} Galeriacores Cartoon Notícias: Novembro 2010

Home

 

Galeriacores Cartoon Notícias

Um blog de cartoons sobre as notícias da actualidade. Um sector informativo do Grupo Galeriacores.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Como ser feliz

How to be happy Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



As dicas do psiquiatra George Vaillant que os vão ajudar a alcançar a felicidade. Após mais de três décadas de investigação, George Vaillant, psiquiatra, não tem dúvidas.


Para este investigador, a felicidade está longe de ser aquilo que julgamos!


De um lado a razão, do outro a emoção e ao centro, tentando decifrar as ligações entre estes dois mundos, encontramos George Vaillant, um reconhecido psiquiatra norte-americano que não segue apenas a sua visão objectiva da ciência e procura outras respostas, analisando as emoções que fazem dos seres humanos... seres humanos!


Durante mais de 35 anos, dirigiu o Study of Adult Development, um estudo realizado por investigadores de Harvard e que, em sete décadas, avaliou a saúde, bem-estar psicológico e as experiências de 268 pessoas para identificar os indicadores do envelhecimento saudável. George Vaillant, professor de Psiquiatria na Harvard Medical School e psicanalista, acredita no poder das emoções positivas e, em conversa com a saber viver, apontou as palavras indispensáveis no léxico de todos aqueles que pretendem viver mais e melhor.


Analisou, durante décadas, a vida de centenas de pessoas. O que retirou desta experiência?

Concluí que o único factor realmente determinante na saúde, ao longo da vida e no sucesso do envelhecimento, são as relações duradouras. Neste estudo, acompanhei pessoas desde a adolescência até se tornarem avós e fiquei impressionado ao perceber o quão irrelevante é a classe social dos pais, a religião e até mesmo a noção convencional de quociente de inteligência para o desenvolvimento humano. Em contraste, as relações e as emoções parecem ser críticas no processo de adaptação.


Recorda-se de algum episódio?

Lembro-me de uma situação, que se repetiu vezes sem conta, quando entrevistei um casal de 78 anos que me disse que os últimos cinco anos tinham sido os mais felizes das suas vidas. Estavam extremamente satisfeitos com o seu casamento, viviam numa comunidade à beira-mar onde partilhavam a casa com os quatro filhos que os visitavam regularmente. Transmitiam um sentido de união e partilha.


Essa felicidade deve-se ao facto de já não sentirem o stress do trabalho?

Não acho que o trabalho seja uma fonte de stress, até é algo divertido. Penso que esta satisfação se deve, sobretudo, à sensação de liberdade que surge nesta fase da vida, à noção de liberdade na forma como passamos o tempo, uma vez na reforma.


O que descobriu sobre as estratégias que as pessoas encontram para superar as dificuldades que surgem ao longo da vida?

Todos nós possuímos mecanismos que nos ajudam a superar as adversidades. São respostas involuntárias que podem ser positivas ou negativas. As primeiras incluem comportamentos que têm a outra pessoa em consideração, como a compaixão, empatia ou altruísmo que são essenciais para a resiliência humana. Nas segundas insere-se a projecção, ou seja, culpar os outros pelos nossos próprios actos ou sentimentos, um tipo de resposta que nos isola e deixa mais infelizes.


É possível atingir a felicidade?

Antes de mais, é importante compreender que a felicidade é algo cognitivo, está na cabeça, enquanto a alegria está no coração. O problema com a noção convencional de felicidade é que está centrada na própria pessoa.


Por que é importante pensar também nos outros

Não devemos, portanto, pensar em nós próprios?

Um estudo longitudinal como este mostra que a felicidade centrada apenas no «eu» não funciona.


A felicidade autêntica, a alegria que vem do coração, tem de ser necessariamente relativa a outra pessoa.


É neste envolvimento com as pessoas (e não apenas connosco próprios) que reside a melhor fonte de emoções positivas.


Pode dar um exemplo?

Ao final do dia em vez de julgar que é feliz porque comprou um vestido de marca a preço de saldo, pense no que lhe aconteceu hoje que lhe permitiu fazer algo positivo ou pelo qual esteja grata. Estas emoções, compaixão, alegria, confiança, amor, gratidão, são fundamentais e, embora nem todas sejam associadas à felicidade, a verdade é que as coisas que julgamos fazer-nos felizes não nos conseguem levar a estas emoções.


Como podem as pessoas afastar-se da felicidade material?

A fórmula mais simples é não pense menos sobre si próprio, pense menos em si. Ao estudar vidas ao longo do tempo percebemos que o dinheiro, o aspecto material, não tem ligação com a felicidade. Se falar com pessoas reformadas perceberá que aquelas que se sentem felizes são as que têm relacionamentos duradouros, as que passam menos tempo a coleccionar selos e mais a ensinar os netos.


Quando é que as pessoas se apercebem disto?

Pessoas diferentes reagem a diferentes mensagens. Se passar a vida a ler revistas de moda e se ceder à influência do marketing sentir-se-á infeliz, porque o principal objectivo da publicidade é fazê-la feliz apenas quando compra o que eles querem. Quando aprender a ignorar as pessoas que querem vender-lhe algo e prestar atenção a quem dá valor ao que tem para partilhar aí será realmente feliz.


Qual o papel das crianças na nossa felicidade?

As crianças são um bom exemplo. Representam tanto trabalho e preocupações, têm a capacidade de nos deixarem infelizes, mas, ao mesmo tempo, se há algo que pode fazer-nos tremendamente felizes é uma criança. Por exemplo, quando as vê a brigar ou a rastejar pelo chão o dia todo só lhe apetece fugir para uma ilha tropical mas, nessa mesma noite, quando elas já estão deitadas, se pensar em três razões porque está contente por ter ficado sentirá essa gratidão.


Actualmente, os obstáculos à felicidade diferem muito daqueles que as pessoas que estudou tiveram de enfrentar?

Não. O egoísmo e isolamento social são os mesmos de sempre. Outras situações como viver sob o limiar da pobreza, doente ou com fome também não mudaram ao longo do tempo.


No livro «Spiritual Evolution» afirma que a espiritualidade não está nos textos sagrados mas na capacidade humana para as emoções positivas. Podemos ser felizes sem uma religião?

O seu coração não se importa se é católico, judeu, muçulmano ou evangélico. A sua cabeça preocupa-se com isso, mas aquilo em que o seu coração acredita é que há uma energia, um poder no universo superior a si e ao qual está agradecido.

O papel da espiritualidade na felicidade

Qual é o papel da espiritualidade?

A fé como crença religiosa está na cabeça e origina guerras. Por outro lado, a fé como confiança espiritual leva-nos à reverência e amor espirituais e está na base da felicidade. Em vez de pensar em crença utilize as palavras compaixão, perdão, reverência, amor, alegria, confiança e gratidão.


Se reparar, é disso que qualquer texto religioso fala. Não se trata de acreditar em Deus mas sim de prestar atenção a essas emoções que o Corão, o Antigo ou o Novo Testamento repetem vezes sem conta. Emoções que a ciência moderna nunca menciona.


Acredita que a ciência poderá vir a compreender as emoções?

O que torna este século muito promissor, a descoberta fantástica é que as emoções positivas podem ser identificadas no cérebro e que as técnicas de imagiologia experimental podem provar aquilo que digo sobre o coração e as emoções positivas.


Afirma que envelhecer não é tão assustador como se julga. Porquê?

As pessoas têm medo da doença, da celulite, das rugas, que os outros não as considerem atraentes, de virem a sofrer de problemas nas articulações. Têm sobretudo medo de um dia virem a parecer que têm 75 anos, mas o que pensam não é verdade. Ninguém aos 80 anos está preocupado com a celulite ou com as rugas. Supera-se, tal como as borbulhas na adolescência.


Mas a doença é um dos grandes receios associados à idadeQuando pensamos em envelhecimento não pensamos na nossa avó saudável, lembramo-nos apenas daquela pessoa que visitámos numa clínica. Mas a doença é diferente da velhice. Estar doente ou a morrer é tão mau aos dez como aos 90 anos. Se admitir que qualquer pessoa em qualquer idade pode morrer, então ter 90 anos e ser relativamente saudável é tão divertido como ter 65 e uma saúde razoável.


O que mostrou a sua pesquisa?

Que o amor, perdão, alegria, confiança, gratidão, reverência espiritual, compaixão são as emoções que nos fazem realmente felizes e que a evolução rumo à espiritualidade tem lugar à medida que amadurecemos. Estatisticamente os casamentos melhoram a partir dos 70 anos e muitos homens admitem que o período entre os 75 e os 85 anos foi o mais feliz das suas vidas.


Como definiria a felicidade?

Felicidade é amor, ponto final.


Texto:
Manuela Vasconcelos


Fonte da notícia: SAPO

sábado, 27 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Madeira ganha Euromilhões

Madeira wins Jackpot
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



Uma sociedade composta por 20 madeirenses residentes nas freguesias de Santo António e S.Roque, no Funchal, alguns afectados pelo temporal de 20 de Fevereiro e com carências, venceu esta semana o "jackpot" do Euromilhões.

A informação foi confirmada à agência Lusa por Joana Silva, proprietária da papelaria da Penteada, na freguesia de S.Roque, no Funchal, onde os boletins foram registados. Joana Silva adiantou que esta sociedade foi constituída há três anos, "alguns entraram, outros saíram, como eu que não ganhei nada", e cada uma das pessoas apostou 18 euros.


"Toda esta gente é carenciada, pessoas do povo, algumas foram muito prejudicadas pelo temporal de Fevereiro, até desalojadas. São todos amigos", salientou. Joana Silva referiu que esta sociedade costuma fazer 30 boletins com seis apostas, 15 números e cinco estrelas, investindo um total de 360 euros, que dividindo por todos dá 18 euros a cada um.

"Vejo nisto a mão de Deus" afirmou, Alberto João Jardim, Presidente do Governo Regional da Madeira.


"Apanhamos o primeiro e um segundo prémio e outros prémios menores, pelo que cada um vai receber cerca de 2,6 milhões de euros", realçou. Joana Silva garante que já todos os vencedores sabem que estão milionários, mas querem o anonimato.


A combinação vencedora do concurso do Euromilhões é composta pelos números 9 - 28 - 36 - 41 - 49 e as estrelas 5 - 7. No concurso desta semana estava em jogo um "jackpot" de 44 milhões de euros.


Fonte da notícia: DN

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Dia de comer peru e dar graças a Deus nos Estados Unidos da América

A day to eat turkey and give grace in the United States of America

A história do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças) começou em 1621 quando os "peregrinos" vindos da Inglaterra para a terra nova, hoje os Estados Unidos, celebraram o agradecimento pela colheita do ano na colônia de Plymouth, Massachusetts. Na ocasião, cerca de 90 índios nativos, os "Wampanoag", participaram da festa dos peregrinos (pilgrims em inglês). Os novos americanos estavam comemorando a benelovência de Deus para com eles num período em que mais da metade dos primeiros colonos tinha morrido por causa do inverno difícil por que passaram. Sem a ajuda dos índios, todos teriam morrido.


Na primeira colheita, o governador William Bradford proclamou um dia de ação de graças e oração a Deus pela provisão dos alimentos. Na festa, um dos principais ingredientes era o peru, que ficou como marco da celebração do Thanksgiving. O cardápio do dia normalmente inclue peru, stuffing (um milho de pão em cubinhos usado como recheio), abóbora, purê de batata, batata-doce, e pastel de abóbora. Estas comidas simples recordam as virtudes rústicas dos primeiros colonos americanos.


Em 1623, um período de seca varreu os Estados Unidos. Os colonos da nova terra proclamaram um dia de jejum e oração e mais uma vez, depois que Deus envia chuva dos céus, é celebrado um dia de ação de graças na terra do Tio Sam. Pouco mais tarde, William Bradford declara que a data de 29 de novembro seria consagrada como dia de oração, onde pastores e líderes agradeceriam a Deus por suas bençãos sobre a nação.


Na história dos Estados Unidos muitas foram as celebrações de Thanksgiving e proclamações de datas em que os americanos se lembrariam de agradecer a Deus. Em 1789 o presidente George Washington proclamou que o Dia Nacional de Ação de Graças deveria ser celebrado na última quinta-feira do mês de novembro, em honra à Constituição dos Estados Unidos.


Thomas Jefferson, o terceiro presidente, revogou esta lei, afirmando que a prática estava incorreta por ser uma "decisão de rei".


Em 1863, Sarah Josepha Hale, autora do poema Mary had a little lamb (Maria teve um pequeno cordeiro), muito conhecido dos americanos, convenceu Abraham Lincoln a proclamar o Thanksgiving como feriado nacional. Para a data, ela escolheu a última quinta-feira de novembro por causa da declaração de George Washington. Em 1041, a data foi oficialmente transferida para a 4ª quinta-feira de novembro.


É interessante perceber que todas as celebrações de Thanksgiving no início da história dos Estados Unidos foram feitas para agradecer a Deus. Não importavam aos novos americanos os maus tempos. O povo sabia que Deus era o criador e provedor de todas as coisas. Este ano a celebração do Thanksgiving acontece esta Quinta-feira, dia 27 de novembro. Happy Thanksgiving Day!


Fonte: Thanksgiving

domingo, 21 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Papa abre as portas do céu ao preservativo

Pope opens the Pearly Gates to contraceptives
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



Bento XVI admitiu o uso do preservativo nalguns casos específicos, mas voltou a defender que este não é o “caminho”, mesmo quando se trata da erradicação da SIDA.


A declaração papal é publicada na edição dominical do jornal do Vaticano, "L'Osservatore Romano", o qual avança com excertos de um livro-entrevista a Bento XVI, a ser apresentado no dia 23 de Novembro.


Falando com o jornalista alemão Peter Seewald, Bento XVI diz a respeito da polémica questão que “pode haver casos isolados justificados, como quando uma prostituta utiliza um preservativo”.


“Isto pode ser o primeiro passo para uma moralização, um primeiro acto de responsabilidade para desenvolver a tomada de consciência de que nem tudo é permitido e que não podemos fazer tudo o que queremos”, assinala.


Para o Papa, contudo, “esta não é a maneira correcta e verdadeira de vencer a infecção do HIV. É verdadeiramente necessária uma humanização da sexualidade".


Bento XVI afirma, na entrevista, que “concentrar-se no profilático quer dizer banalizar a sexualidade e esta banalização representa, precisamente, a perigosa razão pelas quais tantas e tantas pessoas não vêem na sexualidade a expressão do seu amor, mas apenas uma espécie de droga”.


“Por isso, também a luta contra a banalização da sexualidade é parte do grande esforço para que a sexualidade seja valorizada positivamente e possa exercer o seu efeito positivo sobre o ser humano na sua totalidade”, acrescenta.


O Papa aborda ainda a encíclica «Humanae vitae» de Paulo VI, que há mais de quatro décadas consagrou a oposição da Igreja Católica aos métodos artificiais de contracepção.


Para Bento XVI, as perspectivas deste documento “continuam válidas, mas outra coisa é encontrar estradas humanamente percorríveis”.


“Penso que haverá sempre minorias intimamente convencidas da justeza destas perspectivas”, precisou, admitindo o facto de haver católicos que não seguem estas indicações da Igreja.


“Exprimir tudo isto, também do ponto de vista pastoral, teológico e conceptual n contexto da sexologia actual e da investigação antropológica é uma grande tarefa, à qual é preciso dedicar-se mais e melhor”, declarou.


O livro “Luz do mundo. O Papa, a Igreja e os sinais dos tempos” resulta de uma conversa entre Bento XVI e Seewald - que já por duas vezes tinha entrevistado Joseph Ratzinger, ainda cardeal - na residência pontifícia de Castel Gandolfo, perto de Roma, entre os dias 26 e 31 de Julho.


Ao longo de 18 capítulos, o Papa aborda várias das questões mais inquietantes para a Igreja e a humanidade de hoje. A edição portuguesa, da Lucerna, deve estar disponível até final de Novembro.


Fonte da notícia: Agência Ecclesia

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Barack Obama em Portugal para a Cimeira da Nato em Lisboa

Barack Obama's visit to Portugal for the LISBON NATO SUMMIT
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



A manutenção do comando da Nato em Oeiras será o tema quente do almoço que sentará à mesma mesa, amanhã, no Palácio de Belém, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o Presidente da República, Cavaco Silva, e o primeiro-ministro. Este "almoço de trabalho" ficou agendado, depois de a Casa Branca ter declinado há duas semanas o convite feito pela Presidência da República e reiterado pelo primeiro-ministro para que Obama aproveitasse a vinda a Lisboa, no âmbito da cimeira da Nato, e fizesse uma visita de Estado ao país. A Casa Branca recusou o convite, alegando falta de agenda do presidente dos Estados Unidos para uma estada tão longa, que incluísse honras militares, a protocolar passagem pelos Jerónimos e reuniões bilaterais entre ministros dos dois países. Algo que limitou a agenda económica dos encontros. Em contrapartida, o gabinete de Obama sugeriu dois encontros curtos, um com o chefe de Estado português e outro com o primeiro-ministro, e um encontro de negócios, onde serão abordados temas principalmente relacionados com segurança.

O i avançou em Outubro que o encerramento do comando da Nato em Oeiras estava iminente por questões orçamentais. Em resposta, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, referiu, em tom de ameaça, que "o consenso [em torno da nova estrutura de comandos da Nato] é um consenso a 28 e Portugal é parte desse consenso, e sem a vontade de Portugal não haverá reforma da estrutura de comandos". Na semana passada, em entrevista ao semanário "Expresso", Amado acabou por recuar no tom: "É um processo negocial, não vejo razão para que não se mantenha uma vontade política forte de preservar uma estrutura em solo português da Aliança". Essa vontade política vai ser expressa no almoço de amanhã.

É ainda expectável que o presidente dos Estados Unidos queira perceber as sensibilidades dos governantes portugueses sobre a crise que afecta o país e a forma como Portugal está a enfrentar a escalada das taxas de juro para se financiar no exterior. A efectivação de parcerias económicas é, para já, um cenário afastado uma vez que Obama não traz delegações que antecipem acordos económicos. Porém, não será fechada a porta a parcerias futuras.

A chegada do presidente dos EUA ao Palácio de Belém está marcada para as 13 horas de amanhã. Obama terá honras militares e irá tirar a foto oficial na Sala das Bicas, onde irá assinar o livro de honra, seguindo-se o encontro a sós com Cavaco Silva. Depois, os dois chefes de Estado dirigem-se à sala de jantar do palácio, onde os esperam o primeiro-ministro e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, os embaixadores de ambos países, a chefe da diplomacia norte-americana, Hillary Clinton, e o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA.

É a primeira vez que Obama e Cavaco se juntam numa reunião formal, lembrou ao i Abílio Morgado, consultor de Assuntos de Segurança Nacional do Presidente da República. "Este encontro permitirá a sedimentação de relações pessoais e bilaterais ao mais alto nível".

Para além da questão da manutenção do comando da Nato em Oeiras, que está em perigo desde que os EUA anunciaram que iriam reduzir o número de efectivos e de comandos na Europa por razões de contenção económica, será abordado o papel de Portugal no quadro da Nato como país que tem forças destacadas no Afeganistão e em teatros europeus e africanos. A proximidade do país a África, no quadro da Comunidade de Língua Portuguesa, deverá ser ainda um dos argumentos utilizados pelos governantes portugueses para a manutenção do comando da Aliança em território nacional. No âmbito bilateral, Cavaco Silva não se deverá esquecer de abordar o papel da comunidade portuguesa nos Estados Unidos.

Já o embaixador norte-americano em Portugal, Allan Katz, que também estará presente no almoço, defendeu ontem que "os encontros bilaterais vão permitir mais empenho numa série de encontros e oportunidades para os EUA e para Portugal na área das ciências, na área da economia". A título de exemplo, Allan Katz, relembrou o trabalho feito entre o ministério da Ciência e da Tecnologia português e a NASA, a agência espacial norte-americana: "E isso [deixou de acontecer] não porque alguém tenha dito ''não queremos trabalhar com Portugal'' ou ''não queremos trabalhar com os Estados Unidos''." O embaixador levantou ainda a possibilidade "de trazer mais americanos para a área do turismo". "Portugal é um dos melhores sítios do mundo e é relativamente desconhecido nos EUA".

Depois de Belém, Obama irá ainda passar por São Bento para um encontro com o primeiro-ministro, onde será presenteado com um astrolábio, seguindo posteriormente para a cimeira da Nato, que se realiza em Lisboa durante o fim-de- semana e tem hora de início marcada para 16h30.

Com Joana Azevedo Viana


Fonte da Notícia: I Online

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Vinho português é do melhor que há

Portuguese wine is the very best there is

Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.




O projecto vinícola português VinePAT venceu a iniciativa «Cockrell School of Engineering Championship», do Concurso «Idea to Product (I2P) Global Competition», realizado na Universidade do Texas em Austin, Estados Unidos. Foi desenvolvido nas universidades do Minho e Católica e no Laboratório Nacional de Energia e Geologia, de acordo com o site da Universidade do Minho.


Fonte da Universidade do Minho adiantou à Lusa que o VinePAT «é um sistema de recolha e análise de dados, baseado em técnicas de espectroscopia e Tecnologia Analítica de Processo (PAT), que permite aos viticultores controlar a qualidade das uvas que produzem» e «decidir sobre os tratamentos a aplicar na fase de maturação das uvas, bem como a altura óptima para a vindima».


A equipa integrou os investigadores Rui Martins (Departamento de Biologia da Universidade do Minho) e César Ferreira (Universidade Católica) e os estudantes de MBA João Ferreira e Joaquim Valente (EGP - University of Porto Business School).


Segundo a UMinho, «o sistema envolve um dispositivo portátil que recolhe múltiplos parâmetros e, em tempo real e de forma não invasiva, fornece numa plataforma online, a informação rápida e suficiente para o viticultor. Ou seja, o método é uma espécie de raios X químico à uva ou a impressão digital desta».



Fonte da notícia: IOL

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Computador no colo afecta qualidade do esperma

Laptop Usage Can Lead to Low Sperm Count and Infertility
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



Utilizar o computador portátil no colo pode afectar a qualidade do esperma. O alerta é feito num estudo da State University of New York e publicado na revista «Fertility and Sterility».


O coordenador do estudo, Yelim Sheynkin, diz, citado pelo jornal brasileiro «Folha de São Paulo», que há pouco a fazer para resolver este problema. A única coisa a fazer é trabalhar com o portátil em cima da mesa.


Os autores do estudo mediram a temperatura do escroto de 29 jovens que trabalhavam com os portáteis sobre os joelhos. Mesmo com a utilização de um suporte para computador, os escrotos dos jovens sobreaqueciam com grande rapidez. Ora, esse sobreaquecimento não é saudável para a qualidade dos espermatozóides.


«Depois de apenas dez ou 15 minutos, a temperatura dos escrotos já está acima do que consideramos seguro. Mas os homens nem percebem», disse Yelim Sheynkin. A anatomia humana está preparada para que os testículos estejam a uma temperatura mais baixa do que a do restante organismo. Por isso mesmo, eles ficam fora do organismo e não dentro. Essa diferença de temperatura é fundamental para a produção do esperma e fica ameaçada com o calor produzido pelos portáteis, quando utilizados no colo.


O aumento de um grau na temperatura do escroto é suficiente para prejudicar a qualidade do esperma. E não é só o calor produzido pelo funcionamento do computador que se torna prejudicial. Trabalhar com o portátil sobre os joelhos exige manter as pernas imóveis e fechadas. Depois de uma hora nessa posição, os cientistas constataram que a temperatura dos testículos sobe 2,5ºC.


Fonte da notícia: IOL

domingo, 14 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Jovem de 12 anos é assassino contratado no México

A 12 year old boy is a contract assassin in Mexico
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



As autoridades mexicanas lançaram uma «caça ao homem» para encontrar aquele que poderá ser o mais novo assassino contratado de sempre. «El Ponchis» tem 12 anos e é suspeito de ser um dos assassinos que trabalha para um cartel de droga mexicano. Segundo a imprensa local, o jovem de 12 anos cobra 2188 euros por morte.


O jornal mexicano «La Razón» afirma que o rapaz se dedica a «executar, torturar, degolar e atirar para a estrada, caminhos de terra e terrenos baldios os seus adversários ou os que se recusam a pagar a renda».


O jovem trabalha alegadamente para o Cartel do Pacífico Sul, no Estado de Morelos, próximo à Cidade do México, segundo o procurador estadual Pedro Luis Benitez. Em entrevista a uma rádio local, declara que «El Ponchis» é apenas um dos vários adolescentes que comete crimes a mando dos traficantes.


«Estes menores ainda não estão plenamente desenvolvidos, o que torna fácil influenciá-los, dar-lhes uma arma, fingir que é de plástico e leva-los a pensar que é uma brincadeira», disse Benitez, citado pela Reuters. «São persuadidos a realizarem actos terríveis, mas não percebem o que fazem».


Benitez disse que esta semana soldados prenderam dois adolescentes, inclusive uma grávida, supostamente ligados ao Cartel do Pacífico Sul. Crimes cometidos por menores, de pequenos furtos a homicídios, dispararam neste ano no México, segundo as autoridades.


Fonte da notícia: IOL

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Raios X fazem 115 anos

The X Ray is 115 years old
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



O nome de Wilhelm Röntgen provavelmente não diz nada à maior parte da população, mas já quase toda a gente deve ter utilizado a descoberta que o físico alemão fez a 8 de novembro de 1895: os raios X .


Pelo menos assim o indicam os números, segundo a Organização Mundial de Saúde todos os dias são feitos 10 milhões de raios X por dia no mundo. Uma estimativa da Direção-Geral de Saúde diz que em Portugal se fazem 10 milhões por ano.


Graciano Paulo, professor coordenador de Radiologia na
Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra , alerta para a atual exposição do ser humano à radiação. "O nível de exposição à radiação para fins médicos já ultrapassou o nível de exposição a que o ser humano está sujeito pelo facto de estar vivo, a chamada radiação natural."


O
Google assinala a data com um logotipo especial na sua homepage, no qual faz uma radiografia ao próprio nome.


Ver além da pele


Há 115 anos, Wilhelm Röntgen percebeu, enquanto fazia experiências com descargas elétricas, que havia uma substância que tinha a capacidade de atravessar a matéria e provocar o enegrecimento de placas com
platinocianeto de bário , o que permitia ver além da pele.


A mão de mulher de Röntgen foi a primeira radiografia tirada


Perante a descoberta, o físico alemão chamou a mulher para cobaia e testou na sua mão o que tinha descoberto, tirando-lhe a primeira radigrafia da História.


Com a radiografia à mão da mulher de Wilhelm Röntgen estavam dados os primeiros passos dos raios X. Os novos raios criaram o diagnóstico pela imagem e a evolução ao longo do anos tornou possível exames como a mamografia e a anxiografia. Hoje em dia, com a ajuda dos raios X pode tratar-se um grande conjunto de doenças sem ser necessário recorrer à cirurgia, como colocar dentes nos vasos sanguíneos.


As conclusões de Wilhelm Röntgen tornaram-se conhecidas a 28 de dezembro de 1895, quando o físico alemão publicou o artigo "Sobre uma nova espécie de raios", que viria a ser apresentado e discutido na Academia de Ciências.


Pai da Radiologia


Apesar da importância da descoberta, o "pai da Radiologia" preferiu que os raios não tivessem o seu nome, atribuindo-lhes sempre a designação de X, muito utilizada na Matemática para algo que não é conhecido.Nascido na Alemanha em 1845, Wilhelm Röntgen viveu desde pequeno com a família na Holanda. Depois de se ter doutourado na
Universidade de Zurique dedicou-se às universidades onde lecionou. Em 1879 foi chefe do departamento de Física da Universidade de Giessen , em 1888 foi físico chefe da Universidade de Würzburg e em 1900 físico chefe da Universidade de Munique .A descoberta dos raios X valeu-lhe o Prémio Nobel da Física em 1901. O físico alemão nunca registou qualquer patente.


Nas comemorações dos 115 anos da descoberta dos raios X, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra realiza nos próximos dias 19 e 20 um
congresso sobre radiologia .


Fonte da notícia: Expresso

domingo, 7 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


A classe média portuguesa está a chegar à sopa dos pobres

Portuguese middle class is approaching the soup for the poor
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



Ficaram sem ter como pôr comida na mesa e começam agora a engrossar as filas nas instituições que prestam ajuda assistencial. Muitos dos 280 mil portugueses que dependem dos cabazes do Banco Alimentar contra a Fome são da classe média. Tinham emprego, férias, acesso à net e tv por cabo, cartão de crédito. Ficaram com uma casa para pagar ao banco, um subsídio de desemprego que tarda a chegar - quando chega - ou que já acabou. Um carro que já não sai da garagem.


Chegam à Assistência Médica Internacional (AMI), à Caritas ou às Misericórdias e pedem comida, ajuda para pagar os livros dos filhos, a mensalidade da casa, a conta da farmácia. Pedem, sobretudo, que não lhes divulguem o nome, porque nunca se imaginaram na posição de quem faz o gesto de estender a mão a pedir ajuda. "São pessoas que [nas cantinas comunitárias] comem viradas para a parede, têm vergonha de ser vistas ali, se lhes perguntamos o nome, fogem...", ilustra Manuel Lemos, o presidente da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), em cujos refeitórios comunitários (que substituíram as velhíssimas sopas dos pobres) "a procura aumentou entre 200 a 250 por cento".

Ainda nos refeitórios das misericórdias, as médias etárias baixaram "dos 65 ou mais para os 42 anos ou menos", calcula Manuel Lemos. E que quem ali vai já não são só os sem-abrigo, os velhos e os inempregáveis do costume. Prova-o a forma como se vestem. "São pessoas arranjadas e cuidadas, nota-se que já tiveram a vida mais equilibrada. Ficaram desempregadas, ou aconteceu-lhes outro qualquer desarranjo, mas naturalmente não deitaram a roupa fora...", conjectura o padre Rubens, da Igreja do Marquês, no centro do Porto, onde noite sim, noite sim, comem cerca de 200 pessoas, num serviço que foi concebido no ano passado para 40 (ver texto ao lado).

Na maioria das vezes, os pedidos chegam por email. "Desde o ano passado que nos chegam pedidos de professores, advogados, engenheiros: profissões que nada fazia prever que precisariam de ajuda institucional", diz Daniela Guimarães, educadora social na Cáritas do Porto. Por causa destes novos utentes, a Cáritas ampliou a sua oferta, que era alimentar e de vestuário. "Este ano criámos apoio medicamentoso, e, entre Janeiro e Outubro, investimos 5063 euros em medicação. Os apoios pontuais para pagar a água, a luz ou renda também não existiam, mas as pessoas começaram a chegar aqui já com a luz cortada ou com as casas em situação de execução fiscal e tivemos que começar a intervir aí também."

Na distribuição de roupa também houve alterações. "As terças-feiras à tarde continuaram a ser maioritariamente para os sem-abrigo e depois abrimos mais um dia para as outras pessoas que sempre viveram bem e que de repente...". E que repente ficam com os bolsos vazios a sugerir a necessidade de um emprego. Pessoas que, mesmo com emprego, de repente baixam a cabeça para contar que o dinheiro já não chega sequer para o café diário. "Há dias uma funcionária pública contava-me que, perante as colegas, disse que o médico a proibira de tomar café, porque tinha vergonha de assumir que não tinha dinheiro para as acompanhar."

Na maior parte das vezes, os pedidos chegam quando a retaguarda familiar já se desmoronou. E depois há "os recibos verdes, que não se encaixam nas "gavetas", porque não preenchem os requisitos para nenhum tipo de apoio", nota Daniela Guimarães.

Fechados em casa com fome

Menos mal quando pedem ajuda. Nos centros Porta Amiga, da AMI, 7026 pessoas pediram apoio social no primeiro semestre de 2010. Cerca de 75 por cento do total de 2009. A maioria entre os 21 e os 59 anos, ou seja, com idade para estar a trabalhar. Mas a coordenadora regional do Porto da AMI, Cristina Andrade, lamenta é pelos que não chegam a sair de casa. "Há muita gente fechada em casa, a passar fome. Com vergonha de sair porque nunca na vida pensaram ter que recorrer a uma instituição. Antes de cá chegarem, já venderam o recheio da casa, acumularam dívidas e só vêm quando as coisas estão em tribunal ou quando não têm para dar de comer aos filhos", relata. E insiste numa ideia que há-de repetir várias vezes: "Pedir ajuda é um direito, as pessoas têm que perder a vergonha de o fazer."

Não é algo que vá acontecer facilmente, na óptica do sociólogo Elísio Estanque. "Há aqui uma inconsistência de status. Do ponto de vista simbólico, as pessoas criaram uma imagem e um estatuto de classe média, mas agora vêem-se aflitas porque os orçamentos deixaram de cobrir os consumos a que estavam habituadas, e, portanto, deixaram de ter meios para responder em coerência com essa expectativa simbólica." "Escondem-se, porque ninguém gosta de ostentar a sua miséria, muito menos pessoas que tinham projectado para o exterior um estatuto diferente", especifica o autor do estudo Classes e Desigualdades Sociais em Portugal, publicado em 1997, em co-autoria com José Manuel Mendes. A situação actual só surpreende quem não andou atento aos números. Em 2003, o INE dizia que 20,4 por cento da população estava em risco de pobreza, ou seja, tinha rendimentos inferiores a 414 euros mensais. Em 2008, José Sócrates orgulhava-se de ter reduzido essa taxa para os 18,9 por cento. Se tivéssemos olhado para aqueles números antes das transferências sociais, percebíamos que a taxa de pobreza tinha aumentado na realidade de 41,3 por cento, em 2003, para os 41,5 em 2008. Agora, "o cenário está pior, com um peso muito maior de desempregados entre os pobres", reflecte Bruto da Costa, sem, contudo, arriscar números. Para percebermos como chegamos aqui temos que recuar alguns anos. "Por causa do crescimento económico, do desenvolvimento da administração pública e de um processo de concentração urbana muito brusco, entre outros factores, os trabalhadores começaram a acreditar que podiam pertencer à classe média e isso, aliado à facilidade de crédito, ajudou a que ficassem mais disponíveis para a compra de casas, assim como para os empréstimos para aquisição de carros, telecomunicações, equipamentos de longa duração. Tudo isso criou a ilusão de que a condição de classe média era sólida e estável. Ora, na verdade isso nunca aconteceu, porque as pessoas estavam era endividadas e o que esta crise está a provocar agora é um enorme defraudar dessa expectativa", acentua Estanque. Voltamos aos números: em Agosto, o incumprimento no crédito à habitação ascendia aos 1.957 milhões. E a casa é a última coisa que as pessoas deixam de pagar. "Enquanto tiverem um tecto não são sem-abrigo e conseguem esconder a miséria em que vivem", sublinha Cristina Andrade. No crédito ao consumo, a taxa de incumprimento é um pouco maior: sete por cento do total, ou seja, 1232 milhões de euros. Estanque olha para estes números e vê "uma classe média minimalista que está a atrofiar-se muito rapidamente". No mesmo sentido vai a análise do sociólogo Boaventura Sousa Santos. "A classe média é composta por aqueles que conseguem planear a vida, a ida dos filhos para a universidade, a compra do carro, as férias. Ora, as condições que tornaram possível o seu aparecimento estão a ser destruídas", constata, para concluir que, "se as democracias valem o que vale a classe média, então é evidente que a democracia portuguesa está a cometer suicídio".


Fonte da notícia: Publico

sábado, 6 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


Homem mais poderoso do mundo visita Portugal

The world's most powerful man visits Portugal Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.



O homem mais poderoso do mundo, segundo a revista Forbes, está hoje em Lisboa. O Presidente chinês Hu Jintao visita Portugal durante este fim-de-semana e na bagagem traz muitos investimentos para fazer no país em troca de dívida pública.

Nos dois dias de visita, HU Jintao reunir-se com o presidente português Cavaco Silva, com o primeiro-ministro José Sócrates e com o ministro dos Negócios Estrangeiros, da Economia, entre encontros com outras autoridades e com a comunidade chinesa em Portugal.

Para além da dívida soberana, Portugal e a China aproveitam também para assinar diversos acordos económicos, que deverão incluir a compra de produtos portugueses como vinho e azeite, para além do reforço da cooperação no sector do turismo.

A visita de Hu Jintao é também motivo de protestos. A secção portuguesa da Amnistia Internacional vai realizar uma manifestação contra “os inúmeros detidos na República Popular da China, por delito de opinião”, enquanto o Bloco de Esquerda se recusa a estar presente na sessão parlamentar de recepção ao presidente chinês, porque considera o regime de Pequim “uma ditadura com créditos firmados na violação dos Direitos Humanos”.

O último presidente chinês recebido em Lisboa foi o antecessor de Hu Jintao, Jiang Zemin, em Outubro de 1999.

Trocas comerciais entre China e Portugal estão a subir

As trocas comerciais entre a China e Portugal estão a subir este ano 40,7% nas contas da alfândega chinesa entre Janeiro e Setembro, indicam dados oficiais divulgados em Macau.

Apesar de ser o terceiro parceiro comercial lusófono da China, Portugal comprou a Pequim mercadorias no valor de 1,85 mil milhões de dólares (1,31 mil milhões de euros) contra compras chinesas de 546,9 milhões de dólares (388 milhões de euros).

A China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como a sua plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa em 2003, ano em que criou o fórum que reúne ao nível ministerial de três em três anos.


Fonte da notícia: Renascença

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Fazer dinheiro, trabalhar em casa, ganhar muito dinheiro, emprego, ser rico, criar empresa, fazer dinheiro, computador


O problema do álcool em Portugal

The Portuguese drinking problem
Para ver a animação clique neste cartoon gif e aguarde uns segundos.
To view the animation click on this cartoon gif and wait a few seconds.




O álcool é considerado a mais perigosa das drogas, à frente mesmo das chamadas "drogas duras" como a heroína, o crack e a cocaína, numa avaliação ontem publicada na prestigiada revista médica "The Lancet" - que calcula de forma combinada os danos individuais e sociais.


Mas em Portugal, apesar dos sucessivos planos de combate, os jovens começam a consumir álcool muito cedo.

Confrontado com os resultados do ranking elaborado pelo Comité Científico Independente sobre as Drogas do Reino Unido, o ex-director do Centro de Alcoologia de Lisboa Domingos Neto não se mostra minimamente surpreendido. "O álcool é muito mais perigoso do que se imagina", comenta o psiquiatra. É responsável por "cerca de 40 doenças, além de muita violência, conflitos e perturbação da ordem pública", enumera. Ainda assim, "há imensas forças a favor do consumo dos jovens", um "lobby fortíssimo que protege as bebidas alcoólicas".

E a dependência do álcool continua a ser "muito tolerada" em Portugal, onde, para um máximo de "entre 70 a 80 mil toxicodependentes pesados", existem cerca de 500 mil pessoas com síndrome de dependência de álcool. Mas o problema não é só português. "O álcool é a cocaína da Europa", diz o psiquiatra, que lamenta que em Portugal "falte uma atitude de saúde pública integrada para combater" este problema.

A cocaína também surge no ranking britânico, mas bem longe do álcool, da heroína e do crack. E o tabaco aparece logo a seguir, acima das anfetaminas, do ecstasy e dos cogumelos mágicos (ver gráfico). Realizado pelo comité liderado pelo ex-consultor governamental britânico David Nutt - demitido em 2009 depois de propor a alteração da classificação das drogas e de chegar a afirmar que andar a cavalo era mais perigoso do que consumir ecstasy -, o ranking foi ontem apresentado em Londres, numa reunião em que participou o presidente do Instituto da Droga e Toxicodependência, João Goulão, agora responsável pela aplicação da política portuguesa do álcool.

O que pensa Goulão do estudo? "É uma metodologia que, não sendo perfeita, pode ser uma nova forma de avaliar, sem pressupostos ideológicos, o que realmente é perigoso", concede.

Sobre a política portuguesa a este nível João Goulão lembra que o Plano Nacional para a Redução dos Problemas Ligados ao Álcool - aprovado este ano e que prevê o aumento da idade de proibição de venda dos 16 para os 18 anos e a redução da taxa de alcoolemia para recém-encartados até 2012 - contempla metas que "vão demorar algum tempo" a concretizar. Defende, aliás, que a primeira medida "não faz sentido sem que a proibição de venda a menores de 16 anos seja efectiva". E isto passa mais "pela educação e formação dos pais, envolvendo os jovens e os vendedores", do que pela "repressão".

Mas reconhece que há aspectos da lei que devem ser revistos. Dá o exemplo da fiscalização, a cargo da ASAE e das polícias. As autoridades apenas podem abrir processos se apanharem os jovens em flagrante delito.

Num estudo divulgado este ano, a associação de defesa dos consumidores Deco concluiu que mais de metade dos jovens com idade inferior a 16 anos compravam bebidas alcoólicas, apesar da proibição legal.


Fonte da notícia: PUBLICO


Jorge Goncalves

web site hit counter

Add to Technorati Favorites
Estou no Blog.com.pt

Galeriacores / Home I ForumsIGrupo/Groups I Cartoons I Publicações I Culinária/Recipes

Altar virtual /Chapel I Notícias dos Açores I Notícias da Graciosa I Links I Fotos-Photos


Pesquisa personalizada

Outros blogs de interesse:

Notícias da Ilha Graciosa
Notícias dos Açores
Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor


Photography Newsfeed:




Galeriacores © Some rights reserved

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Contacte o dono deste blog:

Galeriacores@gmail.com




Melhor visualização com a Internet Explorer / Best viewd with the Internet Explorer