} Galeriacores Cartoon Notícias: Junho 2011

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

domingo, 26 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia Mundial do Ioga

World Yoga Day




Milhares de pessoas são esperadas hoje, no Estádio 1º de Maio, em Lisboa, para comemorar o Dia Mundial do Yoga com a realização de uma mega-aula e a atribuição de um prémio ao arquiteto Siza Vieira.



Com o objetivo de "celebrar a fraternidade" e apelar à "unidade do ser humano", o encontro junta mestres mundiais do yoga e, pela primeira vez, os "grandes mestres" da Índia, a pátria desta filosofia.



O Dia Mundial do Yoga - que este ano se celebra hoje, primeiro domingo após o solstício - "tem o objetivo de lembrar o ser humano que o planeta é um só, que a raça humana é uma só e que a globalidade deve ser uma tendência para a fraternidade e para resolver os conflitos com humanidade e diplomacia e não com guerra", disse à agência Lusa o presidente da Confederação Portuguesa do Yoga, Jorge Veiga e Castro, que organiza o evento.



Espaço para crianças



Ao todo, a organização espera nesta mega aula milhares de pessoas, entre praticantes, professores e mestres, havendo ainda uma zona dedicada aos mais novos, que deverá reunir cerca de 200 crianças praticantes de yoga.



Em 2001, Portugal propôs a consagração de um feriado no dia do solstício, 21 de junho, como Dia Mundial do Yoga, junto da UNESCO e Nações Unidas e dos partidos portugueses, para que houvesse uma "celebração intercultural, intercontinental e interreligiosa".



Embora não seja oficial, desde então a data é comemorada todos os anos no primeiro domingo após o solstício, em diversos países.



Além da mega-aula, a começar às 10h30, com entrada gratuita, o programa de comemorações do Dia Mundial do Yoga conta também com atividades para cegos, crianças e demonstrações de yoga avançado.



Siza Vieira homenageado



Será ainda entregue o prémio Gandhi ao arquiteto Siza Vieira pelo trabalho feito em prol da "Globalidade Justa, Igualdade Inter-Étnica, Fraternidade e Carreira Internacional".



O prémio, atribuído pela Confederação Portuguesa do Yoga, já distinguiu em anos anteriores Mário Soares, Médicos sem Fronteiras, o ex-presidente do Brasil Lula da Silva, Dr. Durão Barroso, entre outros.



A Câmara Municipal de Lisboa é a anfitriã desta iniciativa, que envolve ainda a Fundação Inatel, o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, Fundação Pró-Dignitate, Instituto Português da Juventude e Turismo de Lisboa, entre outros.





Fonte da notícia: Expresso

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia de Corpo de Deus

Corpus Christi






O padre Mário Rui Pedras considera que a procissão do Corpo de Deus, que a Igreja Católica realiza hoje, mostra “a ousadia de acreditar que Cristo está vivo e de o levar pelas ruas”.



“Aquilo que de melhor a Igreja tem para oferecer a cada homem e mulher é esta afirmação simples, de que Cristo está connosco até ao fim dos tempos, e que a forma concreta de nos encontrarmos com ele é comungando-o, adorando-o e seguindo-o no concreto desta manifestação tão singular e tão bela” sublinha o pároco de São Nicolau, em declarações ao programa da Igreja Católica, na Antena 1.



Numa entrevista que poderá ser acompanhada esta noite, a partir das 22h45, o sacerdote aborda a forma como esta tradição religiosa, incorporada na Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, tem marcado a história da cidade de Lisboa, desde há quase 8 séculos.



Se no tempo da ocupação espanhola, no século XVI, o rei Filipe I considerou a celebração lisboeta como a “mais concorrida e solene”, durante a regência de D. João V ela “ganhou uma tal dimensão que os estrangeiros registavam em 1730 uma pompa que ultrapassava tudo o que se pratica em outros lugares da cristandade” realça Mário Rui Pedras.



Este exemplo de adoração e fervor popular sobreviveu mesmo às primeiras décadas de implantação da República em Portugal, a partir de 1910, altura em que “se proibiram todos os dias santos da Igreja e se interrompeu o culto público”.



Retomada nos anos 50 do século XX, “ainda que muitas vezes só nos claustros da Sé” e restaurada publicamente pelo cardeal António Ribeiro, nos anos 70, a procissão do Corpo de Deus assume-se hoje como a “mais antiga e participada” de todas as manifestações religiosas deste género.



Esta quinta-feira, segundo o sacerdote, deverão marcar presença nesta “caminhada” cerca de 10 mil pessoas, crentes e não crentes, que acompanharão “Cristo Ressuscitado” pelas ruas da baixa lisboeta.



“Muitas têm a primeira experiência de contacto com esta realidade” aponta o pároco de São Nicolau, para quem o segredo desta adesão está sobretudo na forma “digna e bela” como este ato de culto é realizado.



A Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo é celebrada todos os anos pela Igreja Católica, sempre na quinta-feira imediatamente a seguir ao domingo da Santíssima Trindade.



Conhecida popularmente como “Corpo de Deus”, começou por ser assinalada em 1246, na cidade de Liège, na atual Bélgica, tendo sido alargada à Igreja latina pelo Papa Urbano IV através da bula "Transiturus", em 1264.



A "comemoração mais célebre e solene do Sacramento memorial da Missa", nas palavras de Urbano IV, recebeu várias denominações ao longo dos séculos: festa do Santíssimo Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo; festa da Eucaristia; festa do Corpo de Cristo.



Hoje denomina-se solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, tendo praticamente desaparecido a festa litúrgica do "Preciosíssimo Sangue", a 1 de julho.



A procissão com o Santíssimo Sacramento é recomendada pelo Código de Direito Canónico, no qual se refere que "onde, a juízo do Bispo diocesano, for possível, para testemunhar publicamente a veneração para com a santíssima Eucaristia faça-se uma procissão pelas vias públicas, sobretudo na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo" (cân. 944, §1).





Fonte da notícia: Agência Ecclesia

domingo, 12 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia dos Açores celebra-se esta Segunda-feira, 13 de Junho, na Praia da Vitória

Celebrating «Azores Day», this monday, June 13th








Os Açores comemoram na segunda-feira o Dia da Região, este ano com as comemorações a decorrer na Praia da Vitória, na Terceira, com um programa que suscitou alguma polémica por incluir uma tourada à corda.





O Dia dos Açores, instituído em 1980, celebra-se sempre na ‘Segunda-Feira do Espírito Santo’, data escolhida pelo parlamento regional por ser considerado “o mais popular dia de repouso na região”.




A comemoração deste dia pretende ser uma “afirmação da identidade dos açorianos, da sua filosofia de vida e da sua unidade regional”, enquanto “base e justificação da autonomia política” da região.




Nesse sentido, a inclusão de uma tourada no programa gerou alguma polémica, atendendo a que, apesar de ser uma tradição na Terceira, ilha que acolhe as comemorações deste ano, não pode ser considerado um evento representativo de todo o arquipélago.




As comemorações deste ano, numa organização conjunta da Assembleia Legislativa e do Governo Regional, começam com um desfile da charanga dos bombeiros, de escuteiros e das 10 bandas filarmónicas do concelho da Praia da Vitória.




O ponto alto será a sessão solene, durante a qual vão ser impostas 40 insígnias autonómicas que distinguem cidadãos e instituições que se notabilizaram por feitos cívicos ou serviços prestados à Região.




Na cerimónia deste ano serão impostas nove insígnias de Reconhecimento, trinta de Mérito e uma de Dedicação, não tendo sido atribuída nenhuma Insígnia Autonómica de Valor, a mais alta distinção da Região.




O reitor da Universidade dos Açores, Avelino Meneses, o político e jornalista Jorge do Nascimento Cabral, a título póstumo, a Associação de Jovens da Fonte do Bastardo, que se sagrou campeão nacional de voleibol, e a Esquadra 752, dos Puma e Aviocars da Base Aérea 4, nas Lajes, são alguns dos condecorados.




No final da sessão solene, que terá lugar no Auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória, os convidados seguem para uma tenda montada junto à Marina, onde serão servidas as tradicionais Sopas do Espírito Santo.




Ao final da tarde, o areal da Praia da Vitória será palco de uma tourada à corda, encerrando o programa à noite com o espetáculo ‘Pulsar do Sonho’, uma produção da Academia da Juventude que será apresentada num palco montado na marginal da cidade.




Este espetáculo de duas horas de duração, que alia som e imagens em movimento, envolve cerca de três dezenas de artistas, dando a conhecer projetos musicais modernos que se baseiam na música açoriana tradicional.




As comemorações do Dia da Região têm vindo a ser realizadas em vários concelhos dos Açores e junto das comunidades emigrantes, tendo as mais recentes decorrido nas Velas, em S. Jorge (2008), em Toronto, no Canadá (2009), e no Corvo (2010).






Fonte: AO Online

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia de Portugal

Day of Portugal








O presidente da Comissão Episcopal da Mobilidade Humana (CEMH) enviou uma saudação especial aos milhares de portugueses espalhados pelo mundo, no âmbito do Dia de Portugal e das Comunidades, garantindo-lhes o apoio das missões católicas.



“Há mais de cinquenta anos que nós temos essas redes na Europa, e na América já há muito mais tempo, e elas procuram estar atentas aos imigrantes e novos imigrantes, na ajuda ao primeiro impacto para conhecerem o mundo laboral e social em que estão” realça D. António Vitalino, em entrevista ao Programa ECCLESIA, da RTP2, que pode ser acompanhada esta sexta-feira, a partir das 18 horas.



O prelado pede à comunidade portuguesa no estrangeiro que “conserve um grande amor à sua terra, à família e à pátria, apesar de desiludidos com a crise que afeta o país, e procurem assumir as suas responsabilidades, sendo bons cidadãos, bons trabalhadores, sem esquecer as pessoas que deixam em Portugal”.
Segundo dados divulgados esta terça-feira pelo INE, a atual crise económica levou mais de 23 mil portugueses a emigrar no ano passado, o que representa um aumento de 41%.



D. António Vitalino considera que “a maioria imigra por motivos de ordem económica, estão desempregados ou em subemprego, alguns por motivo de estudos, por melhores ofertas, sobretudo aquelas pessoas que se dedicam à investigação”.



“Há ainda que contar com aqueles que emigram sem se inscreverem nos consulados, o que faz com que o número possa ainda ser maior” aponta o presidente da CEMH.



As missões católicas, para além de prestarem apoio pastoral e sociocaritativo, funcionam como um ponto de informações e contactos, ajudando no reagrupamento familiar dos imigrantes, na procura de casa e na educação e catequização das crianças.



“Só em Genebra”, revela o prelado, “a catequese da missão católica é frequentada por mais de 2 mil crianças e dificilmente cá em Portugal encontramos uma paróquia com essa dimensão”.



Para D. António Vitalino, que viveu 10 anos na Alemanha, a dimensão religiosa tem um papel fundamental na integração social dos imigrantes, que “não se podem fechar num gueto”.



“Constato que aqueles que procuram viver a sua fé têm normalmente menos problemas, sentem-se mais seguros, mais identificados e conseguem construir mais rapidamente comunidade, quer com os seus compatriotas quer com aqueles que os acolhem” sublinha.



O presidente da CEMH desafia os imigrantes a fomentarem o “diálogo com as outras línguas”, mantendo sempre a sua identidade e cultura.



Na sua mensagem para o 10 de junho, o presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, apelou a todos os portugueses da diáspora para que apoiem Portugal, sublinhando que “todos” não são demais para ajudar o país a superar a situação difícil que atravessa.



“Aquele que emigrou era, por natureza, um inconformista. Aspirava a mudar de vida, não se resignou. É esta nota de inconformismo e ambição que importa sublinhar como exemplo”, sustentou.



Cavaco Silva vai atribuir condecorações a 19 personalidades das comunidades portuguesas e a cidadãos estrangeiros, por ocasião do Dia de Portugal, entre os quais a irmã Maria dos Reis Gaio, missionária em Marrocos há 40 anos.


Fonte: Agência Ecclesia

terça-feira, 7 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Passos Coelho, o novo Primeiro Ministro Português

Passos Coelho, the new Portuguese PM

Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos

To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds


O início da história de vida de Pedro Passos Coelho tem passos comuns a muitas histórias vulgares na época. Aos cinco anos foi com os pais para Angola. Regressou a Portugal depois do 25 de Abril de 1974. Tinha na altura dez anos. Foi viver para a região de Trás-os-Montes.



É o concelho de Vila Real que guarda muitas das memórias daquele que daqui a dias se vai tornar no primeiro-ministro mais novo de Portugal. Pedro era filho de um médico muito estimado na região. António Passos Coelho fazia quilómetros em nome de quem precisava de cuidados. E muitas vezes ia acompanhado pelo filho Pedro.
Antigos professores e amigos em Vila Real dizem que é um líder natural e contam histórias de um rapaz bem comportado e de espírito altruísta. O pai destaca que «sempre foi muito humano».
Da família herdou ainda a capacidade de conter as emoções e os gastos. É poupado e só gasta além da conta quando se trata de livros e discos. Desde sempre gostou de ler e ouvir música erudita.
A música faz parte da sua vida e, mais do que ouvir, Passos teve aulas de canto. E, segundo conta, podia mesmo ter feito carreira da música. «A minha professora dizia-me que tinha talento para cantar. E tinha uma boa voz», revela. Uma voz conhecida agora pelos portugueses. Uma voz que sobressaiu quando no passado domingo cantou o hino durante o discurso de vitória.
O percurso de Pedro Passos Coelho nem sempre foi linear. A fazer lembrar a história contada pela sua antiga professora Mia Sequeira, que um dia, para tentar explicar à turma a difícil noção de tempo, desenhou no quadro uma linha recta. E Pedro, com 10 anos na altura, disse que não via as coisas da mesma forma e deu-lhe alguma curvatura.
«Com um gesto fez uma linha em hélice e disse: tanto pode ser na horizontal como na vertical. Pode servir para vermos o passado, situamo-nos no presente e podemos melhorar o futuro», conta Mia Sequeira. E no tempo da vida de Passos Coelho dificilmente se reconhece uma linha recta. Ele fez um tempo ao contrário. Estudou tarde. Casou e teve filhos cedo.
Acumulou a liderança da JSD com o cargo de deputado. Em 1999 deixou o Parlamento para se dedicar ao curso de economia, que terminou aos 36 anos. Foi administrador de empresas. Regressou à política em 2005 como vice-presidente de Marques Mendes. Perdeu as eleições directas de 2008 para Ferreira Leite. Mas, mesmo tendo sido excluído das listas de deputados nas últimas legislativas, não saiu de cena. Em 2010 chegou à liderança do PSD.
Olhando para o passado, diz que o «entra e sai» da política lhe trouxe um trunfo. «O desprendimento que sempre tive em relação à política talvez me tenha facilitado a opção de ter largado a política em vários momentos. Tornou-me mais vulgar do que aqueles que querem mudar o mundo e aproximou-me mais da generalidade das pessoas».
Diz ser um homem de família. Tinha 21 anos quando conheceu a primeira mulher, Fátima Padinha, uma das quatro vocalistas da então muito conhecida banda Doce. Em 1988 já era pai de uma menina, a Joana. Em 1993 nasceu a segunda filha, Catarina. O casamento durou 18 anos.
Actualmente é casado com Laura Garcês Ferreira e juntos têm uma filha, Júlia, que nasceu em 2007. Vive em Massamá, no concelho de Sintra.






Fonte da notícia: IOL

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia Mundial da Criança

International Children's Day


Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos


To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds





No dia 1 de Junho como é sabido comemoramos o dia mundial da Criança. Muitas vezes, associamos esta data à festa de entrega de presentes aos mais novos, no entanto, deverá ser também um dia em que deveremos pensar nas centenas de crianças que sofrem maus tratos, são vítimas de discriminações, doenças e fome. Assim, esta semana propomos que efectue uma visita virtual a um espaço dedicado às crianças, por conseguinte, faça-se acompanhar pelos mais novos ou sugira este sítio.



Da responsabilidade do grupo Texto Editores, o sítio www.junior.te.pt é um espaço para as "crianças com informação, diversão e actividades em áreas diversas, adequado aos três diferentes níveis etários que abrangem a Educação Pré-escolar, o 1º Ciclo e o 2º Ciclo do Ensino Básico."



Ao entrarmos neste sítio e observarmos tudo aquilo que nos é apresentado, desde as cores, às personagens, dos desenhos aos tipos de letra escolhidos, tudo está perfeitamente enquadrado com o público-alvo a que se destina.



Na opção "jardim", entramos no espaço dedicado às crianças que frequentam o jardim-de-infância onde há muito para descobrir. Desde a possibilidade de sabermos mais acerca dos animais, ouvir histórias infantis muito bem animadas, jogar alguns jogos pedagogicamente enquadrados com as crianças do pré-escolar e ainda, aprender algo sobre as diversas profissões.



Em "Rua", temos ao dispor um conjunto elevado de conteúdos dedicados aos alunos do 1º ciclo. Em ambiente podemos ver algumas curiosidades sobre a reciclagem, por outro lado em famosos, dispomos de diversas biografias das principais pessoas das artes, história, música, literatura, etc. e ainda, música, jogos e desporto.



Por último em "Bairro", encontramos recursos inteiramente dedicados aos mais novos que frequentam o 2º ciclo. Assim, com outro tipo de apresentação gráfica, podemos aprofundar os conhecimentos sobre o nosso país (história, locais, efemérides), sobre o mundo animal, algumas curiosidades bastante interessantes, aprender a melhorar o meio ambiente, a fazer bolos, entre outros conteúdos perfeitamente enquadrados e pedagogicamente bem estruturados.



É de facto, riquíssimo este espaço virtual onde o lazer, a responsabilidade social e a aprendizagem estão de mãos dadas numa plataforma inteiramente dedicada aos mais novos.



Fernando Cassola Marques


Fonte da notícia: Agência Ecclesia


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer