} Galeriacores Cartoon Notícias: Milionária condenada por escravatura

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Milionária condenada por escravatura

Para ver a animação clique neste cartoon e aguarde uns segundos. To view the animation click on this cartoon and wait a few seconds.

Uma milionária que abusou durante anos de duas empregadas indonésias, mantendo-as como escravas na sua mansão em Long Island, Nova Iorque, foi condenada a 11 anos de prisão.


Varsha Sabhnani, de 46 anos, e o seu marido foram acusados de trabalho forçado, conspiração, escravidão e abrigo de estrangeiros ilegais. Este julgamento chamou atenção para um problema crescente nos EUA, a exploração do trabalho doméstico.


As vítimas testemunharam que sofriam maus tratos com vassouras, guarda-chuvas, eram cortadas com facas, forçadas a subir escadas e a tomar banhos frios como castigo.


Uma das vítimas foi obrigada a comer dezenas de chili peppers e depois foi forçada a comer o seu próprio vómito quando já não conseguia engolir mais chili peppers, referiu a acusação.


Arguida diz que veio ao mundo para ajudar pessoas


«Na sua arrogância, ela não tratou Samirah e Enung como gente», referiu o advogado Demetri Jones. «Justiça para as vítimas: é o que o governo está a pedir», acrescentou. Para além dos 11 anos de detenção a arguida vai também ter de pagar quase 16 mil euros de multa.


«Eu só queria dizer que adoro muito as minhas crianças», disse a condenada enquanto olhava para os seus dois filhos. «Vim a este mundo para ajudar pessoas que precisam», sublinhou.


Mahender Sabhnane, de 51 anos, está solto, depois de pagar uma caução, aguarda a leitura da sua sentença esta sexta-feira.


A «escravatura dos nossos dias»


Ele é acusado dos mesmos crimes porque deixou que estes acontecem e tirou proveito das mulheres que trabalhavam em sua casa. De acordo com a acusação espera-se que o arguido receba uma pena muito menor que a esposa.


Os advogados da acusação apelidaram estes crimes de «escravatura dos nossos dias». Os causídicos sublinharam que as empregadas estavam sujeitas a um «castigo que se transformava numa cruel forma de tortura».


A punição terminou em Maio de 2007 quando, no dia da mãe, uma das mulheres fugiu e entrou numa loja de donuts a vestir farrapos, foi então que os empregados chamaram a polícia.


Durante a estadia em Long Island as mulheres eram obrigadas a dormir em colchões no chão da cozinha e a vasculhar caixotes do lixo para comer.

Fonte da notícia: IOL Diário

Nota Pessoal:

Pois é, parece mentira mas é verdade. Os 16 mil euros de multa é que me parece ser uma quantia de facto muito irrisória sobretudo para uma milionária.

Etiquetas: , , , ,

1 Comentários:

Anonymous Jofre Alves disse...

Um verdadeiro caso se escravatura humana no meio do mundo civilizado!!!

28 junho, 2008 15:56  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer