região da Ilha Terceira chamada o Ramo Grande, em cuja planície cerealífera hoje irradiam as pistas colossais do aeródromo das Lajes”

O Vulcanismo determinou a constituição geológica e definiu, em certa medida, o temperamento e o carácter dos açorianos. Francisco Arruda Furtado, Luís Ribeiro e um grande escritor daquele arquipélago, Vitorino Nemésio, ao pronunciarem-se acerca do comportamento e da religiosidade dos açorianos, concluem que se fundamentam, essencialmente, na superstição e no medo, perante a iminência contínua dos sismos, das intempéries e de outras calamidades frequentes. Impera o temor que se traduz no uso da palavra “castigo” para explicar as contrariedades existentes na vida. “O conceito de divindade vingativa predomina sobre o de Deus misericordioso, caridade e amor” – afirmou Luís Ribeiro. “Mas antigamente era pior. Hoje, derivado à sensibilização da Igreja, os açorianos já olham mais para o lado misericordioso de Deus” – refere Herberto Dart. “Aprendemos” a viver com as calamidades e não “atribuir as culpas ao Pai Celeste”.

Praticar a caridade em nome do Divino

Leite de Vasconcelos, a propósito do sentimento religioso no arquipélago dos Açores, considerou as celebrações do Espírito Santo “uma festa nacional de todos os corações, de todas as classes e de todas as idades” (Mês de Sonho). E Vitorino Nemésio afirmou, no livro “Mau Tempo no Canal”, sobre as Festas do Espírito Santo, que a “Alma do ilhéu é cândida e tenaz; quer um Deus Vivo e alegre; chama-o à intimidade do seu pão e das suas ervas húmidas”. Nesta altura abatem-se as rezes para distribuição de carne. Depois, haverá “cozido e alcatra para amigos e compadres, nas panelas de arroba mexidas pela mestra da função”. É o povo quem promove e faz a festa, reunindo-se em Irmandades e cumprindo promessas. O objectivo da festa é praticar a caridade em nome do Divino.

Esta festa ultrapassa as águas do Atlântico. O “Culto do Espírito Santo” celebra-se onde existe uma comunidade de açorianos: tanto nas ilhas como nos locais de emigração. Como que numa revoada de Primavera e logo após a grande festa dos Cristãos, Páscoa, as diversas comunidades, agrupadas em Irmandades, começam a organizar os festejos que se prolongam pelos sete domingos seguintes até ao da Trindade. No fundo podemos dizer que é a festa da partilha. Esta partilha de riquezas e este relembrar de que em Deus todos são iguais tem também outra forma: a promessa, donde resulta um imperador e a função. Por qualquer razão que só a ele diz respeito, mas que não se eximirá de contar aos presentes, o imperador é a pessoa da freguesia que, em dificuldades, pediu auxílio à Terceira Pessoa da Santíssima Trindade.

Esta promessa tem uma característica diferente. Ao invés de ser de sacrifício é de alegria. Suponhamos que foi a solidão a razão da promessa, o “pagamento” será de alegria em grupo. Se por acaso foi um pedido derivado de uma dificuldade de qualquer ordem, a “paga” será uma festa de abundância que, com a sua simetria de sinal contrário, apague da memória dos homens os tormentos passados.

Festejos como estes e Irmandades como estas existiram na Europa Medieval. Se até meados do Século XIX ainda há recordações de festas em diversos pontos do País, o certo é que estas se esfumaram a ponto de hoje se pensar que são caracteristicamente açorianas. Não diria pura mentira. Os Açores souberam foi guardar o que os outros deixaram fugir.

Sílabas musicadas

Se fosse vivo, completaria este ano, a 19 de Dezembro, 107 anos. Seria mais de um século a divulgar a açorianidade. Esse homem, que o Pe. António Rego disse que “sempre me soube a açoreano do Grupo Central” chama-se Vitorino Nemésio. Este homem, nascido na localidade de Praia da Vitória, com as sílabas musicadas da Ilha Terceira “não se enrolava em dramas de romeiros ou promessas rastejantes de poetas de S. Miguel”. As neblinas de Antero de Quental passavam por “Mestre Nemésio” de forma mais leve e dramática. Ele tinha um sentido humorado e próximo de Deus “muito mais rico, filial e humano que os complexos poetas do grupo Oriental” – salienta o Pe. António Rego.

Nemésio não se confessava religioso “em qualquer esquina”, mas tinha uma apetência espiritual de Deus “que exprimia com a linguagem do povo, não da elite nem dos contorcionistas pescadores do sobrenatural”. Perguntava por Deus com o coração e não com a Filosofia do pensamento. Luís Machado de Abreu, professor na Universidade de Aveiro, afirma que o homem que ficou célebre pelo “Se Bem me Lembro...” era “a humanidade militante”. Na polifacetada personalidade de Vitorino Nemésio “toca-me o teatro de humanidade em que ele foi representando diferentes papéis, desse modo dando vida a personagens que, ao alargarem o leque do universo social, aprofundam a fascinante riqueza e complexidade que moram na condição humana”. Há nessa encenação a vontade de partir de um “lugar apertado, ponto fixo onde a alma se asfixia”, e de assim tentar redimir pela viagem “todas as estreitezas da Insularidade”.

D. Manuel de Almeida Trindade, Bispo emérito de Aveiro e na altura reitor do Seminário de Coimbra, relembra um episódio com Vitorino Nemésio: “Na Quarta-Feira Santa de 1995 apareceu-me logo pela manhã e estivemos a conversar durante três horas”. Este diálogo de Nemésio com o reitor do Seminário pareceu uma eternidade, tal a profundidade da conversa. Sabe-se que a conversa entre os dois foi motivo de uma carta de Nemésio a Jacinto Prado Coelho, onde o açoriano descreve uma “Páscoa em Coimbra”. No documento afirma que “este ano pude arrumar a casa da alma”.

Nesta viagem existe igualmente o peso “do destino que nos dá as raízes que somos e donde, em definitivo, nenhuma evasão absoluta nos arrancará”. Foi Vitorino Nemésio quem cunhou, com todo o seu saber, o neologismo “açorianidade”, para explicar o modo de ser dos habitantes daquelas ilhas, a sua maneira de estar no mundo e de encarar a vida. Afirma ele: “a Açorianidade é o nosso modo de afirmação no mundo, a alma que sentimos, na forma de corpo que levamos... A vida açoriana não data espiritualmente da colonização das ilhas: antes se projecta num passado telúrico que os geólogos reduzirão a tempo, se quiserem... A Geografia, para nós, vale outro tanto como a história, e não é debalde que as nossas recordações escritas inserem uns cinquenta por cento de relatos de sismos e enchentes”. Uma coisa não podemos negar, a sua extensa obra literária está cheia de reminiscências pessoais de ilhéu e de recordações da sua infância. D. António Braga, Bispo dos Açores, recorda “que a açorianidade era o seu evangelho”. Para Nemésio o pão do seu espírito, o sal da sua poesia, o suor da sua escrita derivavam da Praia da Vitória, de Angra do Heroísmo, da memória e reencontro com a ilha Terceira. Tudo o mais vinha por acréscimo. Ele estabeleceu, de forma inequívoca, a relação directa do homem com a sua circunstância física e psicológica. Até hoje, melhor que ninguém, o escritor caracterizou o peso telúrico e a carga ancestral do açoriano: “O mar é livre de se mover, não de mudar de sítio. O ilhéu morre de mobilidade numa situação perpétua”.

A propósito do V Centenário do povoamento dos Açores, Vitorino Nemésio recorda, traduzindo o basco Baroja, “o ter nascido junto do mar agrada-me, parece-me como um augúrio de liberdade e câmbio”. Em todas as viagens que fazia, Nemésio transportava consigo uma ilha aos ombros, arrancada da vastidão do Atlântico, como um tesouro.

No regresso às raízes, Nemésio busca o “paraíso perdido”. É o regresso do “filho pródigo”. Ele está consciente de que não pode voltar ao que foi: “Ave que fui na Ilha, Não voltarei ao ninho: Perdi a asa e a anilha Pelo Caminho (In Anjo da Guarda). Mas não desiste da busca: “Minha vida é estrada”. E seja a hora de morrer regresso Só à infância sonhada. Menino é em Deus o homem: ofereço o ardor da vida ao fim da caminhada” (In Canto de Véspera).

Perante a estrada da vida, Vitorino Nemésio deixou-nos testemunhos concretos dos odores açorianos: o romance “Mau Tempo no Canal” (1944) e os livros de poemas “O Bicho Harmonioso” (1938); “Eu Comovido a Oeste” (1940); “Festa Redonda” (1950) e “Sapateia Açoriana” (1976).

A Ilha não esqueceu o seu filho. Junto à Casa das Tias, foi inaugurado no dia 17 de Dezembro de 1994, um busto de Vitorino Nemésio. Da autoria do escultor Álvaro Raposo França, destina-se a assinalar a passagem do 50º aniversário da publicação do Romance “Mau Tempo no Canal”. Este ano, centenário do seu nascimento, Nemésio será novamente recordado. O presidente da autarquia da Praia da Vitória afirma que “estas comemorações servem, sobretudo, para prestar a homenagem merecida e condigna a um homem que se notabilizou pelos seus escritos e cantou bem alto os Açores, a Terceira e a Praia da Vitória”.

O homem que dizia que “o silêncio é Pedra de Deus” deixou para a posteridade escritos inigualáveis que ultrapassaram fronteiras. É de realçar, que “Mau Tempo no Canal”, uma das suas obras primas, já existe em língua inglesa. Esta tradução, feita por Francisco Fagundes, docente da Universidade de Massachusetts-Amherst, representa um contributo fundamental para a comemoração do centenário do Nascimento de Nemésio. A divulgação em inglês de “Mau tempo no Canal” projecta, numa das principais línguas de comunicação mundial, uma obra de culto da literatura portuguesa.

Nas suas obras comunicou-nos a força telúrica, o fluido que dimana das nuvens, o impulso dos ventos, o cheiro dos campos, o mar largo e bravio que, de todos os lados, acentua o rosto da ilha. Apesar desta açorianidade estar-lhe nas veias, Coimbra acabou por ser a sua terra adoptiva, ao ponto de ter escolhido a Lusa Atenas para sua morada eterna.

Fonte da notícia: Agência Ecclesia

Etiquetas: , , , , ,

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Cientistas querem descobrir por que acreditamos em Deus

Para ver a animação neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. To view the animation please click on this cartoon and wait a couple of seconds.

Um grupo de cientistas da Universidade de Oxford, Reino Unido, vai gastar dois milhões e meio de euros para descobrir por que é que as pessoas acreditam em Deus.

Os investigadores do Centro Ian Ramsey para a Ciência e Religião e do Centro de Antropologia e da Mente, em Oxford (Reino Unido), vão desenvolver uma «abordagem científica ao porquê de se acreditar em Deus e a outros assuntos em torno da natureza e da origem da crença religiosa», explicaram na edição de hoje do jornal The Times.

Os cientistas não tentarão responder sobre se Deus existe ou não: eles vão investigar se a crença em Deus foi uma vantagem que contribuiu para a sobrevivência e evolução da espécie humana, ou, ao contrário, se a fé é, tal como outras características do Homem, um produto dessa evolução.
«Estamos interessados em explorar exactamente de que forma a crença em Deus é um fenómeno natural [na espécie humana]. Achamos que há mais de natural do que muitas pessoas supõem», adiantou o psicólogo Justin Barret.
O cientista compara os crentes a crianças de três anos de idade, que «assumem que os adultos sabem praticamente tudo o que há para saber».

Justin Barret, que é cristão, explicou que a tendência das crianças para acreditar na omnisciência dos outros, que é necessária para permitir que os seres humanos socializem e cooperem, é atenuada pela experiência ao longo do crescimento, mas continua no que diz respeito à crença em Deus.

«Geralmente ela continua na vida adulta», afirmou o investigador britânico, rematando: acreditar «é fácil, é intuitivo, é natural».

O estudo vai também tentar demonstrar se a crença na vida depois da morte é algo que tem de ser ensinado ou se é uma característica inata ao Homem, produto da selecção natural, tal como procurará investigar outras questões, por exemplo se os conflitos religiosos são inerentes à natureza humana.

Os cientistas vão relacionar a religião com a biologia evolutiva, recorrendo ainda a outras disciplinas científicas ligadas à mente, da neurociência à linguística.

O estudo conseguiu o financiamento de 2,5 milhões de euros da Fundação John Templeton, que apoia pesquisa em religião, ciência e espiritualidade, e terá a duração de três anos.



Fonte da notícia: Diário Digital Lusa

Etiquetas: , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Fidel Castro sai da cena


Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. In order to see the animation please click on this cartoon and wait a couple of seconds.
fazer negócio no computador, ganhar dinheiro, trabalhar em casa, criar empresa, dinheiro
Líder histórico cubano não regressa à presidência do Conselho de Estado. Depois de 19 meses afastado, a doença levou a melhor, e será Raúl, o irmão, a tomar conta dos destinos do país.

Fidel Castro renunciou esta terça-feira à presidência de Cuba, numa carta publicada no jornal online Granma.

«Comunico-vos que não aspirarei nem aceitarei, repito, não aspirarei nem aceitarei o cargo de Presidente do Conselho de Estado nem de Comandante em Chefe», afirmou Fidel Castro, que desde o dia 31 de Julho de 2006 que cedeu o poder provisório ao ser irmão Raúl Castro.

O líder histórico cubano está afastado do poder há 19 meses por motivos de doença, tendo sido operado aos intestinos em 2006.

Fidel Castro, de 81 anos, está na liderança de Cuba há 49 anos, desde que encabeçou a revolução em 1959 e conseguiu, apesar de quase isolado internacionalmente, fazer o regime sobreviver mais de meio século num ambiente adverso.

Figura incontornável da segunda metade do século XX, Fidel Castro abordou o século XXI sem interromper as suas diatribes contra «a sociedade de consumo» ou o «imperialismo norte-americano», apresentando-se como defensor do «terceiro mundo» contra o «Norte» e dando a impressão de que, para ele, a guerra fria nunca terminou.

No passado dia 20 de Janeiro, o presidente interino e irmão do líder histórico cubano, Raúl Castro, obteve mais votos que Fidel nas eleições gerais, apesar de o «comandante» também ter sido eleito. No próximo dia 24, será designado o Conselho de Estado e o seu presidente, cargo exercido por Fidel desde 1976.

O líder histórico cubano está afastado do poder há mais de um ano devido a doença prolongada, situação que o obrigou a delegar funções no irmão Raúl em 2006. Foi submetido a uma operação cirúrgica, nesse mesmo ano, mas nunca deixou de aparecer, nem de garantir que velava por todas as decisões importantes. Para Fidel, «os verdadeiros revolucionários nunca se reformam», nem quando a doença leva a melhor: agora promete ser um «soldado das ideias», depois de anos à frente dos destinos do país.

Sobreviveu a 9 presidentes norte-americanos, e ao fim de 50 anos de exercício absoluto do poder, sete em cada dez cubanos nunca conheceram outro chefe de Estado.

Ditador inflexível ou humanista revolucionário

Ditador inflexível para os seus opositores, humanista revolucionário para os admiradores, é primeiro que tudo Fidel para os cubanos, quer os que o apoiam, quer os que o combatem, numa quase clandestinidade na ilha ou abertamente no exílio.

Atípico, com a sua barba de antigo guerrilheiro, o seu uniforme, a sua boina e os célebres charutos (até 1985), este filho de um emigrante espanhol que se tornou grande proprietário agrícola foi educado nos melhores colégios de maristas e jesuítas do país.

Só na Universidade aderiu à rebelião, e depois à guerra total, até à sua tomada do poder em 1959, de armas na mão, contra a ditadura de Fulgencio Batista.

Guerreiro inveterado, os seus «mais belos anos» foram, diz ele, os 25 meses de guerrilha na Sierra Maestra (1957-1959), forjando a sua personagem de chefe militar, levado ao pico da lenda anti-imperialista com a sua retumbante vitória na Baía dos Porcos, em 1961.

Apaixonadamente anti-norte-americano, nunca cessou de desafiar «o império» e, de facto, nenhuma das 13 administrações que se sucederam na Casa Branca conseguiu obter dele concessões de monta em 47 anos.

Simultaneamente calculista e exaltado, capaz de cóleras homéricas, permitiu que centenas de milhares dos seus compatriotas tomassem o caminho do exílio, na sua maioria para as costas dos Estados Unidos.

Os opositores não passam, aos seus olhos, de «mercenários» de Washington, passíveis de pesadas penas na prisão.

Ideologicamente arreigado - «Nunca me senti mais próximo de Marx e Engels», disse o ano passado -, Fidel Castro devota ao dinheiro um desprezo feroz e sempre lhe preferiu um igualitarismo duvidoso. Praticamente só com Deus, o antigo aluno dos jesuítas procurou um compromisso: entre o marxismo e o cristianismo.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , ,

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Kosovo declara independência da Sérvia


Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. In order to view the animation please click the cartoon above and wait a couple of seconds.


Kosovo declara, unilateralmente, a sua independência da Sérvia. Milhares de pessoas saíram à rua para comemorar, mas ainda há muitas dúvidas sobre o processo de transição. Sérvia assegura que nunca irá reconhecer o Estado e Rússia apela à ONU.

Nasce um novo Estado na Europa, com a declaração unilateral de independência por parte do Kosovo. Milhares de pessoas saíram às ruas da capital Pristina para celebrar o anúncio neste domingo.

O Parlamento do Kosovo aprovou por unanimidade e aclamação a declaração unilateral de independência desta província sérvia de população maioritariamente albanesa. «A partir de agora, o Kosovo mudou de posição política, somos agora um Estado independente, livre e soberano», declarou o presidente do Parlamento, Jakup Krasniqi, aos deputados depois de estes terem aprovado a proclamação da independência.

Esta decisão foi saudada nas ruas por dezenas de milhar de kosovares, aos gritos e acenando bandeiras da Albânia, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da NATO.


O primeiro-ministro, Hashim Thaci, declarou, entretanto, que «de hoje em diante o Kosovo é orgulhoso, independente e livre». «Nós nunca perdemos a fé no sonho de que um dia estaríamos ao lado das nações livres do Mundo, e hoje estamos», acrescentou. Também foram votados os símbolos, a bandeira e o emblema do novo Estado, escolhidos entre mais de 1.500 propostas.

Sérvia e Rússia condenam

O presidente sérvio, Boris Tadic, já reagiu, declarando que a Sérvia jamais reconhecerá a independência do Kosovo, num comunicado divulgado pouco depois de o parlamento kosovar ter aprovado por unanimidade e aclamação a proclamação de independência desta província do sul da Sérvia.

O governo russo também condenou a proclamação da independência do Kosovo, considerando-a «uma violação da soberania da Sérvia, da Carta da ONU, da resolução 1244 do Conselho de Segurança da ONU e dos princípios da Acta de Helsínquia».

Num comunicado publicado na capital russa, o ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia exigiu que a Missão da ONU no Kosovo e as tropas da NATO que se encontram no Kosovo «tomem medidas imediatas para cumprir os seus mandatos, sancionados pelo Conselho de Segurança, incluindo a anulação das decisões das autoridades de Pristina e a tomada de duras medidas administrativas em relação a elas».

Portugal prudente

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Luís Amado, admitiu implicitamente o reconhecimento da declaração unilateral da independência do Kosovo pela União Europeia (UE), embora salientando que alguns Estados-membros possam assumir posições diferentes.

«A partir do momento em que endossámos o relatório Athissari no Conselho Europeu de 2006 na Finlândia, a UE deu a perspectiva de que o estatuto final do Kosovo era a independência», disse Luís Amado em Amã, onde acompanha a visita do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, à Jordânia. Amado reiterou que, tal «como Portugal sempre defendeu, a unidade da UE não podia negar o princípio da flexibilidade, que é um direito dos Estados». Relativamente à posição portuguesa sobre o Kosovo, disse que será tomada em concertação entre o Governo, o Presidente da República e a Assembleia da República.

Bush aprova

George W. Bush já veio dizer que esta situação tem de ser resolvida rapidamente para que o problema dos Balcãs não continue a atormentar o panorama internacional. É por isso que os Estados Unidos aprovam o plano Ahtisaari, que prevê uma independência supervisionada, nomeadamente por milhares de forças militares e policiais de vários países, inclusive portuguesas.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , ,

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Congressista Barney Frank de Massachusetts de visita aos Açores

Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. In order to view this animated cartoon just click on it and wait a couple of seconds.

O presidente do Governo dos Açores relevou o interesse e a expectativa com que o seu Executivo acompanha a deslocação aos Açores de uma delegação de políticos, académicos e empresários do estado norte-americano de Massachusetts, dizendo que a mesma encerra fortes possibilidades de cooperação e de benefício mútuo para a Região e para aquele Estado.

Discursando, em inglês, no decorrer de um jantar oferecido pelo Governo, Carlos César começou por destacar a intervenção decisiva do congressista Barney Frank para a concretização da visita, frisando que os encontros a realizar abrangem as áreas política, comercial e académica, sectores em que a Região Autónoma dos Açores quer e pode ser um parceiro forte e credível e nos quais é capaz de produzir resultados sólidos.

“Para o Governo Regional constitui sempre uma prioridade a tarefa de acrescentar à profunda ligação afectiva que une os nossos dois povos não só uma ligação política e institucional – com benefício para ambas as partes –, não apenas uma cooperação em termos internacionais e de defesa por via do Acordo das Lajes, mas também uma actividade cooperante diversificada, conjuntamente com o que apelidamos de “sociedade civil”, representada, no caso do estado de Massachusetts e no caso dos Açores, por exemplo, pelas nossas universidades e escolas e pelos nossos homens de negócios”, acrescentou o presidente do Governo.

A definição de um âmbito académico para esta deslocação e os numerosos projectos que dela podem resultar foram igualmente enfatizados por Carlos César, para quem a circunstância de haver também uma motivação empresarial nesta visita mostra que os tempos mudaram, e mudaram muito, para melhor, nos Açores.

“Também aqui se demonstra que os Açores conseguiram já criar uma dinâmica económica e social que motiva e é apelativa para os investidores estrangeiros. Tenho a certeza de que isso não acontecia há dez ou quinze anos atrás”, disse o presidente do Governo.

A terminar, Carlos César manifestou a convicção de que – quer em sectores em que já foi possível fazer e estabilizar alguns progressos, como o do Turismo, quer em sectores emergentes, como os ligados à exploração de energias renováveis ou aos recursos marinhos, ou ainda no domínio dos serviços sociais – há todo um conjunto de áreas que podem seguramente constituir os alicerces de uma verdadeira cooperação, para o futuro, entre os Açores e Massachusetts.



Fonte da notícia: GaCS

Etiquetas: , , , , ,

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Açores: Carlos César reeleito líder do PS


Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos
Fazer dinheiro, muito dinheiro, emprego a partir de casa, no computador, Açores, Azores, emprego, dinheiro, empresa, apartamentos, paraíso, rico, criar empresa, lucros.

O líder do PS/Açores, Carlos César, foi reeleito nesta sexta-feira à noite, nas primeiras directas regionais do partido, com 99,6 por cento dos votos, anunciou a Comissão Permanente dos socialistas açorianos, informa a agência Lusa.

Carlos César obteve 2.122 votos a favor e apenas oito contra, numas eleições em que estavam habilitados a votar cerca de quatro mil militantes socialistas das nove ilhas do Arquipélago. O único candidato que se apresentou às directas de sexta-feira no PS/Açores obteve 100 por cento dos votos nas ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Pico, Flores e Corvo.

A recandidatura do líder do PS/Açores registou 99,60 por cento dos votos na Ilha de São Miguel, 99,40 por cento na Terceira e 98,30 por cento no Faial. No total dos Açores, a abstenção atingiu os 43,10 por cento, enquanto que, ao nível de ilha, oscilou entre os 24,20 por cento no Corvo e os 55,30 no Faial.

Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , ,

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


À venda iate de Saddam equipado com sistema antimísseis e plataforma para submarino


Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos
Gajos, gajas, galerias, Graciosa, Terceira, São Miguel, Ponta Delgada, Angra, Azores, Açores, compras, fazer muito dinheiro, ganhar dinheiro, pela internet, dinheiro, emprego, trabalho, muito dinheiro, fortuna, fotos, cartoons, passeio
Londres, 16 Fev (Lusa) - O Ocean Breeze, um luxuoso iate que pertencia ao ditador iraquiano Saddam Hussein e que está equipado com um sistema antimísseis e uma plataforma para um submarino, foi posto à venda por mais de vinte milhões de euros.

A empresa de navegação Nigel Burgess, com sede em Londres, que põe à venda esta embarcação, não especifica o nome do proprietário ou o seu valor real.

Na sua página na internet, Burgess assinala que o Ocean Breeze, ancorado no Mediterrâneo, foi construído na Dinamarca em 1981, pode alcançar uma velocidade de dezoito nós e dispõe de camarotes para 28 convidados.

Todavia, o jornal The Independent revelou que este luxuoso iate, com torneiras de ouro, uma baixela para 200 comensais, salões com uma decoração sumptuosa e até uma sala de operações está ancorado em Nice e o seu preço atinge os 18 milhões de libras (cerca de 23,7 milhões de euros).

Conta além disso com uma mesquita, vidros anti-bala, várias piscinas e saunas.

Mas o que parece ser um mistério é a actual propriedade do Ocean Breeze, que está à venda através de uma duvidosa empresa das ilhas Caimão em nome de desconhecidos, salientou recentemente The Independent.

Aparentemente, a Justiça francesa impediu a venda do iate até ser estabelecida a sua propriedade depois de o governo iraquiano, que procura a fortuna escondida de Hussein, ter dito que o povo iraquiano é dono do Ocean Breeze.

Durante os últimos 18 anos, acrescentou The Independent, a embarcação esteve na posse das famílias reais saudita e jordana mas parece que é actualmente de uma companhia conhecida como Sudley Limited, con base em Georgetown (Grande Caimão).

Uma das curiosidades do iate é uma passagem secreta até uma plataforma de onde se pode lançar um submarino, para o caso de ser necessário retirar rapidamente o então ditador iraquiano Saddam Hussein.

Actualmente, 12 tripulantes gregos cuidam da sua manutenção.

Fonte da notícia: LUSA / Sapo Notícias

Etiquetas: , ,


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer