} Galeriacores Cartoon Notícias: Fevereiro 2011

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Carnaval 2011

Marti or Mardi Gras 2011
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds



O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar que tem suas origens na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-feira de cinzas, às vésperas da Quaresma. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne nada vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. As cidades de Paris e Veneza foram os grandes modelos exportadores da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval francês para implantar suas novas festas carnavalescas.
Actualmente o Carnaval do Rio de Janeiro, Brasil é considerado um dos mais importantes desfiles do mundo. Em Portugal, existe uma grande tradição carnavalesca, nomeadamente os Carnavais de Podence, Ovar, Loulé, Sesimbra, Rio Maior, Torres Vedras e Sines, destacando-se o de Torres Vedras, Carnaval de Torres, por possuir o Carnaval mais antigo e dito o mais português de Portugal, que se mantém popular e fiel à tradição rejeitando o samba e outros estrangeirismos... Juntamente com o Carnaval de Canas de Senhorim com perto de 400 anos e tradições únicas como os Pizões, as Paneladas, Queima do Entrudo, Despique e muitas outras...
Para alguns pesquisadores o Carnaval tem raízes históricas que remontam aos bacanais e a festejos similares em Roma; alguns historiadores mais ousados chegam mesmo a relacionar o Carnaval a celebrações em homenagem à deusa Ísis ou ao deus Osíris, no Egipto antigo. Uma outra corrente acredita que a festa iniciou-se com a adopção do calendário cristão.
Em Roma havia uma festa, a Saturnália, em que um carro no formato de navio abria caminho em meio à multidão, que usava máscaras e promovia as mais diversas brincadeiras. Essa festa foi incorporada pela Igreja Católica, e segundo alguns a origem da palavra Carnaval é carrum navalis (carro naval). Essa etimologia, entretanto, já foi contestada. Actualmente a mais aceita é a que liga a palavra "Carnaval" à expressão carne levare, ou seja, afastar a carne, uma espécie de último momento de alegria e festejos profanos antes do período triste da Quaresma.
Em 1091 a data da Quaresma foi definitivamente estabelecida pela Igreja Católica; como consequência indirecta disso, o período de Carnaval se estabeleceu na sociedade ocidental, sofrendo, entretanto, certa oposição da Igreja, na Europa. Embora alguns papas tenham permitido o festejo, outros o combateram vivamente, como Inocêncio II.
À sequência do Renascimento o Carnaval a dotou o baile de máscaras, e também as fantasias e carros alegóricos. Ao carácter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato actual, que se preserva especialmente em regiões da França (ver Mardi Gras), Itália e Espanha.

Actualmente, o Carnaval quase desapareceu da Europa, onde já teve grande importância em vários lugares.

O Carnaval português, que foi exportado para as antigas colónias, em especial para o Brasil (por volta de 1723), e sempre teve características bem diferentes do de outros países da Europa, sendo reconhecido até mesmo por autores portugueses como uma festa cujas características principais eram a porcaria e a violência.

O Carnaval de antigamente não era como hoje um desfile de corsos e meninas a dançar com pouca roupa, como no Carnaval brasileiro. (Não nos podemos esquecer que na altura do Carnaval, no Brasil é Verão, mas cá não, brrrr...)


As pessoas mascaravam-se, pregavam partidas, gozavam com as outras pessoas pois estando disfarçadas podiam fazê-lo sem serem reconhecidas.


Faziam "assaltos", que era irem ter com alguém em especial (de que se gosta - ou não -) e fazer-lhe a vida negra para se gozar com essa pessoa até se fartar, deixando tudo em desalinho.


O Carnaval de cada terra tinha o seu rei, o Rei Momo, que também tem uma rainha. A corte tem vários ministros (a fingirem que estão sempre bêbedos) e imensas "matrafonas", que são homens vestidos de forma ridícula ou de mulher.


Normalmente há zés-pereiras que acompanham e animam o desfile, a tocar bombo, ou "tropas fandangas" também a tocar e a fazer disparates. Também aparecem gigantones e outros disfarces.


Hoje em dia Portugal ainda tem Carnavais com muita força e tradição: Ovar, Torres Vedras, Alcobaça, Loulé... E muitos mais, pois por todo o lado se brinca e se organizam festejos e bailes de Carnaval.

O Carnaval dessa altura era descrito na enciclopédia de um modo bastante claro:"Pelas ruas generalizava-se uma verdadeira luta em que as armas eram os ovos de gema, ou suas cascas contendo farinha ou gesso, cartuchos de pós de goma, cabaças de cera com água de cheiro, tremoços, tubos de vidro ou de cartão para soprar com violência, milho e feijão que se despejavam aos alqueires sobre as cabeças dos transeuntes.
Havia ainda as luvas com areia destinadas a cair de chofre sobre os chapéus altos ou de coco dos passantes pouco previdentes e até se jogava Entrudo com laranjas, tangerinas e mesmo com pastéis de nata ou outros bolos.
Em vários bairros atiravam-se à rua, ou de janela para janela, púcaros e tachos de barro e alguidares já em desuso, como depois se fez também no último dia do ano, no intuito de acabar com tudo de velho que haja em casa.
Também se usaram nos velhos Entrudos portugueses a vassourada e as bordoadas com colheres de pau etc.."

Fonte a visitar para conhecer mais detalhes sobre este assunto: Carnaval

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Ditador faz tudo por tudo para ficar no poleiro

Dictator is willing to give it all to stay in power Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds

Manifestantes mortos em Trípoli. Ditador promete vitória, filho admite cessar-fogo. Embaixador em Lisboa rompe com regime



O líder líbio Muammar Khadafi quis ontem mostrar ao mundo que na Líbia ainda é ele quem manda, e voltou a aparecer no centro de Trípoli e a apelar à resistência, apesar das notícias que dão o seu poder como confinado a algumas zonas da cidade. Forças do regime dispararam mortalmente sobre manifestantes que pretendiam protestar na capital depois das orações de sexta-feira.

Numa declaração feita a noite passada a repórteres estrangeiros que viajaram para Trípoli, Saif el-Islam, um dos filhos de Khadafi, disse que as forças do regime mantêm combates nas cidades de Misurata e Az Zawiyah, na região ocidental, dadas como libertadas pelos revoltosos, e afirmou esperar que um cessar-fogo seja hoje negociado.

O levantamento na Líbia, que está no seu décimo-segundo dia, já fez inúmeros mortos, ainda que os balanços sejam bastante diferentes: 300, segundo dados oficiais líbios; 640,de acordo com a Federação Internacional das Ligas dos Direitos do Homem; pelo menos mil, nas estimativas que, refere a AFP, circulam nos meios diplomáticos.

"O regime do ditador vive os seus últimos instantes", sentenciou em Nova Iorque o embaixador adjunto da missão líbia nas Nações Unidas, Ibrahim Dabbashi, segundo o qual os mortos são já "milhares, não centenas". A Alta Comissária para os Direitos Humanos, Navi Pillay, referiu também que "milhares" devem já ter morrido e apelou a uma intervenção internacional para protecção dos civis.

Khadafi apareceu na Praça Verde e pediu aos partidários que se preparem para "defender a Líbia??. "Dancem, cantem e preparem-se... É esse o espírito... Vamos lutar e vamos vencê-los", disse à multidão, segundo imagens da televisão estatal, nas quais se viam alguns milhares de pessoas a agitarem bandeiras verdes e retratos do chefe. "Se necessário, abriremos os depósitos de armas para armar todo o povo" contra o "inimigo", referiu também o líder líbio, segundo o qual o povo "ama Khadafi". No final, atirou beijos à multidão.

No seu discurso, o ditador transmitiu uma determinação também expressa numa entrevista de Saif el-Islam à CNN-Turk: "O plano A é viver e morrer na Líbia. O plano B é viver e morrer na Líbia. O plano C é viver e morrer na Líbia", disse.

O analista Tarik Yousef, do Brookings Institute, em Washington, manifestou à Al-Jazira a opinião de que muitos dos que apareceram ontem junto a Khadafi são apoiantes genuínos. "Não conhecem nenhum outro líder. E muitos vão sentir-se perdidos quando Khadafi cair."

"O que impressiona é que ele não falou sobre as cidades já libertadas no país. Foi um discurso em que teve a intenção de mostrar resistência ao que considera interferência estrangeira. Mas mesmo os seus filhos já admitiram que parte do país já não está sob controlo do regime", acrescentou o especialista em Médio Oriente.

Logo pela manhã, horas antes do quarto discurso de Khadafi desde o início da semana, o regime fez promessas de efeito duvidoso: cerca de 500 dinares (quase 290 euros) a cada família para fazer face à subida do preço dos alimentos e aumentos de 150 por cento para algumas categorias de funcionários públicos, noticiou a televisão estatal.

Testemunhos recolhidos pelas agências referiram que opositores ao regime se deslocavam ontem livremente por Trípoli e que algumas zonas estavam fora do controlo dos fiéis a Khadafi. Mas outras informações referiam que as suas forças patrulhavam as ruas e que à volta da capital foi montado um cordão militar, no que seria uma tentativa de evitar a afluência de revoltosos de outras cidades.

A repressão acabou por cair sobre manifestantes que pretenderiam protestar após as orações da manhã. Morreram duas pessoas, segundo a Al-Jazira, sete, de acordo com a Al Arabiya. "Começaram a alvejar as pessoas. As pessoas estão a ser mortas por atiradores", disse uma testemunha à Reuters, referindo-se a acontecimentos junto a uma mesquita numa artéria que conduz à praça central de Trípoli.

Mais deserções

O dia de ontem reforçou as indicações de que extensas áreas do território estão nas mãos dos sublevados. "Percorri de carro os vastos desertos da Líbia oriental, desde a fronteira com o Egipto até Bengasi. Cidades como Tobruk e muitas outras vilas no caminho estão calmas. Só se vêem bandeiras antigas do tempo da monarquia, e nenhum sinal das forças pró-Khadafi", descreveu o correspondente da BBC Kevin Connoly.

Informações da estação britânica referem também que as tentativas do regime para recuperarem Az Zawiyah e Misurata foram repelidas, mas há notícia de combates pelo controlo de uma base aérea próxima desta última cidade. "Uma das unidades especiais, comandada por um dos filhos do coronel, está a tentar fazer recuar as forças revoltosas de uma cidade já bem perto de Trípoli", referiu Jon Leyne, outro correspondente da estação.

Yefren, Zenten e Jadu, na região das Montanhas Ocidentais, cerca de 150 quilómetros a Sul de Trípoli, foram dadas como cidades libertadas pelos opositores de Khadafi. A situação que se vive está a criar novas preocupações: a população tem dificuldade crescente para obter alimentos, combustíveis e medicamentos, alertou o Programa Alimentar Mundial.

Uma série de deserções, que se somaram ao abandono de antigos fiéis em dias anteriores, deixaram ontem Khadafi ainda mais só. A missão junto das Nações Unidas em Genebra decidiu juntar-se em bloco à revolta e passar a "representar o povo líbio na sua totalidade". Os embaixadores em Portugal, em França e na Unesco romperam também com Khadafi. Num comunicado enviado à AFP, o representante em Lisboa, Ali Ibrahim Emdored, referiu-se ao regime como "fascista, tirânico e injusto".

Ao princípio da noite, foi anunciada a demissão de Ahmed Kadhaf al-Dam, conselheiro e primo de Khadafi, que se afastou em protesto "contra a gestão da crise", refere uma declaração do seu gabinete, no Cairo.



Fonte da notícia: Publico

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Muamar Khadafi não quer democracia

Gaddafi does not want democracy
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds



Líder do país diz que culpa da instabilidade é de uma minoria de jovens que está a ser "enganada e drogada" por estrangeiros e pergunta: “Querem ser escravos dos americanos?”


O presidente da Líbia garante que não se demite e que não deixa o país. Admite ainda morrer como mártir e abre a hipótese de usar a força contra os elementos que se estão a rebelar. “Ainda não usámos a força, mas admito fazê-lo no futuro.”


Durante uma declaração na televisão estatal, Muammar Khadafi disse hoje que a instabilidade no país "deve-se a um grupo limitado de jovens que não representam a Líbia". “São 'gangs', ratos e mercenários” que podem – segundo o Código Penal – ser “condenados à morte”.

"A partir desta noite, as pessoas nas cidades Líbias é que sustentam Muammar Khadafi. Muammar Khadafi é a glória. Se eu fosse um presidente, demitia-me, atirava-vos a minha demissão às caras. Mas não tenho posição, não tenho de onde me demitir, apenas tenho a minha arma, a minha espingarda para lutar pela Líbia", disse.

O líder líbio, no poder há mais de 40 anos, exorta os seus apoiantes a saírem à rua para o apoiarem e defenderem contra a minoria de manifestantes, que diz terem sido enganados pelos estrangeiros e “aliciados com dinheiro e drogas”. "Saiam das vossas casas e ataquem-nos nas suas tocas", afirmou.


Apesar de tentar desvalorizar as manifestações no país, Khadafi promete reformas políticas (“podem ter a Constituição que quiserem”) e “criar comités populares e municipais”. Referiu, no entanto, que não é ele que tem o poder.


Numa declaração que demorou mais de uma hora, Khadafi lembrou que a Líbia, no passado, já resistiu a forças estrangeiras e lançou uma questão com alvo bem definido. “Querem ser escravos dos americanos?”

Muammar Khadafi não se esqueceu de se auto-elogiar "pelo grande trabalho" que tem levado a cabo no país e defendeu que foi um herói.


Fonte da notícia: Renascença

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


A Ética Cerebral

Brain Ethics Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds




Já falta muito pouco para conseguirmos tirar o retrato do nosso eu, directamente do cérebro. As neurociências avançam num ritmo acelerado. As técnicas para obter imagens do cérebro tornam-se cada vez mais rigorosas. Vemos que áreas são iluminadas quando nos apaixonamos, mas também percebemos como reage o cérebro às doenças que nos afectam principalmente na velhice.

«Acho que estamos perto de encontrar assinaturas biológicas individuais tanto usando informação genética como informação cerebral ¿ em termos de como o cérebro usa energia, mas também como o sangue aflui a diferentes áreas cerebrais quando estamos ocupados com tarefas diferentes como andar ou até pensar», disse, em entrevista ao programa «Inovadores», Judy Illes, da Universidade da Colômbia Britânica, no Canadá.

Judy Illes é uma das maiores especialistas mundiais de uma área nova. Chama-se neuroética e estuda as implicações de obtermos um conhecimento tão profundo de cada pessoa. A cientista que esteve na Fundação Calouste Gulbenkian tem uma visão positiva das mudanças:

«Vamos entender-nos mais profundamente. Reflectiremos mais sobre o que somos capazes de controlar e também que temos de ser conscientes do que o ambiente nos diz, o que as regras de comportamento social nos dizem combinado com as nossas».

A investigadora está também muito confiante de que nos vamos tornar mais tolerantes com as pessoas que têm doenças que afectam o cérebro. «Há a esperança de que, entendendo a assinatura cerebral e as bases biológicas destes problemas, as pessoas saudáveis percebam melhor as pessoas com doenças mentais e o estigma em relação a elas diminua. Claro que é uma expectativa elevada mas acho que é possível e alguma da nossa investigação mostra que o estigma será reduzido», acrescenta.

Com um conhecimento tão pormenorizado de cada um, a forma como discutimos privacidade e exposição pública vai tornar-se diferente: «A nossa privacidade há muito que se perdeu, não há nenhuma informação que consigamos manter privada. As nossas assinaturas genéticas, as nossas assinaturas cerebrais podem ser o nosso email».

Poder espreitar com tanta clareza o nosso cérebro, também pode vir a ser uma ajuda preciosa nos processos judiciais. Culpado ou inocente? A resposta pode estar na cabeça de cada um, mas visível aos olhos de todos.


Fonte da notícia: TVI24

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


A fórmula secreta da Coca-Cola

Coca Cola's Secret Formula
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds





A fórmula secreta da Coca-Cola foi revelada. Comoção mundial, um dos grandes segredos da Humanidade finalmente desvendado! Mas o fabricante de refrigerantes já desmentiu. Faz sentido: a ideia de uma fórmula secreta é um tremendo truque de marketing. E há outros exemplos por aí.


A fotografia foi publicada num jornal de Atlanta em 1979 e, agora, um programa de rádio lembrou-se de ler o que estava escrito, à mão, naquele caderno já velhinho de décadas. E o que lá estava era a receita da Coca-Cola. Será este o prosaico fim de um dos mitos urbanos mais célebres do último século?


Não, já disse a Coca-Cola. Enquanto o mundo debatia os ingredientes da fórmula e os portugueses sorriam perante a presença de coentros na composição do sabor X7 que entra na receita, a companhia que produz o refrigerante mais famoso do planeta apressou-se a desmentir que o que estava a ser publicado fosse o segredo guardado a sete chaves no cofre de um banco de Atlanta, EUA.


Mas valerá a pena alimentar este debate? Tudo indica que não. A própria Coca-Cola tinha, claramente, pisado o risco quando, há dois anos, lançou uma campanha publicitária em que garantia que só duas pessoas no mundo conheciam a fórmula secreta da bebida. Do ponto de vista comercial, até será um grande golpe de marketing. Mas não pode ser verdade.


"Não é, de todo, possível que apenas duas pessoas conheçam a fórmula secreta da Coca-Cola", constatou Steven D. Levitt na sua coluna Freakonomics, publicada no site do New York Times (e um pouco por todo o mundo). "E, se assim fosse, então os accionistas da empresa deveriam processar a administração."


Um império financeiro como o da Coca-Cola não pode depender de concepções românticas. Mas pode capitalizá-las. E não é caso único. A Kentucky Fried Chicken (KFC) apregoa a sua fórmula secreta, que, alegadamente, foi mantida durante anos apenas na cabeça do fundador da cadeia, Harland Sanders, enquanto a amostra-padrão da mistura de especiarias viajava no seu carro.


Hoje, tal como acontece com a Coca-Cola, a KFC guarda a sua fórmula num cofre - no caso, não de um banco mas na sede da companhia, em Louisville, Kentucky, EUA. É qualquer coisa de extraordinário, diz quem já viu: o cofre abre-se para dar acesso a uma porta com combinação secreta, atrás da qual há um único cacifo, mas dotado de duas fechaduras com segredo. Lá dentro, está a receita, assinada por Sanders.


Ciência vs. mito


Diz-se que se trata de uma folha de bloco de notas, escrita à mão e a lápis, pelo que a escrita está cada vez mais sumida. Diz-se também que Sanders passou a receita a apenas duas pessoas: a sua mulher e o homem que lhe comprou o negócio, em 1964. Também neste caso se conta que apenas duas pessoas conhecem o segredo - metade do preparado é feito em determinadas unidades industriais, a outra metade noutro conjunto diferente e só depois se faz a mistura final. Teoricamente, isto impede que alguém, envolvido no seu fabrico, desvende o segredo.


Sempre se falou de 11 ervas e especiarias na fórmula da KFC, mas análises laboratoriais ao produto não descobriram, sequer, vestígios de uma que seja.


No seu livro Big Secrets, William Pounstone revelava que, numa análise laboratorial à cobertura dos nacos de frango, descobrira apenas quatro ingredientes: farinha, sal, glutamato monossódico (um aditivo que intensifica o sabor) e pimenta preta. Um outro estudo juntou açúcar a este lista. Das famosas ervas, nem vestígios...


A verdade é que esta fórmula secreta é uma notável fonte de receitas para a KFC, uma vez que todos os restaurantes de todas as franchises do mundo são obrigados a comprar a mistura à casa-mãe. Por um preço que já levou muitas a protestar.


E, tudo o indica, o verdadeiro segredo do franguinho frito que deixa os dedos prontinhos para lamber reside na fritura - que é feita sob pressão e a temperaturas mais altas do que o normal, um processo que mantém a carne húmida e tenra no interior.



Seja como for, o apelo de uma fórmula secreta é irresistível. Que o digam os fabricantes dos chocolates Mars, que também acenam com o carácter mais do que reservado da sua fórmula. Que, entretanto, até mudou nos últimos anos, para fazer face às novas expectativas do público...


O segredo de Belém


Em Portugal, o maior exemplo de uma fórmula secreta que contribui para o pedigree de um produto é a receita dos pastéis de Belém. Os mestres pasteleiros da Oficina do Segredo - só o nome já é um achado - são os únicos a conhecer a fórmula para fazer os irresistíveis doces. Antes de serem iniciados na função, assinam um termo de responsabilidade e fazem um juramento, comprometendo-se a não divulgar o segredo.


Um laboratório italiano lançou-se, em 1994, na tarefa de desvendar este mito culinário e concluiu que, para além dos ingredientes óbvios, como leite e ovos, haveria ali flocos de batata, do tipo dos que usamos para fazer puré em casa. Mas o relatório nunca foi publicado e a investigação foi descontinuada.


Na Internet, fervilham receitas que replicam todos estes mistérios guardados a sete chaves. Mas uma fórmula secreta é uma fórmula secreta e (conforme poderá comprovar quem quer que alguma vez tenha vestido um avental na cozinha...), mesmo que conheçamos a lista de ingredientes, há sempre um segredo por trás dela. Quanto mais não seja, porque dá um jeitão em termos de marketing.


Fonte da notícia: Publico

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Mais 44 milhões de pessoas na «pobreza extrema»

Another 44 million people in «extreme poverty»
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds


O Banco Mundial alertou hoje que a escalada nos preços dos produtos alimentares atiraram mais 44 milhões de pessoas para uma situação de “pobreza extrema”.


O cenário, descreve a organização sedeada em Washington, é mais grave nos países em desenvolvimento, onde as populações são mais vulneráveis a estas oscilações de preços porque cativam mais de metade do seu rendimento para a compra de alimentos. Por isso, defende o Banco Mundial, é necessária uma intervenção política urgente, capaz de “acalmar” os mercados onde se transaccionam as matérias-primas que servem de base à alimentação humana.


O Banco Mundial assinala que, desde Outubro de 2010 para Janeiro deste ano, o índice da organização para o preço dos alimentos disparou 15 por cento. Está apenas a três ponto do pico atingido em 2008. Nessa altura, porém, os impactos da subida foram amortecidos por colheitas substanciais de cereais no continente africano, onde a prevalência da fome é mais insistente.


No ano passado, os preços do trigo registaram aumentos de quase 50 por cento em Chicago, a mais importante bolsa de transacção de commodities em todo o mundo. Esta escalada teve na base as baixas colheitas do cereal na Rússia e na Argentina, devido à ocorrência de condições climatéricas adversas.


Apesar disso, no caso do arroz – fundamental na dieta de importantes manchas populacionais do planeta –, o Banco Mundial assinala que os contratos de futuros apontam no sentido de uma estabilização dos preços no primeirto trimestre de 2011. O preço também tem subido, mas está ainda 39 por cento abaixo do máxzimo histórico atingido em Abril de 2008.


“Os preços mundiais estão a evoluir para níveis perigosos e ameaçam dezenas de milhões de pessoas em todo o mundo”, afirmou o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick.


A organização considera que uma pessoa vive em situação de “pobreza extrema” quando tem menos de 1,25 dólares (0,93 euros) por dia para as suas despesas.



Fonte da notícia: Publico

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia dos Namorados

St. Valentine's Day
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds



O Dia dos Namorados celebra-se um pouco por todo o Mundo.O dia adquiriu, além do romantismo, uma dimensão comercial bastante forte. Flores e chocolates continuam a ser as prendas mais compradas pelos apaixonados.

Na China, desde 1950 o «Dia dos Namorados» tem ganho um grande significado para os jovens. Cerca de 50 por cento das receitas anuais da venda de chocolates é obtida no mês de Fevereiro e os ramos de rosas podem chegar a a tingir os 225 euros.

Na China, o dia dos namorados é o dia eleito para a solicitação da licença de casamento e o local onde o pedido é mais solicitado é Bag Rak, «Aldeia do Amor». Alusivo ao Dia dos Namorados existe ainda o «Qingrenjie» ou «Lovers 'Day», festival de namorados, onde se realizam músicas e jogos de beijos.

Na Tailândia foi comemorado com a maratona do beijo mais longo do Mundo, para que o recorde do Guinness fosse ultrapassado. Ao fim da maratona chegaram sete casais. A tentativa de recorde é tanto mais notícia, quando sabemos que, na Tailândia, o beijo em público é um acto pouco frequente.


Fonte da notícia: TVI24

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Álcool mata 2,5 milhões de pessoas por ano

Alcohol kills 2.5 million people each year
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds



Consumo excessivo de bebidas alcoólicas é o principal factor de risco para a saúde dos homens com idades compreendidas entre os 15 e os 59 anos e causa de 60 tipos de doença, da cirrose aos cancros do fígado ou da laringe.

Um relatório divulgado hoje pela Organização Mundial de Saúde (OMS) deixa em evidência os malefícios do álcool: por ano, morrem em todo o mundo dois milhões e meio de pessoas, devido a causas relacionadas com o consumo excessivo de álcool.

Este chega mesmo a ser o principal factor de risco para a saúde dos homens com idades compreendidas entre os 15 e os 59 anos.

No relatório, a OMS deixa ainda críticas aos governos que tardam em considerar prioritárias as políticas de controlo do consumo de bebidas alcoólicas, um fenómeno que é apontado como a principal causa da maioria dos acidentes de viação, de casos de violência ou de absentismo laboral. É ainda causa de 60 tipos de doença, da cirrose aos cancros do fígado ou da laringe.

O consumo excessivo de álcool é especialmente preocupante em países como o Brasil, a Rússia, o México ou a Ucrânia.


Fonte da notícia: Renascença

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


O cigarro electrónico: também faz mal à saúde

The electronic cigarette: It's not safe
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds




Nos Estados Unidos, o cigarro electrónico está longe de ser uma novidade - aliás, os legisladores de Nova Iorque estão a discutir a hipótese de proibir a sua comercialização. Em Portugal, a moda está apenas a chegar, mas são já dezenas os sites sediados no país que os propagandeiam como uma alternativa mais saudável do que o cigarro convencional. E mais barata também. Alguns quiosques, bares, e até parafarmácias, já os comercializam, nomeadamente no Algarve, onde a omnipresença dos estrangeiros garante o volume de vendas. Enquanto isso, a classe médica deita as mãos à cabeça, por considerar que aquilo está muito longe de ser inócuo para a saúde e muito menos de funcionar como instrumento para deixar de fumar, como anunciam alguns sites. Alega-se que as suas semelhanças com o original dificultam o abandono do vício mas, mais do que isso, há especialistas que acusam o e-cigarro - que contém nicotina em estado líquido ou em gel - de libertar substâncias e gases nocivos na sua combustão. Sem fumo, o seu "vapor de água" terá mesmo um químico chamado etilenoglicol, normalmente utilizado como anticongelante nos automóveis.
Compostos cancerígenos
O www.ecigarette7.com, por exemplo, foi criado exclusivamente para comercializar uma marca norte-americana de cigarros electrónicos. Nos bastidores do ecrã, está uma empresa com sede na Maia. "Tínhamos uma pessoa conhecida nos Estados Unidos, e como cá não havia grande coisa, decidimos criar este site, que existe há mês e meio", conta Joana Marques. Recusa revelar o deve e haver das vendas, mas adianta que a empresa já está a planear "abrir espaços onde o cliente possa experimentar o produto, nomeadamente em centros comerciais".
Rui Santos, do www.e-cig.com.pt, importa os cigarros directamente da China e, além do site, vende-os em bares, restaurantes, tabacarias e papelarias, sobretudo da Zona Sul do país. "Comecei com este negócio em Agosto do ano passado e, nos últimos dois meses, notei um aumento da procura na ordem dos 20 a 30 por cento", conta. Por causa da publicidade contida no filme ou por causa dos presentes de Natal, a procura surge pela mão de gente que tenta reduzir ou acabar com o cigarro convencional. "As pessoas preferem o cigarro electrónico aos pensos de nicotina, porque conseguem manter o hábito de boca e depois as recargas permitem ir regulando a intensidade da nicotina", explica o empresário. Que não se cansa de enumerar as vantagens da coisa: "Não há fumadores passivos, não fica mau hálito, nem cheiro.
"Dependendo das marcas, o kit inicial pode custar entre 40 a 60 euros. Descontadas as variantes de cor, feitio e sabor, estes cigarros contêm nicotina em estado líquido ou em gel. Quando esta é inalada, há uma ponta que se acende e, no momento em que se expira, forma-se um vapor de água muito parecido com o fumo do cigarro convencional. Um pack de recargas, o equivalente a três maços de cigarros, custa à volta de 6 euros. As vendas estão interditas a menores de 18 anos, mas, na Internet, fazem-se, como diz Joana Marques, "com base na confiança". "As pessoas registam-se e declaram que são maiores de idade, mas nós não podemos ligar para ter a certeza, não é?".
Quem for à procura de saber mais no mundo virtual, encontra um verdadeiro eldorado para os viciados em nicotina. A publicidade faz-se com recurso a jovens profissionais que se vangloriam por não terem que se levantar da secretária para fumar e a universitários que garantem que a invenção lhes permitiu poupar imenso dinheiro. No www.ecigarette7.com, a publicidade chega a fazer-se até com recurso à figura de um médico, bata branca e estetoscópio ao peito, ao lado da legenda: "Não só sou utilizador como recomendo a muitos dos meus pacientes. Com menos 4000 químicos, é difícil não recomendar."


"Nos anos 1940, a Marlboro também aparecia com publicidade a dizer "O seu médico aconselha Marlboro, até para a asma"", recorda a pneumologista Cecília Pardal. Ao seu gabinete já chegaram pacientes com perguntas sobre os e-cigarros e a resposta foi invariavelmente a mesma: "Os cigarros electrónicos não são aconselháveis de maneira nenhuma: nem para cessação nem como substituição." Porquê? "Têm nicotina em estado líquido e implicam um processo de combustão no qual são libertadas substâncias e gases nocivos para a saúde." Os adesivos também libertam nicotina para o organismo, mas, "nestes, a libertação é feita de maneira diferente sem recurso ao processo de combustão".Em Espanha - onde, segundo Rui Santos, os e-cigarros foram dos regalos com mais procura no último Natal, muito por causa das apertadas restrições levantadas pela nova lei do tabaco -, o comité nacional equivalente à nossa Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo emitiu uma circular a alertar para os riscos dos e-cigarros, sustentando que algumas marcas, além da nicotina, libertam "quantidades detectáveis de nitrosaminas, um composto cancerígeno que também se encontra no fumo dos cigarros convencionais". Noutros, terá sido detectado o químico etilenoglicol. Assim, conclui aquele organismo, "não se pode afirmar alegremente que os cigarros electrónicos só libertam vapor de água".
Nem tabaco, nem fármaco
A Austrália já proibiu estes cigarros em 2008 e são várias as investigações que apontam o risco de estes cigarros, por serem publicitados como alternativa saudável, poderem levar ex-fumadores a reincidir, por um lado, e atrair novos consumidores, por outro. "É uma forma de iniciação, mais um gadget a que os jovens acham piada", concorda Luís Rebelo, da Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo.
Quanto a quem procura alternativas ao cigarro, a circular lembra que existe nas farmácias "nicotina medicinal limpa, com plenas garantias sanitárias e com eficácia demonstrada no aplacar da "fome de nicotina" e no alívio do desejo compulsivo de fumar".
Por cá, nenhuma autoridade se pronunciou ainda sobre os cigarros electrónicos, que, aliás, são vendidos a bordo de uma companhia de aviação low cost. Talvez porque, como aventa Sérgio Vinagre, coordenador do Programa de Prevenção e Tratamento do Tabagismo da Administração Regional de Saúde do Norte, os e-cigarros não são tabaco mas também não são fármaco, apesar de conterem nicotina. Logo, diluem-se numa espécie de território sem dono e o mais certo é que Portugal fique à espera que instâncias internacionais como a Organização Mundial de Saúde ou, num plano diferente, a Comissão Europeia emitam directrizes sobre o assunto. Enquanto isso, "este fenómeno novo vai continuar a apresentar-se insidiosamente como se fosse uma coisa inócua ou até com vantagens para a saúde", lamenta Vinagre, para quem os e-cigarros oferecem "riscos colossais" para a saúde pública. Porquê? "Porque procuram vender a quimera de que é possível ter o prazer sem sofrer as consequências e de que é possível ter uma população dependente mas eticamente muito bem comportada porque quem fuma não prejudica o outro."


Nota Pessoal: O melhor que há a fazer é não fumar.
Personal Note: The best you can do is not smoke


Fonte da notícia: Publico

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Qualquer país poderá processar, George W. Bush, por crimes de guerra

Any country may charge, George W. Bush, for war crimes
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds


A Amnistia Internacional (AI) afirmou este domingo que o antigo Presidente norte-americano George W. Bush pode ser processado em qualquer país depois de ter admitido publicamente que tinha autorizado torturas nos interrogatórios dos serviços de segurança norte-americanos.


Bush cancelou no sábado uma visita privada à Suíça prevista para a próxima semana no meio das pressões de grupos activistas que tinham convocado protestos e pedido ao governo suíço para abrir um processo judicial contra o ex-Presidente, segundo a imprensa helvética.


Na sexta-feira, a AI entregou um extenso relatório ao ministério público e ao governo suíços no qual lhes pedia que detivessem Bush se viajasse ao país e investigassem o papel assumido na execução de torturas.



Fonte da notícia: IOL


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer