} Galeriacores Cartoon Notícias: Bebés não reconhecem medo e alegria

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Bebés não reconhecem medo e alegria

University study shows young babies don't recognize facial expressions
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



Bebés dos quatro aos oito meses não são capazes de distinguir expressões emocionais como o medo, cólera ou alegria, segundo um estudo científico da Universidade Fernando Pessoa (UFP) no Porto, informa a Lusa.

«Expressão Facial: O reconhecimento das emoções básicas cólera e alegria - estudo empírico com bebés portugueses de quatro aos oito meses de idade» é o nome da investigação realizada pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção da UFP que vai ser apresentada entre quinta-feira e sábado na Conferência Anual da Sociedade Internacional de Neuropsicologia, em Acapulco, México.
Este estudo desenvolvido pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção tem como objectivo perceber se a matriz das emoções básicas são diferenciadas pelos bebés.
«Percebemos que os bebés conseguem identificar emoções básicas, não conseguem é reconhecê-las quando há um movimento esquelético-muscular, ou seja quando a exibição das emoções é feita de forma sequencial», explicou o psicólogo Freitas-Magalhães, director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção da UFP.

Para este estudo empírico, foram apresentadas a 40 bebés, fotografias de homens e mulheres expressando facialmente diversas emoções. «A exibição das emoções no palco do rosto é feita de forma sequencial e os bebés manifestam essa dificuldade quando tal sucede», declarou o psicólogo. As dificuldades dos bebés devem-se quer «à falta de maturação das estruturas mentais superiores» quer «à ausência de maturação dos aspectos perceptíveis».

Segundo Freitas-Magalhães, o bebé não identifica a emoção se o rosto não emitir toda a sua configuração, sendo o movimento muscular de grande importância.

O psicólogo acrescentou que este estudo, que se iniciou em 2007, vai realizar-se este ano a nível internacional. «Iremos fazer o chamado estudo intercultural, saber se o mesmo ocorre com bebés de outros países, nomeadamente dos EUA, Reino Unido e Índia, que são nossos parceiros ao nível de investigação», sustentou.



Fonte: IOL

Etiquetas: , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer