} Galeriacores Cartoon Notícias: Junho 2012

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

domingo, 17 de junho de 2012

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Graças ao Ronaldo, Portugal ganha a Holando 2-1

Ronaldo you're the man!!!
Portugal ganhou à Holanda e apurou-se para os quartos de final do Euro2012. Passa em segundo lugar do Grupo B e agora vai defrontar a República Checa. Ronaldo voltou a ser o maior.

Portugal já alcançou o primeiro objetivo a que se propôs no Euro2012. Este domingo venceu a Holanda por 2-1 e qualificou-se para os quartos de final da prova ao garantir o segundo lugar do Grupo B, já que a Alemanha também bateu a Dinamarca por 2-1 e somou 9 pontos nos três jogos da fase de grupos.

A Holanda entrou melhor no jogo. O meio-campo holandês carburou melhor nos primeiros minutos e o resultado viu-se logo aos 11 minutos. Bert van Marwijk apostou em Van der Vaart e o médio deu-lhe razão. A defesa portuguesa deu espaço a Robben e este meteu a bola no médio do Tottenham, que com campo aberto disparou sem hipóteses para Rui Patrício.

Mas Portugal não tremeu. Pelo contrário. O golo despertou os portugueses e aquilo a que se assistiu a seguir foi a uma avalanche de futebol de ataque de Portugal pelo intérprete que os portugueses mais desejavam: Cristiano Ronaldo.

O avançado despedaçou a defesa laranja e começou a colecionar oportunidades de golo, com Postiga também a entrar na lista de desperdício.

Aos 15’, Moutinho lançou Ronaldo na esquerda e depois de vir para o meio, o avançado português disparou ao poste. Aos 17’, Postiga também não conseguiu. Van der Wiel meteu-lhe a bola nos pés, mas o avançado atrapalhou-se na altura do remate, que saiu frouxo. Ronaldo voltou à carga e depois de cruzamento de Nani subiu ao primeiro andar para rematar de cabeça. Stekelenburg defendeu como pôde.

Holanda nem vê-la… e Cristiano Ronaldo calou definitivamente os críticos. João Pereira colou a bola ao pé e num passe soberbo deixou o capitão na cara do golo. Desta vez não houve misericórdia e Ronaldo fez o primeiro do Europeu.

Foi o mote para um resto de primeira parte avassalador em que a Holanda não voltou a ver a baliza portuguesa. No ataque, Ronaldo e Nani torceram a cada jogada os defesas laranjas e o segundo golo só não chegou por falta de sorte. Grande primeira parte dos dois extremos portugueses.

A segunda parte começou em ritmo mais morno, com os holandeses a equilibrarem a luta a meio-campo e as duas equipas dispostas a menos riscos nas suas zonas mais recuadas. A Holanda voltou a vislumbrar a baliza de Rui Patrício e nos lances de bola parada era quando criava maior sobressalto na área lusa.

Na outra área, Postiga voltou a marcar, mas o lance foi bem invalidado por fora de jogo, já que o avançado estava acampado quando Cristiano Ronaldo tentou o remate que lhe acabou nos pés.

Com Nani mais discreto, Cristiano Ronaldo passou a ser o principal destaque no ataque português e aos 66’,depois de galgar o campo todo, assistiu Coentrão para um remate perigoso que só foi parado por Stekelenburg.

O capitão de Portugal hoje esteve imparável e depois de assistir Nani para um golo feito teve de ser ele a “matar” a Holanda. Nani esteve melhor no passe, Ronaldo recebeu, tirou um do caminho e fez o segundo. Deixou de se ouvir gritar por Lionel Messi em Kharkiv, em mais um grande golo para a história deste Europeu.

Até final só um momento de sobressalto para Portugal, com Van der Vaart, agora de pé direito, a rematar ao poste. Não chegou para tirar a vitória a Portugal, que ainda teve Cristiano Ronaldo, num jogo memorável, a meter outra bola no poste. Agora a “guerra” é com os checos, na próxima quinta-feira.



Fonte: Sapo

domingo, 10 de junho de 2012

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades

DAY OF PORTUGAL
Mensagem do Presidente da República dirigida às Comunidades Portuguesas, por ocasião do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas


Lisboa, 9 de junho de 2012
Portugueses e Luso-Descendentes,

De Lisboa, de onde há mais de 500 anos partiram os descobridores de novos mundos, saúdo todos os Portugueses e Luso-Descendentes neste Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

A Europa atravessa um tempo de desafios profundos e grandes decisões que marcarão o futuro de um Continente inteiro, feito de milhões de cidadãos. País da Europa aberto ao Mundo, País que traz o Mundo para a Europa, Portugal é uma terra de oportunidades.

O País mudou muito nas últimas décadas e dispõe hoje de condições propícias à realização de investimentos: temos políticas favoráveis à iniciativa empresarial, temos infraestruturas, temos talentos, temos capital humano.

Apelo aos Portugueses da Diáspora e aos Luso-Descendentes para que, onde quer que se encontrem, se afirmem como embaixadores de Portugal. Graças ao prestígio que adquiririam nos seus países de destino, devido ao esforço e à dedicação ao trabalho, os membros da Diáspora podem desempenhar um papel essencial nesta hora de responsabilidade coletiva, em que se colocam ao nosso País grandes exigências.

As Comunidades Portuguesas são um símbolo da capacidade de integração dos nossos cidadãos, do seu apego ao trabalho, da sua abertura ao diálogo com as comunidades de destino. Em cada país, prestigiam e enobrecem o nome de Portugal.

Justamente por isso, a Diáspora deve ser mobilizada para apoiar a nossa Pátria, a Pátria que também é a sua, atraindo investimentos, conquistando novos mercados, reforçando a imagem positiva de Portugal no exterior, promovendo o País novo que somos e que queremos ser.

Na minha recente deslocação a Timor, à Indonésia, à Austrália e a Singapura, incluí, em cada um desses países, um encontro com os portugueses que aí vivem e trabalham. Trata-se de um ponto que faço questão de integrar em todas as minhas deslocações ao estrangeiro, como sinal do meu apreço e da relação de proximidade que me propus estabelecer com os portugueses que vivem no exterior. Além de um dever, é um compromisso, que assumi desde o início do meu primeiro mandato, e do qual não abdicarei nunca.

É fundamental alterarmos o modo como vemos as comunidades portuguesas da Diáspora. Como disse, há poucos dias, aos portugueses da Austrália, a retórica da saudade tem de dar lugar a atos concretos, gestos palpáveis que demonstrem o respeito e a gratidão de Portugal perante os seus filhos dispersos pelo Mundo e que, ao mesmo tempo, envolvam as comunidades da emigração num projeto comum.

Esse projeto comum é Portugal. Contamos convosco para o levarmos por diante.

Bem hajam e muito obrigado.

Presidente da República Portuguesa
Cavaco Silva

Fonte: www.presidencia.pt


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer