} Galeriacores Cartoon Notícias: Kosovo declara independência da Sérvia

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Kosovo declara independência da Sérvia


Para ver efeito especial neste cartoon queira, por favor, clicar na imagem e aguardar uns segundos. In order to view the animation please click the cartoon above and wait a couple of seconds.


Kosovo declara, unilateralmente, a sua independência da Sérvia. Milhares de pessoas saíram à rua para comemorar, mas ainda há muitas dúvidas sobre o processo de transição. Sérvia assegura que nunca irá reconhecer o Estado e Rússia apela à ONU.

Nasce um novo Estado na Europa, com a declaração unilateral de independência por parte do Kosovo. Milhares de pessoas saíram às ruas da capital Pristina para celebrar o anúncio neste domingo.

O Parlamento do Kosovo aprovou por unanimidade e aclamação a declaração unilateral de independência desta província sérvia de população maioritariamente albanesa. «A partir de agora, o Kosovo mudou de posição política, somos agora um Estado independente, livre e soberano», declarou o presidente do Parlamento, Jakup Krasniqi, aos deputados depois de estes terem aprovado a proclamação da independência.

Esta decisão foi saudada nas ruas por dezenas de milhar de kosovares, aos gritos e acenando bandeiras da Albânia, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da NATO.


O primeiro-ministro, Hashim Thaci, declarou, entretanto, que «de hoje em diante o Kosovo é orgulhoso, independente e livre». «Nós nunca perdemos a fé no sonho de que um dia estaríamos ao lado das nações livres do Mundo, e hoje estamos», acrescentou. Também foram votados os símbolos, a bandeira e o emblema do novo Estado, escolhidos entre mais de 1.500 propostas.

Sérvia e Rússia condenam

O presidente sérvio, Boris Tadic, já reagiu, declarando que a Sérvia jamais reconhecerá a independência do Kosovo, num comunicado divulgado pouco depois de o parlamento kosovar ter aprovado por unanimidade e aclamação a proclamação de independência desta província do sul da Sérvia.

O governo russo também condenou a proclamação da independência do Kosovo, considerando-a «uma violação da soberania da Sérvia, da Carta da ONU, da resolução 1244 do Conselho de Segurança da ONU e dos princípios da Acta de Helsínquia».

Num comunicado publicado na capital russa, o ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia exigiu que a Missão da ONU no Kosovo e as tropas da NATO que se encontram no Kosovo «tomem medidas imediatas para cumprir os seus mandatos, sancionados pelo Conselho de Segurança, incluindo a anulação das decisões das autoridades de Pristina e a tomada de duras medidas administrativas em relação a elas».

Portugal prudente

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Luís Amado, admitiu implicitamente o reconhecimento da declaração unilateral da independência do Kosovo pela União Europeia (UE), embora salientando que alguns Estados-membros possam assumir posições diferentes.

«A partir do momento em que endossámos o relatório Athissari no Conselho Europeu de 2006 na Finlândia, a UE deu a perspectiva de que o estatuto final do Kosovo era a independência», disse Luís Amado em Amã, onde acompanha a visita do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, à Jordânia. Amado reiterou que, tal «como Portugal sempre defendeu, a unidade da UE não podia negar o princípio da flexibilidade, que é um direito dos Estados». Relativamente à posição portuguesa sobre o Kosovo, disse que será tomada em concertação entre o Governo, o Presidente da República e a Assembleia da República.

Bush aprova

George W. Bush já veio dizer que esta situação tem de ser resolvida rapidamente para que o problema dos Balcãs não continue a atormentar o panorama internacional. É por isso que os Estados Unidos aprovam o plano Ahtisaari, que prevê uma independência supervisionada, nomeadamente por milhares de forças militares e policiais de vários países, inclusive portuguesas.


Fonte da notícia: Portugal Diário

Etiquetas: , , ,

3 Comentários:

Blogger PDivulg disse...

Estou admirado na atitude de Portugal de não ter ido logo atrás da opinião dos USA, no entanto acho normal que haja prudência, temos o País Basco bem perto...

19 fevereiro, 2008 07:19  
Anonymous SondagensPT disse...

A Independência do Kosovo está envolta de sentimentos e opiniões contraditórias.

No Portal SondagensPT.net, criámos uma sondagem sobre este tema. Participem! Todos os votos são importantes.
Independência do Kosovo

02 março, 2008 23:14  
Blogger *\\T_U_L_I_N//* disse...

Com certeza kosovo vai servir de exemplo para mtos países! E vai ser visto no âmbito mundial como o primeiro Estado na Europa a ter sua independência unilateral seguido por muitos outros q ser rebelarão!

23 setembro, 2008 19:58  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer