} Galeriacores Cartoon Notícias: Robótica do futuro

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

sábado, 7 de março de 2009

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Robótica do futuro

Para ver a animação clique neste cartoon e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon and wait a few seconds.



Há quem afirme que já existem mais robôs do que pessoas, considerando o ritmo acelerado da sua produção. As vendas de robôs de serviço pessoal e profissional têm crescido desde o virar do século e devem atingir os 5,5 milhões este ano. Até 2011, esse número deverá duplicar e chegar aos 11,5 milhões.

A esta velocidade é provável que, num futuro não muito distante, os robôs sejam usados da mesma forma que hoje são utilizados os computadores pessoais. Tal progresso exigirá a produção de máquinas muito mais inteligentes e autónomas do que é possível construir na actualidade.

As máquinas de hoje são ainda um milhão de vezes mais simples do que o cérebro humano – uma das razões que justificam o facto de não possuírem as singulares qualidades de uma pessoa. Ainda não têm, por exemplo, a nossa habilidade de entender os outros ou de responder apropriadamente a emoções.

Será necessária uma tecnologia da complexidade do cérebro humano para criar entidades que possuam tais características.

INTELIGÊNCIA LIMITADA

Por agora, as máquinas têm uma inteligência específica confinada e restringida à execução de determinadas tarefas – apesar de ser, em alguns casos, superior à humana, como na rápida execução de complexos cálculos matemáticos.

Na hora de construir inteligências artificiais, o Homem goza de muito maior liberdade do que aquela que a Natureza teve quando ‘construiu’ o ser humano: podem estar completamente libertas das restrições e limitações da organização mental humana.

Para que um andróide desenvolva uma inteligência parecida à do Homem, é muito provável que necessite de algumas das suas supostas ‘debilidades’, como o egoísmo e a ambição. Os cientistas acreditam que em 2050 os cérebros robóticos irão competir com a inteligência humana, executando cem triliões de instruções por segundo.

AUTÓNOMOS

Na Medicina, na Aeronáutica, na Indústria, na Defesa e em tantas outras áreas, os robôs da actualidade já desempenham tarefas por conta própria sem intervenção humana. Estão cada vez mais presentes e ‘inteligentes’ no dia a dia de uma sociedade.

Pesquisas sobre o desempenho dos robôs domésticos conduzidas nos Estados Unidos e no Japão mostram que as crianças criam fortes laços com as máquinas, ao ponto de preferirem, na maioria dos casos, um robô a um ursinho de pelúcia.

AS TRÊS LEIS DA ROBÓTICA DE ASIMOV

Na ficção científica, já existem, há mais de 60 anos, as famosas leis da robótica, directrizes criadas pelo escritor russo Isaac Asimov que ditavam a ‘ética’ dos robôs para evitar que fossem mal utilizados. As três leis são as seguintes:

Primeira Lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou permitir que um ser humano seja ferido.

Segunda Lei: Um robô deve obedecer às ordens dos seres humanos, excepto quando elas entrem em conflito com a Primeira Lei.

Terceira Lei: Um robô precisa de proteger a sua própria existência, contanto que ela não entre em conflito com a Primeira ou Segunda leis.

SAIBA MAIS

TERCEIRA GERAÇÃO

A terceira geração de robôs terá ‘cérebros’ computadorizados com uma inteligência semelhante à dos macacos.

2050

Os computadores actuais têm potência para replicar apenas o sistema nervoso de insectos. Mas até 2050 terão a mesma capacidade intelectual de um ser humano.

IGUALDADE

A geração com cem milhões de instruções por segundo poderá imitar o raciocínio humano e mesmo ultrapassá-lo em 2050.

NOTAS

COMPETIÇÃO - Robocup é uma competição mundial que visa o estudo e desenvolvimento da Inteligência Artificial e da Robótica.D

DONA DE CASA - O robô é capaz de ajudar nas tarefas domésticas.

MÚSICO - A Toyota já desenvolveu um robô que imita o verdadeiro músico.

ESPAÇO - Naves não tripuladas exploram o Sistema Solar de forma mais barata e eficiente.
Os astronautas em órbita também não dispensam a ajuda de braços robóticos para recolher satélites avariados.



Fonte: Correio da Manhã

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer